Patrulhamento - Muitos assuntos, pouco tempo.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

O Abordagem Policial tem o “Ronda”. O Universo Policial terá o “Patrulhamento”. Desde já, peço desculpas aos editores do Abordagem Policial pelo quase plágio. Na verdade, estou com muitos assuntos pendentes a serem abordados e, por completa falta de tempo, falarei sobre todos eles numa única postagem. Sempre que os assuntos se acumularem, farei desse modo. “Patrulhamento” será o nome das postagens com assuntos diversos. Vamos lá, então, no nosso primeiro “Patrulhamento”.

Mata-se mais no Brasil do que em Bagdá - O vídeo abaixo foi uma sugestão do nosso amigo e sócio Felipe Amaro, futuro administrador de polícia. Mostra o desabafo do jornalista Alexandre Garcia sobre a segurança pública no Brasil. Felipe, não sei se o jornalista falou demais, só sei que ele falou a verdade, principalmente quando disse que os policiais, que estão na ponta da linha, ainda conseguem alguma coisa por esforço próprio, por dedicação, por vocação...


Amigos participando do blog - Além do sócio Felipe Amaro, outros amigos da casa estão participando do blog. O Quintão nos agradeceu pela homenagem ao Cabo Widson e aos bravos policiais. Quintão, vocês são heróis! O Ricardo também também participou, dando sua opinião sobre a famosa PEC 300 e ainda sugeriu que colocássemos alguns jogos no blog, para que os leitores permanecessem mais tempo por aqui. Ricardo, estamos estudando a implementação dos jogos. Quero deixar registrado também meu agradecimento por todos aqueles amigos que nos procuram pessoalmente falando sobre o Universo Policial, dizendo que gostaram dessa ou daquela postagem, ou até mesmo fazendo críticas. Fico feliz por saber que os amigos estão acessando o blog, mesmo eu não fazendo nenhuma divulgação dele.

A blogosfera policial cada vez mais importante - a nossa blogosfera policial já participou do Campus Party no mês de janeiro e, neste mês de abril, participou do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. E, companheiros, a novidade é que a blogosfera policial será tema de um estudo da ONU. Isso mesmo, da ONU. E por falar da blogosfera policial, esta rede que não para de crescer, vale divulgar dois novos blogs policiais que surgiram: ROTAM 19 e Defesa Pessoal do PM. Ambos altamente recomendados. ROTAM 19, do Tolentino, publica matérias de interesse dos policiais e divulga as ocorrências de destaque dessa tropa de sucesso que é a ROTAM. Defesa Pessoal do PM, do Sargento Rafael Moutinho, tem o objetivo de divulgar a ideia de uma instrução de defesa pessoal com ensinamentos sólidos e dentro da realidade da atividade policial. Sargento Moutinho, também torço para que esse projeto dê muitos frutos positivos.

Concurso CFO da PMERJ 2009 - O senhor Tenente Alexandre de Souza já falou, numa excelente postagem, sobre o estranhíssimo concurso do CFO da PMERJ 2009. Realmente, muito estranho... 70 vagas, o edital dizia que seriam chamados 140 candidatos para realização dos exames médicos, físicos, etc., a fim de serem preenchidas as vagas. Entretanto, sem respaldo no edital, a título de preencherem as vagas em aberto, acabaram chamando 255 candidatos, algo que nunca havia acontecido antes na história deste país do concurso. O estranho processo seletivo acabou virando notícia de jornal, em que a repórter Berenice Seara, num artigo intitulado "dois pesos e duas medidas", também achou muito estranho que praças da corporação tenham sido excluídos do certame em razão de não terem sido aprovados em exames médicos, psicológicos e na sindicância social. A própria repórter pergunta: Se o sujeito tem problemas de saúde tão graves a ponto de impedirem que ele seja promovido, como ainda está trabalhando na própria Polícia Militar? Se ele não passou num exame psicotécnico, como pode portar armas?  Eu sou bastante suspeito para falar de concursos de admissão ao CFO, porque o melhor amigo meu que é policial, cujo melhor amigo também é policial, foi contra-indicado 02 (duas) vezes no exame psicológico do concurso de admissão ao CFO  sob a alegação de que apresentava descontrole da agressividade, descontrole emocional, que era desmotivado e que tinha acentuada dificuldade para estabelecer contatos interpessoais. Estranho um sargento de polícia que porta armas de alto poder de fogo ser considerado descontrolado emocionalmente, descontrolado agressivamente... Um sargento que trabalhava em viatura operacional, atendendo todo tipo de ocorrências, ser considerado um sujeito com dificuldade acentuada para estabelecer contatos interpessoais... Um sargento que passou duas vezes no CFO, que passou no vestibular de uma Universidade Federal (isso tudo sem nunca ter feito cursinho), que foi agraciado duas vezes com o prêmio de destaque operacional, esse mesmo sargento ser considerado no exame psicológico uma pessoa sem automotivação/desmotivado. Bom, deixa pra lá... O pior foi ele ter ouvido que “não fazia nada mais do que sua obrigação”. Aí, realmente, depois dessa “pérola”,  ele ficou desmotivado. Mas águas passadas não movem moinhos...

Site da PEC 300 - Além do blog da PEC 300, do inovador Stive, existe também o site da PEC 300 - http://www.pec300.com - Visitei e gostei. Faça você também uma visita. Tem um visual bastante interessante e muita informação. Parabéns ao criador do site!

Um pouco de paz no coração - Depois de um dia cansativo e acelerado de serviço, nada melhor do que chegar a casa, deitar na cama e ouvir uma boa rádio, concorda comigo? Por coincidência divina, fiquei conhecendo a rádio Gospa Mira, que significa Rainha da Paz em português. Na região metropolitana de Belo Horizonte, a sintonia da rádio é FM 105,7. Quem não mora em Minas pode ouvir a rádio pela internet (clique aqui para acessar). Vale a pena!



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

7 comentário(s):

Felipe A disse...

certamente ... eu não vou ser administrador de policia não kkkk, infelizmente a administração da policia é fechada é puramente organizacional kkk , só se virar político "governador" ou coronel "comandante geral" poderei dar meus "pitacos" , por essa razão vou fazendo meu papel na policia e na sociedade , mais sobretudo justificando o meu salário! o jornalista em questão , colocou simplesmente a realidade na telinha , mais ele não foi bem visto , pelos patrões... até mais!

Anônimo disse...

Prezados companheiros! Os senhores sabem por que não é interessante para a Polícia Militar, de qualquer estado nesse país, que o praça seja oficial? A maioria dos policiais praças já conhecem como é a "rotina" do serviço e dificilmente será influenciado por certas manias de uma cultura retrógrada da PM. Outro fator é que o jovem que acabou de sair de casa, com seus sonhos de conquistar o mundo e uma mentalidade frágil de fácil manipulação está mais propício a aceitar as regras da PM. Então? Quem seria mais conveniente para a instituição? O soldado sofrido, esperto, experiente, ou o jovem "fraldinha", inseguro e com a mente apta a aceitar novos conceitos ? É óbvio, não!!! Com certeza terão menos trabalho durante o curso, afinal quem quer uma pessoa que questiona, que instiga os outros companheiros a pensar, que vai com certeza mudar o destino da instituição ? Aliás, instituição esta que cultua doentemente suas tradições de maneira mesquinha e autoritária.
Quanto ao vídeo, enquanto o Zé da padaria, a dona de casa Maria, o Chico pedreiro, o policial Mané estiver morrendo, nada vai mudar. Enquanto não haver problemas com a classe alta, políticos, empresários, artistas ou jornalistas esqueçam de sonhar com mudanças nesse país.

Anônimo disse...

Acho que para ingressar na PM, teria que ser apenas como soldado, ai sim depois concorriam entre os militares as promoções e cursos, teriamos melhores oficiais, mais experientes, e menos brigas, pois averia empatia.

Danillo Ferreira disse...

É isso mesmo, José. A "Ronda" é eficiente por nos permitir tratar de maneira rápida e eficiente de assuntos que não exigem muito aprofundamento (dicas, informações, links, enfim). Acho bom você ter criado algo similar aqui, já que faz com que o Universo seja atualizado mais vezes. Não há "plágio", mesmo porque o UP é parceiro do Abordagem, e um blog já com identidade para se utilizar de maneira original de uma ferramenta que outros utilizam.

E parabéns a todos nós pelo avanço da Blogosfera Policial...

Abraço!

Vanessa disse...

Realmente... bastante estranho o Concurso PMERJ 2009... Acredito que ou exista um rigor muito grande no exame psicológico, ou "algo" ocorre por trás dos panos... bjos! Vanessa.

Anônimo disse...

Enquanto nós policiais e os cidadãos brasileiros fizerem da urna uma ligeira,O BRASIL vai continuar do mesmo jeito que está.

Anônimo disse...

da urna uma lixeira

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo