Diploma de bem comportado

domingo, 19 de abril de 2009

Sabe quando você sente ser apenas um número...? Uns podem, o número, não. Imparcialidade, impessoalidade, moralidade? Carta Magna? Mas o número se lembra que não pode reclamar, não pode mudar, porque existe o chavão: Você já sabia que seria assim quando entrou. De tanto ouvir que merece essa condição, o número está passando a acreditar. Uma mentira dita mil vezes torna-se verdade. E ainda tem que rezar, que agradecer pelo que tem. E realmente ele reza e agradece, pela vida, pela saúde, pelo sacerdócio... Afinal, ele é apenas um número. Hoje está aqui, amanhã, em “Jampruca”. Será que ainda existe vaga em “Jampruca”? A bem da disciplina, a bem da conveniência, a bem do interesse público. Não importa a bem de de quê. Falta de planejamento, falta de água, falta de números... Número não precisa de água. Número come em pé. Interesse público lesando o número sem gerar indenização. Onde está o princípio de que o interesse público deve prevalecer, mas com a devida indenização aos prejudicados? O número deve aprender a baixar a cabeça e dizer sempre “muito obrigado”, porque vão lhe contestar dizendo que “nada está tão ruim que não possa piorar”. Sempre foi assim, quando vai mudar...? O número sempre foi apenas um número. Ele deve ser bem disciplinado e só fazer pelo bem da nação, tudo pelo interesse público, tudo o que lhe for ordenado, para ganhar, da comissão final, um diploma de subserviente e de bem comportado. Ele merece, tudo vai bem, tudo legal...



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

9 comentário(s):

Rafael Moutinho disse...

Ótimo tópico... Jampruca se tornou uma Atlantida na PMMG! Só que Jampruca não é tão longe assim. Sou oriundo do 19 BPM, 15 RPM, e lah sim tem lugar muito mais longe! Jampruca é pertinho de Valadares!

Anônimo disse...

Muito bom este texto, paradigmas existem para serem quebrados, mas depende de nós .
Concordo quando dizem que estas frases feitas machucam "você sabia antes de vc entrar" assumiu o risco...
Infelizmente discursos como estes já estão na ponta da língua de alguns membros do Ministério Público que cerceiam os Policiais militares quando a defesa é fraca.
Não sejamos vaquinhas de presépio...
Saudações a todos os milicianos de Minas.

Hebert disse...

Excelente texto...
Sempre usam os mesmos jargões para justificar alguns desmandos.
Acrescento a banalização da exclusão e corrigendas.
Atualmente mais do que nunca SOMOS APENAS NÚMEROS peças de um imenso jogo político...hora aqui outrora acolá...

Anônimo disse...

O militar deveria ser mais valorizado,já vive em um ambiente de cargas negativas o tempo todo(estupro, homicídio, roubo, furto,afiragem e por aí vai...)e ainda tem que suportar colegas de serviço ignorante que se incorporam ao passado e não acompanham evolução...a verdade está estampada....tá todo mundo cansado, cansado de ser só um soldadimmmm ou um cabimmmmm,um a mais, um a menos não faz diferença....até quando vai essa desigualdade existente em nossa corporação.....alguém pode me dizer pelo amor de Deus?Aki bate um coração, somos cidadãos, seres humanos,será q é tão difícil assim de perceber?Na verdade não existe respeito com os subordinados.....isso já tá ficando feio, alguém tem q fazer alguuma coisa........

Anônimo disse...

Muitos dizem: Você já sabia que seria assim quando entrou. Mentira! Ninguém sabe de nada nesse mundo se não experimentar. Portanto essa célebre frase da caserna, foi a maneira que encontraram para fugir da responsabilidade em ensinar o melhor caminho para o jovem recruta. Foi a maneira de justificar a incompetência e o pior, transferir a culpa do nosso sofrimento a nós mesmos. Faltou e ainda falta sinceridade na formação de novos policiais, por parte de quem ensina. A verdade deve prevalecer nesse teatro de vaidade e poder que vemos nos cursos. Será que se realmente disserem e mostrarem a vida do policial, os jovens terminariam o curso
? Dúvido !! Por isso, discordo totalmente dessa frase absurda que ainda vigora em nosso meio. A mudança está em nossas mãos. Mude de atitude e mostre realmente a quem se interessar por esta profissão quais são os caminhos a percorrer, pois somente a informação clara e objetiva, terá o poder de convencer sua opção.

Anônimo disse...

O número poderia ter forças se os outros números se juntassem a ele. Mas, infelizmente, os números, em quase todas as vezes, trabalham sozinho. Em outras ocasiões, alguns números, tão isolados quanto o número, se unem aos senhores e sacaneam o número.
Sendo assim, o número tem que agir da maneira retratada para poder receber seu diploma.
Sejamos unidos e ninguém nos segura. Vivam os números!!!!

Anônimo disse...

e preciso mudar , seria mil vezes mais prazeroso um aperto de mao sincero do que um gesto de continencia forçado...porque sou obrigado a te chamar de sr fulano , se somos todos iguais estamos no mesmo barco e se afundar pode ser que o orgulho nao nos impeça de morrer...outro dia vi um menino comentando na tv que seu idolo é o traficante do morro e que ele nao tem medo de ninguem .....em contagem um adolescente ja assassinou oito pessoas sendo tres de uma mesma familia....outro dia deparei-me com uma situaçao: estava envolvido em um problema de uma pessoa que nunca tinha visto em minha vida,estava ali tentando resolver, mas ao mesmo tempo pesava-me a consciencia pois para meu problema ninguem estenderia a mao que e lutar por um salario digno e desta forma dormir tranquilo sabendo que tudo esta bom...fizeram leis para um pais perfeito em que o crime ocorre esporadicamente, e erraram , erraram muito brincaram com os seres humanos , brincaram de deus...outro dia prenderam um estrupador ele disse que era inocente, mas esta era a setima vitima....ate quando sera assim....amanha pode ser mais um dia , porem podera ser mais do que um dia so dependera da consciencia de todos.

Anônimo disse...

cb pm disse, o nosso proprio hino esta de acorso com este texto, se lembra " rememoremos o sacrificio destes patricios desasombrados", O alferes Tiradentes era desasombrado, mudou a História do Brasil. Os Pms do GATE ROTAM GEPAR e todos aqueles que não temem a ação de bandidos é quem mantem a moral de nossa PMMG, estes sim são Guerreiros de verdade.Devem ser defendidos em todos os momentos seja ele em qual procedimento for. PM não se iluda MG precisa de vc a população ordeira precisa de vc.

Anônimo disse...

O respito quem faz e vc, não tenha medo existe uma coisa chamada assédio moral, pesquise e se vc esta sofrendo ele na corporação entre com uma ação na justiça a vitoria e certa.

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo