Em terreno de combate - Cristian Valverde

domingo, 21 de setembro de 2008

Um excelente conto de Cristian Valverde. Ele é a criatividade em pessoa. Um escritor nato. 
Há algum tempo, quando eu tinha mais contato com ele, gostava de vê-lo com aqueles livros de não sei quantas centenas de páginas. E toda semana ele aparecia com um livro novo; era um devorador de livros.
Leiam o conto e vocês verão que o cara é fera.

EM TERRENO DE COMBATE

  • Cristian Valverde

Para cada escuridão há outra escuridão.
Na guerra, o que já é naturalmente ruim costuma ser muito pior. Anos depois, sentado em frente a este computador, tento olhar para o meu passado – encará-lo – e tirar daquele fatídico dia um sentido sequer. O que realmente aconteceu é o que estarei relatando nessas linhas, e embora alguém provavelmente vá dizer que um velho como eu já não tem uma mente lúcida, eu afirmo que ela nunca esteve tão sã desde que recebi minha medalha de mérito, juntamente com minha reforma compulsória. Foi na época da Segunda Grande Guerra Mundial, quando faltavam apenas poucas semanas para a França ser subjugada pela Alemanha.
        As coisas não corriam bem no front, naquela tarde. Pelo menos não para nós. Estávamos mais que exaustos e a todo momento eu achava que desfalecia por causa do cansaço. Tenho a impressão que acontecia o mesmo com meus subordinados, porque sempre que olhava para um ou outro, pegava-os alheios, olhando para o nada. Algumas vezes era necessário dar-lhes cutucões bruscos para que eles voltassem para a realidade. A bem da verdade, estávamos há mais de duas semanas sem uma noite inteira de sono e, naqueles últimos dias, não conseguíamos sequer emendar uma hora completa dormindo ininterruptamente. >> continue lendo
       



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

2 comentário(s):

Natália disse...

Parabéns,li e gostei,muito criativo.Me levou a imaginar as cenas literalmente.
Mande mais contos assim.

Renato Porsh disse...

Nossa!! Que conto ducaralho!
Demais mesmo!

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo