Insatisfação - Desabafo de um policial

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

O texto abaixo trata-se de um comentário que foi postado neste blog no artigo "Os policiais estão insatisfeitos". Muitíssimo interessante. Excelente. O autor não se identificou, mas isso não importa, porque, como ele mesmo disse, "o que ficará escrito na memória de cada um são as ideias".

Quando jovem, vislumbrei entrar para a Polícia Militar por pensar ser uma instituição forte, respeitada na sociedade e humana. Vocação? No início, talvez até minha personalidade se identificasse com a profissão, mas no devido tempo, após tanta humilhação, decepções e discriminações por parte da sociedade e dos próprios integrantes em posições melhores, a tal vocação caiu num precipício profundo e sem volta. Os valores da secular instituição evaporaram como mágica. Forte, não é mais. Talvez nunca fosse. Respeitada na sociedade? Nossa realidade atual já explica perfeitamente que não é. O que existe é um medo terrível da Polícia Militar. Humana? Se nem ao menos internamente temos o tratamento digno e humanitário, o que dirá na sociedade.

O policial está insatisfeito, pois a sociedade é hipócrita e omissa. Ninguém realmente quer se comprometer com um problema. Querem apenas criticar. Quando o assunto nos meios de comunicação é segurança pública, somente comenta-se a versão negativa das atitudes do policial. Que ele deveria ter feito de outra maneira, que deveria estar preparado, pois estudou, se formou e blá, blá, blá. É a mesma história que já estamos esgotados de tanto ouvir. E quanto ao cidadão sem o mínimo de educação no trato com o policial? O que se tem feito para reverter essa situação? Nada! Absolutamente nada! Nossas escolas estão falidas e com professores também desmotivados com a profissão.

O policial está insatisfeito com o Governo que engana a sociedade descaradamente e ainda o obriga a compactuar com isso. O policial está insatisfeito com aqueles que podem e detêm o poder, mas infelizmente o usam em benefício próprio. Você acredita que algum juiz ou oficial desta polícia vai arriscar sua carreira por algum soldado? Jamais! Portanto, parem com estes devaneios e esqueçam essa hipótese absurda. Aliás, se você estivesse na posição deles ,também nada faria, pois infelizmente também temos “policiais praças” que não merecem o mínimo de confiança, respeito e muito menos um risco pessoal de seu comandante.

Algumas mudanças já estão ocorrendo referente ao convívio profissional entre oficiais e praças, mas ainda é cedo para tirarmos uma conclusão satisfatória. Raríssimas exceções nasceram para serem líderes. A Polícia precisa de líderes, e não de chefes.

O policial está insatisfeito com ele mesmo, pois é um ser humano que se sente incapaz; mesmo lutando e arriscando a vida, não vê os frutos de seu suor. Precisa de outros para dar continuidade a sua plantação, mas infelizmente estes “outros” não tem os mesmos ideais. Assim, todo seu trabalho é inútil, o cansaço, inevitável, e a decepção, sua colheita.

E não adianta nos fornecer munição à vontade. Não adianta portarmos uma bazuca ou um fuzil de última tecnologia. Enquanto o cidadão não aprender a ter EDUCAÇÃO, nada vai funcionar na segurança pública. Enquanto o marginal, o bandido, não ser punido severamente por nossas leis, nada vai funcionar na segurança pública.

Aos idealistas de plantão, lamento decepcioná-los, mas, no ritmo que estamos caminhando, a tendência é piorar. Então, proponho aos mais novos que procurem estudar e prestar outros concursos. Contudo, se realmente não tiver opção e deseja ficar nessa ingrata profissão, que seja uma “internet ambulante”. Tenha as leis na ponta da língua, pois somente com o conhecimento alcançará o poder, a autoridade e, consequentemente, o respeito e o sucesso. Quanto aos mais velhos, "administrem" o que puder, use toda sua experiência e pense exclusivamente na sua vida e da sua família, pois se vier acontecer algo inesperado é no aconchego de seu lar que encontrará refúgio e apoio.

Já não tenho mais disposição para encarar outras aventuras nessa vida, então não me venha criticar por aquilo que somente quem passou conhece. Por isso e pela exclusiva necessidade de sobreviver nesse país, vou continuar minha caminhada nessa magnífica profissão ingrata.

É vergonhoso não poder citar nosso verdadeiro nome num país que se diz democrático, mas aqui isto pouco importa, afinal o que ficará escrito na memória de cada um são as ideias.

Finalizando, existem muitos motivos para a insatisfação do policial, mas, a fim de evitar ser redundante, termino com uma palavra que deve ser usada por todos: paciência, praça, paciência.

E que Deus nos ajude, e muito, muito...



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

54 comentário(s):

JOSEPH disse...

VIVER COM DIGNIDADE//////PEC 300 JÁ

SOLDADO DA ESPERANÇA disse...

Infelizmente miliciano tenho de concordar com suas palavras, mas de uma certa forma exprimir minha esperança.

Hoje, apos varias decepçoes no decorrer de meus humildes 4 anos de corporaçao, me decepcionei novamente.
Eram 17:30h ( 18:30 terminaria o turno) e eu dirigia uma VP com um companheiro ao lado e avistamos ao longe uma enorme nuvem de fumaça. Ao aproximarmos, vimos que altas chamas corriam pelo capim e se aproximavam de uma macega nos fundos de uma escola, pondo em risco a estrutura. Posicionei a VP e saimos para verificar a situaçao, analizar o incendio, como o vento alastrava as chamas e percebemos tambem que ao lado da escola 2 casas corriam risco. O fogo estava colado na cerca de madeira das casas e corria risco de se aproximar mais. 3 pessoas estavam proximas sem saber o que fazer e, apesar de nada falarem, seus olhos pediam que a PM intervisse.
Ai veio minha decepçao.
Peguei o radio da VP e pedi apoio a Sala de Operaçoes. O militar desdenhou de minhas palavras e enrolou, dizendo que ninguem dos bombeiros atendia, que os militares do Meio Ambiente nao tinha como deslocar por falta de viatura, que iria quebrar meu galho e ver se achava alguem da prefeitura.
Meu mundo desabou e minha alma chorou.
Mas entao falei com o companheiro, vamos nós mesmo cara!
Pegamos 2 baldes, que por sinal eram os unicos no local e numa caixa d'agua retiramos agua. Começamos a tentar controlar. Depois apareceram mais umas 3 pessoas, que nos cederam uma vassoura, uma mangueira de jardim e 2 fraldas molhadas para nos protegermos do calor do fogo e da fumaça. Enfim conseguimos depois de umas 2 horas, controlar o fogo que ficou a 3 metros da humilde casa de uns 40m2, com uma porta, 2 janelas e telha de amianto.
Pude perceber a gratidao das pessoas.
Pronto!
Vi que meu suor valeu a pena!



Resumindo! Apesar de voce estar "sozinho", nao ter o apoio nem de seus companheiros que tinham o DEVER de lhe ajudar, faça a sua parte, pois talvez a sua açao tenha mais valor do que tudo no mundo.
A gratidao daquela humilde familia vale mais do que tudo, mais do que salario, mais do que a humilhaçao dos oficiais, mais do que tudo.

Faça a sua parte, durmo com a consciencia tranquila e senso de dever cumprido.
Afinal companheiros, a recompensa maior será dada pelo nosso SALVADOR! Jesus Cristo!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

o desabafo de nosso companheiro esta correto, pq o problema nao está na policia em si, mas na sociedade q nao sabe o q quer, se condena ou absolve o marginal, enquanto isso, juizes e promotores usam de sua autoridade para beneficio proprio ou medir forças contra os pm's pra ver quem manda mais ao invés de condenar os criminosos q nós lutamos dia após dia pra prender e tentar fazer da sociedade um local mais seguro e mais justo pra se viver. portanto nos beira o desanimo em trabalhar pra sociedade e nos dá mais vontade de ser policias pra nós mesmos e nossas familias, pq atras da mesa num escritorio é bem facil julgar uma ação policial, mais faço um desafio aos juizes e promotores:q um se disponha em trabalha dentro de uma viatura policial o dia inteiro conosco, eu duvido se essa autoridade nao vai mudar seu modo de ver as leis e a situação policial no brasil.

Arlete disse...

Queria dizer a este policial insatifeito que ele não está sozinho. Todo este desabafo tem tudo a ver com o dia a dia destes Heróis de farda, pois a mesma sociedade que aplaude é a mesma que critica a ação da polícia. Alguém já ouviu falar que a bala perdida ser da arma do
bandido? Se um policial morre alguém já viu alguém dos direitos humanos visitar a família? Querido amigo, você não está sozinho; Sua crítica é a de todos.

Ednaldo Ferreira disse...

Esta é a verdade, quem escreveu a mensagem é iluminado por Deus. Enquanto os chefões acumluam funções, dinheiro, o mestre praça acumula sofrimentos. Do jeito que vai só falta agora ser decretada uma guerra civil, por que urbana nós já estamos vivenciando.

Devair - Sgt PMMG disse...

Oi gente, boa tarde...

Com todo o respeito creio que estamos enxergando as coisas só ate a altura do umbigo.

Tá faltando a nós uma certa empatia. Uma visão mais ampla das coisas.

Somos apenas uma peça da engrenagem denominada (in?)"segurança pública".

Não devemos acreditar que vamos resolver os problemas do mundo.

Não devemos carregar frustrações por problemas não resolvidos e que nem sempre é de nossa competência.

Depois de uma longa jornada na gloriosa polícia militar aprendi várias coisas. Eis algumas:

1ª)submeta-se, sem reservas, aos interesses e ao bem comum, da coletividade.
2ª)Trabalhe no anonimato, evitando a publicidade e a propaganda. A função da imprensa, na maioria dos casos, é de desqualificar o nosso serviço.
3ª)Trate a todos como seres humanos. O cidadão infrator não é meu inimigo pessoal.
4ª)Não fiques indignado por causa dos que praticam o mal. Não tenhas invejas do homem violento, sanguinário. Porque eles são como a erva e a verdura. Serão ceifados cedos e murcharão.

FARLEY disse...

I nfelismente o q nosso colega retratou e a mais pura realidade, seu desabafo e certamente o de todos nos milicianos comprometidos com nossa profissao, quando se entra para a policia, mais especificamente a PM, entramos por vocaçao, seja por hereditariedade, ou seja por nos identificar com o perfil, q julgamos nescessario para prestarmos um bom serviço, sendo curto e grosso ,queremos concertar o mundo...Porem, logo no inicio, durante a formaçao, vem a decepçao, vc ve ali pessoas exercendo poder q nunca se imagiva q alguem teria, poder este para te humilhar, te serciar de seus direitos, etc.Quando em atividade, vc esbarra co algumas frases q nunca se esquece, ´vc sabe com quem esta falando ?`, ´´sabe de quem sou filho ?´´. E quando a sua presença incomoda alguem, q vc e remanejado sem justificativa, chegamos ao ponto de um infrator o qual vc tomou providencias, fazer infundadas denuncias para intimidalo..., o pior e q cola, todos esquecem o ilicito cometido por aquele meliante e começao a massacrar o coitado do policial q se ve sozinho em uma situaçao onde se confronta com homens q se sentem deuzes pois envergam muito poder, abutres em busca de votos eletivos ou de realizaçao profissional,vcs sabem de quem estou falando, sao pessoas q sentao por tras de uma mesa e nao conhecem a dura realidade de estar na frente de um 38, uma .40 , 9mm, um fall, um hk,ate mesmo lança granadas.Senhores se eu for enumerar tudo q consegue desmotivar um policial, ficaria meses ou ate anos, mas tudo isso creio q consigo me desvencilhar, porem o q mais me assusta e nao poder no final do mes honrrar mnhas contas...

Anônimo disse...

Muito se fala na caserna uma historia que ouvi assim que entrei na p.m., na guarda do quartel um sentinela estava de costas para a rua e de frente para o quartel,quando entrava o oficial perguntou: sentinela porque esta virado olhando para dentro do batalhão? o sentinela respondeu: é para não ser surpreendido pelo inimigo!!!.vejo que falta educação pra sociedade,e proficionalismo dentro da caserna pois para muitos quem manda tem que se impor ao subordinado,mesmo que esteja errado.veleu e que deus nosso senhor nos de muitos livramentos nesta ardua missão.

Anônimo disse...

Olá José Ricardo!
Quero agradecer sua consideração em postar meu desabafo neste nobre espaço virtual e especialmente aos comentários, anônimos ou não. Obrigado á todos!

José Ricardo disse...

Anônimo autor do texto, você escreve muito bem e consegue se expressar com clareza e persuasão. Se quiser publicar algum texto neste blog, entre em contato conosco pelo formulário de contato.

Parabéns.

Anônimo disse...

Sargento da PMMG
O companheiro sabe se exprimir muito bem. Podemos ver com grande clareza a insatisfação que é gerada na tropa. E é isso mesmo. Mas todos nós temos que exercitar a capacidade de aprender, de evoluir e compreender o que a sociedade quer. Se quer uma polícia operaciaonal, vamos dar, se quer uma polícia omissa, também temos que dar. Uma coisa é certa, somos cumpridores da lei, e nada mais que isso. Não vestiremos capa de super homem, dando a cara a tapa, com risco de perder o emprego com nossas famílias nos espeando. Quem quiser sair que saia, já quem quiser ficar, que seja o que o regulamento quer... pois as leis só tendem a ficar piores pra quem quer trabalhar... um abraço para todos.

Anônimo disse...

OLA COMPANHEIROS, CONCORDO PLENAMENTE COM O SGT, QUE NÃO DEVEMOS CARREGAR DECEPÇÕES E FRUSTAÇÕES POR CAUSA DA NOSSA PROFISSÃO, O PROBLEMA DA VIOLÊNCIA, CRIMINALIDADE, CORRUPÇÃO, ETC. È UM PROBLEMA DE TODAS AS SOCIEDADES DO MUNDO, COISAS RUINS ACONTECEM EM TODOS OS LUGARES, PÓREM DE MANEIRA DIFERENTE ÁS VEZES. POR EXEMPLO, NO JAPÃO O INDÍCE DE SUICÍDIO É ALTO E O DE HOMICÍDIO É BAIXO, O MESMO ACONTECE COM NORUEGA E SUÉCIA, NOS PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO NÃO EXISTEM MUITOS ROUBOS E ASSALTOS, MAS EXISTEM MUITOS ATENTADOS TERRORISTAS QUE MATAM MILHARES DE PESSOAS TODOS OS ANOS.
O SENHOR JESUS, DISSE QUE O MUNDO JÁS NO MALIGNO, E QUE CAMINHA PARA A DESTRUIÇÃO, PORTANTO CABE A CADA UM DE NÓS FAZER A NOSSA PARTE E MANTER A CONCIÊCIA LIMPA, PORQUE MESMO SEM PERCEBER ESTAMOS ALTERANDO O ESTADO DAS COISAS, ENTÃO, DEVEMOS ALTERAR DE FORMA POSITIVA.
MUITAS INJUSTIÇAS ACONTECEM NESTE MUNDO, COM NÓS MILITARES E COM TODO MUNDO E AS VEZES TAMBÉM SOMOS INJUSTOS, POIS, NÃO SOMOS PERFEITOS, SOMOS PECADORES, ERRAMOS ATÉ COM BOAS INTENCÕES. O CERTO É QUE DEUS SABE DE TODAS AS COISAS.
ESTA ESCRITO QUE AQUELES QUE SÃO DE CRISTO ELE CUIDA DELES ATÉ ENQUANTO DORMEM.
EU NÃO TENHO NENHUM ARREPENDIMENTO POR SER POLICIAL, E SEMPRO ESTOU MOTIVADO, POR QUE, TENHO MINHAS PRÓPRIAS CONVICCÕES, SEI QUE NÃO VOU CONSERTAR O MUNDO, MAS. VOU DAR MINHA CONTRIBUIÇÃO PARA QUE ELE SEJA MELHOR.
UM ABRAÇO A TODOS E QUE O SENHOR JESUS CONFORTE OS NOSSOS CORAÇÕES!
SD GOMES.

Anônimo disse...

O sargento foi feliz em seu comentário. Tenho 20 anos de policiamento procurei nunca absorver problemas dos outros
nem dos comandantes ou do cliente.Uma coisa é certa, somos cumpridores da lei, e nada mais que isso. Não vestiremos capa de super homem, dando a cara a tapa, com risco de perder o emprego com nossas famílias nos esperando. Quem quiser sair que saia, já quem quiser ficar, que seja o que o regulamento quer... pois as leis só tendem a ficar piores pra quem quer trabalhar... um abraço para todos.Mas nem por isso devemos desistir.

Anônimo disse...

Acesse o texto Tributo aos policiais narrado por Pedro Bial. Depois leia o texto abaixo.
Fica claro para os militares estaduais que somos deferenciados, que a nossa ética tem características próprias, assim como o nosso padrão de comportamento, perante a sociedade, deve sempre se ajustar com base nos valores de disciplina e hierarquia, dentro de uma moral e ética peculiares Á VIDA CASTRENSE.
Ao ingressarmos nessa extraordinária profissão, devemos, desde os primeiros momentos, construírmos nossas carreiras em bases sólidas, que possam sustentar as imensas adversidades que virão, principalmente, ao longo do serviço ativo.Carreira que é definida no Vade -Mécum Nr 10 de Cerimonial Militar do Exército, da seguinte forma:
' A carreira militar não é uma atividade inespecífica e descartável, um simples emprego, uma ocupação, mas um ofício a b s o r v e n t e e exclusivista que nos condiciona e auto-limita até o fim.
Ela não nos exige as horas de trabalho da lei, mas todas as horas da vida, nos impondo também nossos destinos.
A farda não é uma veste, que se despe com facilidade e até com indiferença, mas uma outra pele, que adere à própria alma, irreversivelmente para sempre. ( Brasil, 2002, Cap 1, p1)'.
Assim, verifica-se que não é qualquer cidadão que pode ostentar uma farda e, em nome do Estado, proteger e socorrer pessoas as quais se dedica e se empenha até com o sacrifício da própria vida. Deve, portanto, agir o policial com caráter elevado e conduta irrepreensível,pois só assim será respeitado e admirado.
Nas fatalidades ou imprevistos advindos de sua atuação operacional, será imprescindível em um processo de perda da graduação, a vida pregressa do miliciano, se foi ela, realmente construída em bases sólidas.
Os casos que conhecemos evidenciam esta assertiva, isto é, da imprescindibilidade de um extrato funcional exemplar, para sustentar a permanência, nas fileiras das instituíções militares estaduais, daqueles que dignificam a farda que ostentam.
Casos veridicos que conhecemos nos mostram dia-a-dia quanto é difícil exercermos nossa profissão e volta e meia aparece uns espertalhões querendo nos ensinar como trabalhar. Interessante que quando comparecem em um Consultório dentário não tentam ensinar o ofício ao prtofissional e o mesmo procedimento adota quando busca auxílio a um profissional da área médica. Mas aos policiais militares querem ensinar.
Há uma parabola que consta: sapateiro não vás além das sandálias.
Certa vez um valoroso pintor em um seu famoso quadro ao desenhar uma sandália não a projetou dentro das rigidas especificações técnicas e o sapateiro ao verificar o vício perceptivel somente a quem labutasse em tal mister, apontou tal diferença, contudo tentou analisar as demais partes da obra, quando foi severavente admoestado no sentido de que não ultrapasse seu conhecimento, pois especialistas e críticos de obras de artes elogiavam o trabalho.
Assim caminha a humanidade e a sociedade da qual pertencemos.
Que Deus nos abençõe em nossa árdua jornada.
Tenho 29 anos de serviços prestados à Gloriosa e não é fácil conviver com tanta indiferença.
Somente para refletir:
Certa vez um discipulo com uma borboleta na mão indagou ao mestre. A borboleta está viva ou está morta?
O mestre pensou: Se eu disser que está viva, ele aperta a mão e abate a borboleta.
Se eu disser que está morta, ele solta e eu erro.Então respondeu a resposta está em sua mão.
A citada parabola consta dos ensinamentos de Buda. Já foi plagiada como um pássaro. Contudo o que vale são os ensimentos.

Anônimo disse...

o correto é diferenciado.

Anônimo disse...

olá meu nome é Ana
não sou da PM nem almejo
sou apenas(?) uma cidadã, estou do lado de cá...
e posso dizer uma coisa,alguem aí em cima disse q a sociedade não gosta da PM apenas a teme e é verdade,
pq a PM não respeita o cidadão pobre, negro,
morador de rua... vivo isso, estudo isso, vj tds os dias.
Está na hora da policia rever seus conceitos, seu olhar sobre os moradores da favela(nem tds sao bandidos, ser pobre não é crime!). No dia que a PM tratar o morador de uma comunidade pobre com respeito e dignidade terá um aliado na luta contra os criminosos. Faço pesquisa sobre este tema e os resultados mostram uma população que não vê a PM como sua guardiã e uma PM que vê sempre o pobre como suspeito.O policial numa favela se vê como numa guerra e num território inimigo. Somente punindo severamente e expulsando os policiais corruptos e que abusam da autoridade delegada, e se unindo à população,o respeito e dignidade que os policiais merecem serão obtidos de volta.

Anônimo disse...

Olá Ana!
Suas observações são interessantes, mas vamos tentar esclarecer alguns pontos.
1- Como você mesma disse “estou do lado de cá”. Acho que devemos parar com este modo de ver as coisas. Não deveriam existir lados. A sociedade deveria apoiar a Polícia e vice-versa.
2- Concordo também com você que ser pobre não é crime, mas ser sem educação é lamentável para a convivência. Também sei de PMs ignorantes que não tratam as pessoas bem, mas isso muitas das vezes não vem da Polícia e sim do caráter de cada um, afinal os policiais são frutos da própria sociedade, certo? Infelizmente o fato de sempre o suspeito ser um “pobre” se dá por várias razões. Subentende-se que o sujeito sendo pobre lhe está faltando algo, tais como, saúde, alimento, cultura e principalmente dignidade para viver. Mas o que o PM encontra são pobres que tem como objetivo roubar bens materiais daqueles que trabalham para conseguir. Esses são ou ao menos deveriam ser os principais suspeitos.
3- Quando você vai a casa de uma pessoa para visitar o que você espera dela? Cortesia, respeito e educação, certo? Então é isso que o PM espera quando vai a uma favela e tem que cumprir a lei. O mínimo de informação dos moradores, afinal bandidos não tem a famosa estrela na testa para diferenciá-los dos outros cidadãos de bem. Somente assim a Polícia vai ajudar o morador honesto a ter uma vida digna, mas é isso que encontra? Não! É recebido a balas e/ou desrespeito. Por isso o PM está já programado inconscientemente a entrar na favela em estado de alerta máximo, afinal ele é um ser humano e sente o que todos sentem, ou seja, medo.
4- O medo é o principal ingrediente para o caos social e a forma mais primitiva de sobrevivência. Já que você estuda o assunto deve saber também que muitos moradores compactuam com o crime, o trafico de drogas e não ajudam a PM a extirpar os criminosos de seu bairro. Alguns por medo, outros também pelo caráter. Correto?
Bem, somente assim através do conhecimento dos problemas, vamos chegar mesmo á longo prazo, a uma solução.

Anônimo disse...

Bom dia Ana!
A Polícia Militar é uma Instituíção séria e cumpridora dos ditames legais, o que diferencia são alguns de seus integrantes que atuam de formas diversas dos ensinamentos morais e profissionais em todas as asferas.
Existe em sua região integrantes da Polícia Comunitária que buscam parcerias junto às Comunidades no sentido de direcionamento para atuações em conjunto, haja vista que o morador de determinado setor é o profundo conhecedor de seus problemas.
A Polícia Militar busca sempre o bem estar social e parcerias com as Comunidades visando a garantia do cidadão de bem e coibir o cidadão infrator, mas para que este resultado seja alcançado é necessário a participação da comunidade, tem que ser uma via de mão dupla.

Anônimo disse...

Não deixe de ler o texto postado acima em 07/set/09

Anônimo disse...

Policiais, sei que todos nós temos nossas frustrações, sabemos que existem coisas e pessoas ruins que estão ao nosso redor, mas devemos segurar sempre as mãos de nossa família e deixar o resto pra lá, temos que buscar o melhor, outra alternativas, nós não nascemos policiais....

Anônimo disse...

" A água não tem forma definida, ela se amolda ao recipiente que a contém, mesmo sabendo disto muitas pessoas ignoram este fato ".
Conforme as sábias palavras postadas em 12 set 09 - 05:07- pelo companheiro - a família é a base de tudo.
Parabéns.

Anônimo disse...

Caro amigo, sou CB PM, minha turma faz 15 anos de efetivo serviço esse ano e. Os policiais que respondem processos civis de qualquer natureza somos discriminados perante aos demais de turma e de corporação não podendo nem mesmo confirmar divisa que nos foi dada, para que possamos ser promovidos pelo menos por tempo de serviço, já que concurso interno jamais "ELES" permitem. Será que não existe uma jurisprudência para que possamos entrar em instâncias superiores para que seja revisto nossa situação, á constituição não nos dá nenhuma brecha? Já fomos condenados sem nem mesmo termos sido julgados e o processo nem foi transitado e julgado ainda?Cabe ainda ressaltar que ninguém está livre de acontecer fatos como os nossos em que, defendendo á si próprio e outrem acabou entrando em conflitos que pela sociedade e pelos superiores são tratadas como excessos. Por favor, se você conhece alguém que tenha passado por situações como as nossas e conseguiram pelo menos ser promovido e/ou pelo menos ter o direito de confirmar á divisa, nos envie uma resposta, parabéns pelo blog, acreditamos que estamos passando o melhor momento em nossa polícia, vamos lutar e conseguir! PAZ á todos os guerreiros e irmãos de farda.

Anônimo disse...

Esta foto deste Policial desolado nos remete a pensar o que ele deve ta passando em um estado que paga 800,00 reais por mes para que eles subam os morros do Rio de Janeiro e enfrentem bandidos cada vez mais bem armados e que atiram de cima pra baixo com fuzis e metralhadoras exclusivas das guerras mais bem equipadas do planeta. pensem se ele pagar aluguel de 400,00 mesmo que de um barraco em uma favela tiver mulher e dois filhos o que sobra para transporte ,escola, farmacia , supermecado ,açougue,agua,luz,gas,roupas um pouco de lazer. viram é humanamente impossivel viver com tao pouco.e ainda ficam asustados porque estes homens se deixam levar por propostas de milicianos e traficantes.amigos a fome doi ver filho seu passando fome é de da dó,nao justifica mas vai dizer isso a eles, se eu trabalhassse no rio já tinha saido da policia a muito tempo pois nao sirvo pra ser bandido e nem pra passar fome. é um derespeito uma maldade uma cruedade o que fazem com a policia ai no rio,mandam estes homens a morte por tao pouco,como coisa sem nenhum valor, acho tão revoltante que nem quero mais falar disso, pois me da vontade de chorar. estas fotos de policiais mortos tinham que ser mais divulgadas para a sociedade ver como fica o corpo daqueles que todo dia nas diversas cidades por este pais morrem tentando dar o minimo de segurança a todos vocês e seus entes queridos é dezesperador e nao temos a quem recorrer pois estes politicos nao vêem a poliocia nao se preocupam com a segurança só olham para o proprio umbigo e saus pretençoes politicas. abram os olhos estes pais ta se sucumbindo nas maos do crime e nao tem liga da justiça para nos defender como nos filmes e desenhos a malha protetora da sociedade a garantidora da democracia é a policia. outro dia um grande ancora de uma televisao disse comentando sobre o poder do crime organizado ( ta tudo dominado), coma na musica.e olha que este reporter( Boris Casoy)vem a muito tempo acertando em suas observaçoes e eu acho que a coisa só nao acabou de ves porque ainda temos muitos Policias idealistas em nossas policias , mas quando estes jogarem a toalha sera um deus nos acuda e um salve quem puder as ordas de bandidos muitas vezes nas sombras sairam de seus esconderijos e mais do que nunca irao colocar o terror em nossa sociedade. ai a sociedade clamarar por ( DEUS)depois chamara dezesperado pela Policia ,como sempre fazem em horas de perigo,mas imaginem se a policia nao aparecer.isso mesmo, ai o caos tera se instalado

Anônimo disse...

Assim como este ai que ficou decepcionado em pouco tempo existem milhares de Policiais - Militares que chegam na Polícia com muito ânimo e entusiasmo e dai a pouco tempo já está todo arrebentado, sem entusiasmo. Mas o que produz isto ? É este militarismo cego e injusto que não produz a amizade e o companheirismo entre os seus membros. É a grande besteira da idéia que superior é para "ferrar" e mais nada. O superior é para orientar, fiscalizar e corrigir as distorçóes. Não é para arrasar, destroçar e desiludir. Liderar não é punir, liderar é servir aos liderados, é prover condições para os liderados. O maior líder que já pisou nesta terra disse assim: "Eu não vim para ser servido mas para servir" Jesus Cristo.

Anônimo disse...

`e realmente a profissão é ingrata vi meu retrato nas palavras do colega , pois com apenas um, ano de corporação e exatamente assim que me sinto.e infelizmente tenho que concordar com o colega que uma instituição que não lidera so oprima tende cada vez msais a caminhar para o fracasso

Anônimo disse...

Oi. sou Patricia, ainda nao sou da PM, pois ainda tenho 17 anos.
Mais pretendo entrar sim o ano que vem. Tenho esse sonho desde menina.
Concordo com tudo que o colega disse,é uma linda profissao, porem muito ingrata, mais mesmo assim quero muito ser uma militar. O policial esta insatisfeito, pois a sociedade é hipocrita e omissa, e que os juizes e oficias nunca dariam a vida por um soldado, infelismente essa é a dura realidade.
Vejo nesse colega, um homem insatisfeito com essa dura realidade.
Mais peço a DEUS que ilumine todos os soldados, que precisam muito de DEUS no caminho deles, pois eles fazem tudo por uma vida, arrisca sua propria vida e mesmo assim nao sao recompensado com tudo que merece...
Que DEUS ajude muito vcs, por que um dia eu vo ta ai junto com vcs, mesmo sabendo de tudo isso.

Anônimo disse...

Sou praça e concordo plenamente que o desabafo faz bem para a saúde mental, porém muitas coisas que acontecem com a gente é resultado daquilo que plantamos. Se a pessoa não consegue atingir seus objetivos desenvolve se uma frustação , que por sua vez pode assumir um compotamento apático se dirigindo contra um bode expiatório, geralmente o chefe.Existe realmente o jargão de que a Polícia é dividida entre a dos praças e a dos oficiais, o que temos feito para mudar essa realidade? O que podemos fazer? A carreira está aberta a todos basta estudar. Dai a Cesar o que é de Cesar a quem honra, honra a quem louvor , louvor!!! O companheiro em questão demonstrou capacidade de influenciar se não pode ser chefe seja líder lidere seu grupo por uma boa causa agora se voce acha que tudo está perdido já não tem mais solução, tenho que ser firme com voce, pede pra sair.

Anônimo disse...

Já faz um bom tempo que não visito este espaço onde expressei minha desilusão com esta Polícia Militar, e hoje visualizando este último comentário decidi responder.
Ao companheiro digo o seguinte: não saio deste trabalho simplesmente por que não posso, por vários fatores que não são de seu interesse. Somente o que precisa saber é que, quando entrei na PM não pedi a ninguém para isso. Muito menos a você. Fiz provas, exames médicos-odontológicos-psicológicos e físicos, conseguindo aprovação por mérito próprio, OK? E não vou pedir a NINGUÉM para sair. Em minha carreira foram muitos problemas que me levaram a chegar a síntese do texto que foi postado, mas que nesse espaço são inviáveis serem relatados. Se não entendeu meu texto, sugiro que lei novamente. Enquanto nessa PM existir pessoas como você, que viajam nesse conceito do "pede pra sair" (acho que você está assistindo muito Tropa de Elite) vamos continuar a amargar desilusões nessa ingrata profissão.
Fechando, em ser "firme" comigo, pode tentar a vontade companheiro. Mas pode ter certeza que vai encontrar uma pedreira pela frente.

Anônimo disse...

Companheiro, que bom que você reagiu! usei a psicologia e vi que nem tudo está perdido. Faça das pedras em teu caminho degraus para alcançar os teus objetivos, tire o melhor proveito das situações que te decepciona ergue a tua cabeça e marche, sigua em frente.

Anônimo disse...

Que bom que vc reagiu, usei a psicologia e vi que nem tudo está perdido, faça das pedras que há em seu caminho degraus para alcançar os teus objetivos tire o melhor proveito das situações que te decepciona segue em frente.

Anônimo disse...

CB PM DO INTERIOR

TUDO QUE O COMPANHEIRO FALA É A REALIDADE. AO LONGO DE MEUS 15 ANOS DE POLICIA JÁ VI DE TUDO. VI SUPERORES AMEAÇAR PRAÇAS POR ESTAREM FAZENDO CUMPRIR A LEI, E OUTROS INÚMEROS CASOS. PARA TUDO E PARA TODOS OS REGULAMENTOS, AS NORMAS, E AS LEIS PODEM SER DEIXADOS, MELHOR MANIPULADOS, E QUEM SABE ATÉ MESMO ASSASSINADOS, PORÉM PARA FAVORECER O PRAÇA NADA PODESER ESQUECIDO NADA PODE SER MODIFICADO E NEM REVISTO. QUANDO INDAGAMOS OU QUEM SABE SUGERIMOS UMA MUDANÇA, A RESPOSTAS VEM RÁPIDO E NO FIM É SEMPRE A MESMA. "NÃO É POSSIVEL TAL MODIFICAÇÃO, POIS A MESMA FERI O REGULAMENTO". SENDO ASSIM,"CUMPRA-SE".
EX: TRABALHO EM UMA CIDADE QUE NÃO TEM ÔNIBUS TODOS OS DIAS. MINHA FAMÍLIA MORA EM OUTRA CIDADE. JÁ TENTEI ACHAR CASA PARA ALUGAR PARA ASSIM TER MINHA FAMÍLIA MAIS PRÓXIMA, PORÉM EM TAL CIDADE CASA DE ALUGUEL É DIFÍCIL. CASA PARA COMPRAR É IMPOSSÍVEL, E SE ASSIM NÃO FOSSE, O PROMORAR TÁ DIFÍCIL, POIS AMIGOS MEUS ESTÃO ESPERANDO JÁ 6 MESES DEFINIÇÃO, SENDO QUE DE TANTO ESPERAR TEM PROPRIETÁRIO DE RESIDÊNCIA QUERENDO ATÉ ENTRAR NA JUSTIÇA. COM TODAS ESTAS DIFICULDADES SÓ ME RESTA DUAS ALTERNATIVAS SÃO ELAS: 1º) ESQUEÇO QUE TENHO FAMÍLIA E SÓ MANDO O DINHEIRO NO INÍCIO DO MÊS. 2º)COMPRO UMA MOTOCICLETA MESMO SEM DINHEIRO E TODO DIA DE SERVIÇO RODO 150 QUILOMETROS.
TUDO ISTO PODERIA SER EVITADO SE NOSSA ESCALA DE SERVIÇO FOSSE FLEXIVEL DE ACORDO COM CADA CASO. LEMBRANDO SEMPRE QUE É POSSIVEL SEM PREJUISO PARA O SERVIÇO E A SOCIEDADE.

Anônimo disse...

OI ANA, INFELIZMENTE VEJO QUE A MIDIA JA TE ADESTROU NO SENTIDO DE ODIAR A POLICIA. TE PERGUNTO ONDE ESTA O TRAFICO, ONDE ESTA OS ASSALTANTES, ONDE ESTA O TIROTEIO? INFELIZMENTE NAS FAVELAS, E NAO FOI APOLICIA QUE COLOCOU ISTO LA, POREM E ELA QUE E CHAMADA PARA RESOLVER ESTE PROBLEMA. ACHO ENGRAÇADO Q VC FALA QUE A POLICIA NAO GOSTA DE POBRES E NEGROS, COMO SE A PROPRIA POLICIA FOSSE CONSTITUIDA DE ALEMAES MILIONARIOS. POLICIA TAMBEM E COMPOSTA POR POBRES E NEGROS QUE RECEBEM R$ 800,00 EM ALGUNS ESTADOS. FICA UM ALERTA, PENSE COM SUA PROPRIA CABEÇA, POIS A MIDIA NAO QUER JUSTIÇA A MIDIA QUER APENAS LUCRO.

Anônimo disse...

Por falar em desmotivação,venho lhes contar um fato que está ocorrendo comigo;Fui movimentado há um ano da cidade onde trabalhei por mais 18( dezoito anos),onde possuo casa própria, família constituida de esposa e um filho,hoje com 13 anos de idade,pelo motivo que não me foi exclarido,simplismente fui informado pelo meu cmt,que seria por política do comando. Recentemente,consegui dois policiais interessados em permutar comigo,porém como são novos de polícia,deram indeferido meu pedido,com as seguintes alegações;não vou trocar um policial novo na profissão,por um que tá preste a ser reformado.Obs,sou policial de 1983 e terei que trabalhar mais trés anos.

Anônimo disse...

Olha a PEC-300, aí, gennnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnte. Vamos deixar nossas mazelas e picuinhas de lado e voltar as nossas atenções para a eleição e votação da referida PEC, certo?

Anônimo disse...

... Vamos concentrar nossas atenções e canalizar as energias em prol da aprovação da PEC-300, PEC-446, PEC-04l, PEC-l7l, ou seja lá qual pec for, o importante é não continuarmos nessa penúria, ganhando este salário de miséria... na dependência de esmola desses governantes. PELA APROVAÇÃO DA PEC, pois somente assim, TODOS OS NOSSOS PROBLEMAS SERÃO RESOLVIDOS.

Anônimo disse...

Caros companheiros! estou na reserva a oito anos, e percebi que somos apenas números, números que serão esquecidos, fui destaque operacional por quinze vezes, e isso de nada adiantou,distribuiem medalhas e medalhas em Ouro Preto, e os praças sempre são esquecidos...Somos números, apenas números... lembrem -se disto quando forem para a reserva..Amamos a profissão sim!!A farda vc não veste mais, porém , algo permanece para sempre em nos. Somos eternos policiais militares....a farda fica grudada no corpo para sempre , mas somos esquecidos pelo alto escalão.......

Sgt Cleiton disse...

Caro amigo! Concordo com tudo que você disse. Também me enquadro no mesmo perfil que o seu, ou seja, sou militar por necessidade e não por opção. Porém convido te a olhar por um panorama que me conforta. Pense em suas boas ações para esse sociedade ingrata! Admita que mesmo não tendo o agradecimento explícito das pessoas, acredito que você como eu jamais conseguiu esquecer o olhar de uma criança, que após uma boa ação sua, lhe apertou a mão, lhe abraçou e disse-lhe de coração.
- Quando eu crescer quero ser como você, um Policial!
É com isso que me agarro cada dia do meu árduo e estressante trabalho.
Grato.

Anônimo disse...

Olá ...tenho 18 anos e estou me preparando para o ctsp - pmmg , ler esses comentários me fez olhar a profissão de maneira diferente, muito obrigado ...me desejem sorte ^^ ...um abraço.

HALESSON disse...

INFELISMENTE A "SOCIEDADE" NÃO RESPEITA UM POLICIAL FARDADO, MAS SIM A ARMA DE FOGO QUE ELE CONDUZ...

Anônimo disse...

Tenho 2 meses de pm, e sinceramente esses comentários me desanimaram.

Anônimo disse...

Ola companheiros,sei que estamos vivendo uma situação difícil,mas,não podemos esmorecer.
Porque as policias dos países de 1º mundo são respeitadas e bem pagas?
desde pequeno vejo filmes policiais e vejo como os governantes e a propria sociedade apoiam os policiais,mas,neste Brasil somos peças de reposição e nossas famílias que se danem.
TEMOS UM SALÁRIO DE FOME,UM ATENDIMENTO MÉDICO PRECÁRIO e vamos caminhando para ver aonde chega.
confirmação de divisa para cabo acredito só quando o saci cruzar as pernas,e tem mais, agora somos obrigados a tirar a licença prêmio e não podemos conta-las em dobro.
É, esta difícil.

Anônimo disse...

Companheiros, pensei que tinha um sonho, mas era um pesadelo: ser policial militar. Mas ainda assim agradeço a Deus todos os dias pelo emprego.Aqui vc é visto como pessoas inferiores, não pelo posto ou patente,mas por vc ser um soldado.Alguns oficiais te enxergam como empregados seus,como um ser inferior, abaixo dos civis.A falta de compreensão,o nem aí pra você, deixa sua auto estima lá em baixo.Moro a 180km do trabalho, dependo de carona para chegar ao serviço, às vezes chego 30 minutos antes, e às vezes depois.No entanto, me forçaram a vim um dia antes para nunca me atrasar, resultado, não toleram 5 minutos de atraso,mas preferem que eu perca 15Horas da minha folga; e mesmo vindo um dia antes, por ser já noite,não arrisco carona na estrada e fico dormindo no meio do caminho em outra unidade policial, para de novo arriscar carona.

Anônimo disse...

Colegas, acredito que só a PEC não é suficiente para resolver ou amenizar nossa situação; pra ser sincero, se me dessem essas duas alternativas: a de ser aprovada a PEC 300 ou ter uma polícia desmilitarizada,preferiria esta última.Nada melhor do que se sentir bem e não em constantes ameaças ou ser tratado com desdém;imagina pegar 2 ou 3 serviços de 24 horas para compensar um atraso de 25 minutos e com motivos que moveria o mais pedrado coração e isso na melhor das hipóteses, pois outros ficam presos por mais de 10 dias.

Anônimo disse...

CARO COMPANHEIRO CONCORDO COM SUA COLOCAÇÃO. ENTREI PARA A CORPORAÇÃO IMAGINANDO SER ALGO DIFERENTE DO QUE TOMEI CONHECIMENTO. INFELIZMENTE NÃO SOMOS RECONHECIDOS, NÃO SOMOS LEMBRADOS, SOMOS APENAS UM NÚMERO, ISTO É, MAIS UM. TODA AÇÃO QUE IREMOS FAZER TEMOS QUE PRIMEIRAMENTE PENSAR E REPENSAR PARA NÃO SOFRER CONSEQUÊNCIAS DE UMA SINDICANCIA, DE UM IPM E ETC. SOMOS QUESTIONADOS POR TUDO, MESMO FAZENDO A COISA CERTA. TAMBÉM O QUE ESPERAR DE UM PAÍS DE GOVERNANTES CORRUPTOS QUE NOS OBRIGA A SER CONVIVENTE COM A SITUAÇÃO, COLOCANDO A GENTE DE FRENTE COM PERSONAGENS DA SOCIEDADE QUE DEMONSTRA INSATISFAÇÃO COMENTENDO ATOS DELITUOSOS E ASSIM COLOCANDO NOSSO BEM MAIOR QUE A VIDA EM CONSTANTE PERIGO. ANTES DE MAIS NADA TEMOS QUE PENSAR EM NOSSA VIDA, NA VIDA DE NOSSOS FAMILIARES, ZELAR POR TODOS ELES, PORQUE NA HORA DA DIFICULDADE APENAS PODERAM CONTAR COM ELES E MAIS NADA. EM MUITAS SITUAÇÕES ANTES SER UM COVARDIA VIVO, DO QUE UM HERÓI MORTO. DO QUE VALE O RECONHECIMENTO APÓS A MORTE?

Anônimo disse...

não quero nem saber o importante é que sou do BOPE, me orgulho de ser um policial que esta´ acima dos demais, sou mais bem treinado, mais preparado que o restante da tropa, sei como agir perante a diversos tipos de ocorrencia, e sou reconhecido como heroi por toda a sociedade e me sinto orgulhoso em vestir a minha farda preta não é pra qualquer um e pode pedir pra sair, se você não esta satisfeito com o seu salario, de como te tratam, com sua escala de serviço, como o tratamento que lhe é dado nas delegacias, pelos seus superiores, pede pra sair, como me diziam a p1 esta aberta, quando me formei no antigo BPCHq, na gloriosa policia de minas gerais onde me encontro até os dias de hoje, epa cometi um equivoco, me desculpem venho atravez desta mensagem comunicar o falecimento do BOPE, pois estao mortos os que se submetem a cometer tal atrocidade contra [companheiros] de farda ou de serviço, eu teria vergonha so de mencionar que pertenceria a este grupamento que se levantou contra uma tropa que diferente deles realmente são preparados, realmente são herois perante a sociedade, que estavam ali para pedir o pão de cada dia, estavam pedido dignidade para viver e dar aos seus filhos um futuro melhor, combatentes não so do fogo, mas a todo instante preparados para salvar vidas, quem entre vos ousaram tocar nestes herois, é com extremo repudio a ação deste grupamento denominado bope em minusculo e que posto esta mensagem, estes casos aberrantes so acontecem nesta instituição, desmilitarização já.vergonha

Anônimo disse...

mais um desabafo, nosso portugues é de dificil pois as palavras comuns talvez não traduza toda a indignação, de todos os policiais que aqui postam, não podemos dizer palavras de baixo calao pois seremos censurados, a ultima é que policiais civis e guardas municipais receberão periculosidade e insalubridade, parabens a eles, estes pleitos são nossos a imemoraveis tempos corridos só que nossos representantes legais que são nossas associações e nossos representantes politicos, são meras peças de manobra se vendem por merecas, um milhão ou dois, um cargo aqui outro ali, pura politicagem se habituaram a se vender, depois veem até nos e nos empuram desculpas absurdas, que as negociações esta no limite ou que a proposta do governo foi boa, boa pra quem, so se for pro bolso deles, só espero que estes nossos representantes tenham a dignidade de sumirem, para que possamos eleger novos representantes, que realmente nos represente.

Anônimo disse...

Cara, eu não sei quem é vc...
Mas automaticamente virei teu fã...
sd_pmsoares@hotmail.com é meu e-mail, gostaria de trocar umas idéias sobre o tema...

abraço e sucesso.

Anônimo disse...

BREVE COMENTARIO, QUERO PARABENIZAR OS POLICIAIS DA BAHIA, PELA CORAGEM QUE DEMONSTRARAM PERANTE AOS PODEROSOS DA POLITICA DA BAHIA, GREVE TALVEZ SEJA A UNICA FORMA DE FAZER QUE O GOVERNO OUCA O GRITO DOS OPRIMIDOS E DESESPERADOS, DOS PROFISSIONAIS QUE ARRISCAM SUAS VIDAS DIARIAMENTE PELO CONFORTO DE TODA UMA SOCIEDADE, QUE MEN SEMPRE E MERECEDORA DO SANGUE QUE OS POLICIAIS DERAM EM PROL DELA. PARABENS A TODOS A LUTA CONTINUA E FIQUEM SABENDO QUE MINAS GERAIS OS APOIAM, SEJAM FORTES E FIRMES.

Anônimo disse...

apos exaustivo servico no carnaval, nos reunimos com nosso comandante de batalhao, e estavamos todos pensando que suas primeiras palavras fossem para parabenizar pelos esforcos despendidos durante o periodo carnavalesco
o mesmo comecou seu discurso, dizendo que em meio a tropa existem pessoas de ma idole, pessoas sem moral, pessoas inedoneas, tudo isso porque durante o carnaval os carros de dois oficiais foram arranhados, um do cap cmt da cia e outro da p1 , olha nao sei quem fez mas desde ja o parabenizo pela sua coragem, cmt sem moral, sem escrupulos, marginais estao por toda a corporacao uns fazem cfo, outros ctsp, uns aproveitando-se de seu relativo poder fazem coisas alem que a lei permite, o sr sabe o que assedio moral, nao, nao, nao e uma coisa dificil de se provar, nesta instituicao isto nao acontece claro, ne ou acontece o certo e o seguinte quem bate esquece, quem apanha nao, o inferno nao esta depois da morte se voce fizer mal a alguem aqui esteje preparado para pagar.

Anônimo disse...

o bom soldado

tão bom, tão forte
heroi sem ser reconhecido
capaz de enfrentar a morte
preparado para qualquer ocorrido...

já mais titubiar
decissões firme e certas
muito tem a se responsabilizar
por fatos e questões diretas...

a estrada é longa e cansativa
mas nunca olhar para tras
firme passos de locomotiva
levando a todos a alegria e a paz...

porque caminhar
numa estrada sem rumo
sem saber onde chegar?
pois os passos do soldado
é reto como prumo
e nunca se queixa de se cansar...

não são assim
tão reconhecidos
são julgados enfim
pelos ocorridos
mas sempre chegam no fim
com a bandeira
nos braços estendidos...

não se cansa de ser policial
o orgulho espelha no sembrante
todo dia é momento especial
de vestir a farda bravejante...

não espera elogio
de quem não sabe dar valor
enfrenta amargo este tedio
seja qual situação for...

mais um dia vencido
conseguiu sobreviver
cansado e sofrido
vai pra casa
com sua familia conviver...

mal amanhece
lá se vai de novo
poucos reconhece
aquele que vai salvar o povo...

não sei quando vai acabar
não sei quando isso vai terminar
só queremos mais compreensão e respeito
por essa bandeira que carregamos no peito....

não vou tombar facilmente
mas fico alegre de retornar
para minha familia ficar contente
pela porta da sala eu tenho que entrar...
vivo...

Anônimo disse...

Tenho saudade do antigo BPChq, onde PM era PM de verdade e tinha POLICIA no sangue.

Joao bosco disse...

Joao bosco disse...
boa noite,,,,Nao é comentário e sim um desabafo e ate pedido de socorro...Moro na cidade de inhapim mg.Onde nasci e prestei serviço na PMMG nesta cidade por 14anos,combatendo ocrime e proporcionando segurança ao cidadãos de bem.Hoje já na reserva remunerada desde de maio de 2010,consegui comprar uma casa one resido com esposa e dois filhos de 15 e 08 anos.Porem há 4 meses mudou um individuo para residência vizinha a minha e começou fazer trafico de drogas e ainda fornecer o terraço para os usuários fazerem uso,sendo que sempre minha residência estava com cheiro de maconha,a fumaça entrava pela janela da sala e do quarto de meus filhos.Quando tive certeza que ali estava sendo um ponto de venda e uso de maconha,chamei a atenção do morador dizendo que parasse com com aquel prática criminosa ou então mudasse dali.No mesmo dia procurei o pelotão Pm e repassei informações sobre o ocorrido.O cmt do pelotão me disse que iria determinar que as guarnições intensificassem patrulhamento e busca pessoal em suspeitos na rua próximo a minha residência.O que realmente fora feito,tendo um gurpm abordado o individuo vizinho que estava fazendo o trafíco.Contudo após a saída da gurPM,tal individuo abordado começou a gritar do meio da rua "Foi este viado do cabo Bosco que mandou me abordar,este desgraçado que já ta aponsentado",de imediato,procurei a delegacia de Policia civil para fazer uma representação mas o detetive que la estava me disse que quem registrava BOPC seria outro detetive que não se encontrava,Entao nada foi reistrado naquele dia.Contudo pela manha do outro dia,acordei pela manha com o suspeito de trafico de drogas,gritando com a mae dele que"enquanto eu não der um jeito neste cabo bosco,eu não sossego.Diante de todo fato e de estar sendo ameçado,naquele dia de arma em punho abordei tal individuo onde determinei que ficasse em posição de busca e o revistei e determinei que parasse de me injuriar e ameaçar por que não iria permitir tal ameaças dele nem trafico de drogas .Em seguida sai de carro para o banco e quando retornei minha esposa me disse que uma gurPM havia registrado um BOPM me acusando de ameaça e espancamento.Fato se deu inicio de 4/12/13,minha abordagem dia 10/12.Resumindo,o traficante virou vitima e eu 2SGT da reserva,autor de ameça,agressao e uma representação da delegada contra mim por desacato,pelo fato de terem me dito que ela iria cassar meu porte de armas e eu tê-la questionado por qual motivo.o que me angustia mais é que o bandido virou vitima e eu bandido por não ter permitido trafico de drogas ao lado de minha residência.....
16 de dezembro de 2013 16:38

Joao bosco disse...

Resumindo companheiros,,,,fiquei totalmente desmoralizado e um delegado ainda me disse que por ser da reserva não posso abordar o cidadão,que trafica,fornece o terraço para usuários e ainda me ameaça e a minha família......Realmente,da gloriosa PMMG só resta o logotipo.

Anônimo disse...

Estamos em 2016 e pouca coisa mudou. Tenho 12 anos de PM e me sinto insatisfeita e infeliz por ter escolhido essa ingrata profissão. E nada de PEC 300. Sem esperanças!

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo