Boletim de Ocorrência Policial - Definição, orientações e modelos

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O boletim de ocorrência (BO) é, sem dúvida, o documento mais importante produzido pela Polícia Militar. As informações nele contidas são de suma importância, podendo ser cruciais no desfecho de um processo judicial, visto terem sido colhidas ou observadas ainda no calor dos acontecimentos.

É através do BO que se leva à autoridade policial ou judiciária a notícia crime, fornecendo-lhes uma série de dados (nomes de agentes, vítimas, testemunhas, vestígios, instrumentos e produtos de crime, etc.). É também um precioso meio de resguardo da legalidade em que se pautou a ação ou operação policial.

O boletim de ocorrência pode ser conceituado como sendo o registro ordenado e minucioso das ocorrências que exigem a intervenção policial. Ocorrência policial, por sua vez, é todo fato que, de qualquer forma, afete ou possa afetar a ordem pública e que exija a intervenção policial por meio de ações ou operações.

O boletim de ocorrência é um documento oficial. Portanto, deve seguir os princípios expressos e reconhecidos da Administração Pública (legalidade, impessoalidadde, moralidade, publicidade, eficiência, motivação, entre outros).

A redação do BO deve caracterizar-se pela impessoalidade, uso do padrão culto da língua, clareza, concisão, coerência e objetividade. Na redação oficial, não há lugar para impressões pessoais, como as que, por exemplo, constam de uma carta a um amigo, de uma postagem de um blog ou mesmo de um texto literário. O BO deve ser isento da interferência da individualidade da pessoa que o elabora.

Via de regra, o BO é constituído de vários campos, principalmente descritivos, a fim de serem relacionados dados como qualificação dos envolvidos, materiais apreendidos, integrantes da equipe policial, entres outros. O preenchimento desses campos é intuitivo, sem muita dificuldade. A coisa começa a se complicar no campo do histórico da ocorrência, onde o policial narra os fatos. É nesse ponto, em especial, que queremos lhe ajudar. Como em toda narração, o histórico de ocorrência deve conter:
Quem? Personagens.
Quê? Atos, enredo.
Quando? Dia, hora, momento.
Onde? O lugar da ocorrência.
Como? O modo como se desenvolveram os acontecimentos.
Por quê? A causa dos acontecimentos, se for sabida.
Recomenda-se que os fatos sejam narrados na seguinte ordem:
1. O acontecimento que gerou a ocorrência ou como ocorreu o empenho.
2. Circunstâncias com as quais o policial se deparou ao chegar ao local da ocorrência.
3. Providências policiais, devidamente fundamentadas e motivadas.
4. Desfecho da ocorrência.
No histórico do BO, deve-se relatar apenas o que é significativo, selecionar fatos relevantes e evitar que os acontecimentos se amontoem sem nenhum significado. Os dados que forem lançados em campos parametrizados não precisam ser repetidos no histórico, exceto se forem importantes para a narrativa.

O histórico de BO deve ser fiel à realidade, dando noção do lugar, circunstâncias e participação dos envolvidos. Deve narrar, de forma concisa e objetiva, todas as informações colhidas no local da intervenção policial, as quais terão valor inestimável nas investigações posteriores.

Em observância aos princípios da legalidade e motivação, o relator da ocorrência deve fundamentar as ações e providências que adotar, principalmente coercitivas, como uso da força, prisões, apreensões e multas. Deve expor, de forma lógica e objetiva, os motivos de fato e de direito que o levaram a adotar tais medidas. Por exemplo, quando o policial apreende um objeto/instrumento que tem relação com o crime, ele deve indicar o motivo de ter tomado essa providência. O ato administrativo não tem eficácia nem validade se não estiver alicerçado no Direito e na Lei. Quando o policial motiva suas ações, ele afasta possíveis suspeitas e resistências.

É importante salientar que o policial não pode fazer afirmações sobre as quais se exige um laudo pericial. Por exemplo, num acidente de trânsito, ele não pode concluir qual dos condutores deu causa ao acidente. Não pode afirmar que uma substância encontrada é um entorpecente. Nesse caso, deve descrevê-la de maneira genérica. Exemplos:
Substância esverdeada semelhante à maconha.
Pó branco semelhante à cocaína.
A persuação deve se dar pelos fatos; o fato é algo verdadeiro, uma realidade inquestionável. Fatos não se discutem. Mesmo se os argumentos forem verdadeiros, eles podem não levar a nada. Porém, se os argumentos forem baseados em fatos rigorosamente observados, poderão conduzir à certeza absoluta. A partir de premissas verdadeiras, chega-se a uma conclusão, a uma verdade inconstestável. É o chamado raciocínio dedutivo. Exemplo:
Todo homem é mortal. (fato provado/premissa verdadeira)
Roberto é homem. (fato provado/premissa verdadeira)
Logo, Roberto é mortal. (conclusão)
Enfim, um BO bem confeccionado é aquele que narra os acontecimentos de maneira ordenada, coerente, clara, concisa, precisa, objetiva e que resguarda as ações e providências adotadas pelos policiais explicitando os fundamentos de fato e de direito, estabelecendo uma lógica entre estes.

Para ajudar os nobres companheiros, principalmente os policiais recém-formados, selecionamos alguns exemplos de históricos de boletins de ocorrência.
De acordo com o relato das testemunhas arroladas neste documento, a vítima desentendeu-se com o autor em razão de apostas num jogo de cartas que acontecia no endereço da ocorrência (Bar Copo Sujo). Fato seguinte, o autor desferiu três facadas na vítima e fugiu. Esta guarnição foi acionada pela Central de Operações e compareceu ao local onde se deram os fatos, sendo constatado que a vítima já se encontrava sem sinais vitais. Foram adotadas as providências de isolamento e preservação do local do crime até a chegada da perícia técnica, representada pelos peritos João e Maria. Simultaneamente à preservação do local, a viatura 9999, de posse das características do autor do delito, efetuou diligências no intuito de localizá-lo, conseguindo prendê-lo em flagrante no Beco do Além, de posse de uma faca suja com substância vermelha semelhante a sangue. Segundo o comandante da viatura 9999, Sargento Esperto, foi dada voz de prisão ao autor e lidos seus direitos constitucionais na presença das testemunhas arroladas como envolvidos 03 e 04, sendo apreendida a mencionda faca, conforme descrito no campo VII. O corpo da vítima foi removido pelo rabecão de prefixo 8888, sob o comando do agente Mauzé. Autor, testemunhas e o material apreendido foram encaminhados a esta delegacia.
Quando realizávamos blitz de trânsito na Av. Seagal, o envolvido 01, condutor do automóvel modelo Pálio de placa ABC-1234, ao se aproximar do local da operação, freou bruscamente o automóvel. Diante da fundada suspeita, determinamos que o condutor parasse o veículo e desembarcasse. Ao realizarmos buscas no automóvel, localizamos no assoalho do lado do passageiro um invólucro de plástico contendo um pó branco semelhante ao entorpecente cocaína. Dando continuidade às buscas, localizamos na pista de rolamento, junto à porta do lado do motorista, outro papelote contendo substância também semelhante à cocaína. Questionado sobre os produtos localizados, o condutor negou que fossem dele. O automóvel foi apreendido e removido ao pátio conveniado pelo reboque “Socorro do Zezinho”, haja vista ter sido utilizado na prática criminosa. O envolvido 01 e os materiais arrecadados foram encaminhados a esta delegacia para providências subsequentes.
A Central de Comunicações transmitiu na rede de rádio que, segundo denúncia anônima, estaria ocorrendo uma briga generalizada no Bar dos Pilas, situado no Bairro Cachoeira, e que haveria um indivíduo armado entre os contendores. Dadas as circunstâncias, foram empenhadas para atender a ocorrência a nossa guarnição (VP 10599) e a da viatura de prefixo 10537. No momento em que chegamos nas proximidades do local, um indivíduo trajando camisa escura e toca branca evadiu em desabalada correria do interior do citado estabelecimento, adentrou no Beco Alameda das Orquídeas e, em ato contínuo, efetuou um disparo em direção das viaturas. O Cabo Gardenal, que se encontrava na viatura mais próxima do indivíduo (VP 10599), efetuou 04 (quatro) disparos visando neutralizar a injusta agressão. Fato seguinte, desembarcamos e passamos a perseguir a pé o indivíduo, o qual continuou correndo e invadiu diversos imóveis do aglomerado, visando escapar da ação policial. Em determinado momento, o perdemos de vista. Foi encontrado, na laje de um dos imóveis pelos quais ele passou, o revólver descrito no campo de apreensão, que continha 01 (um) cartucho deflagrado e 05 (cinco) intactos. Com apoio de outras guarnições, realizamos cerco pelas prováveis rotas de fuga, contudo não localizamos o indivíduo. De acordo as testemunhas (envolvidos 04 e 05), as quais estavam no referido estabelecimento, o indivíduo é conhecido pela alcunha de “Dedo Leve”. Nenhum policial foi atingido no confronto. A arma apreendida foi encaminhada a esta delegacia.
Durante patrulhamento, recebemos via rede de rádio a informação de que componentes de uma guarnição tático móvel do 36º BPM estavam sendo recebidos a tiros no Aglomerado da Cabra. Diante da situação, deslocamos imediatamente em apoio, mas, no itinerário, recebemos determinação do comandante das guarnições tático móveis para deslocarmos para o Hospital Risoleta Neves, a fim de registrarmos a ocorrência, visto que o embate armado havia terminado e que um indivíduo baleado estava sendo socorrido para o mencionado hospital. Em contato com os militares qualificados como envolvidos 01 e 02, estes disseram que estavam juntamente com os integrantes da guarnição tático comando realizando incursão no Aglomerado da Cabra, com o objetivo de localizar pessoas foragidas da justiça e de apreender armas e drogas ilícitas; que, no momento em que desciam um dos becos do aglomerado, dois homens armados, ao perceberem a presença dos policiais, efetuaram disparos contra estes; que eles (policiais) se defenderam proporcionalmente da injusta agressão, vindo a neutralizar um dos suspeitos, tendo o outro conseguido evadir. O indivíduo qualificado como envolvido 03, conhecido pela alcunha de “Nelore”, foi alvejado com um disparo no braço direito e atendido no referido hospital com a ficha de nº 88888. Nenhum policial foi atingido no confronto. De acordo com o sistema SIDS, o envolvido 03 é foragido do 1º Distrito Policial da cidade de Santa Luzia, e consta em desfavor dele um mandado de prisão de nº 111111, expedido pelo MM. Juiz de Direito Plutônio Magnésio, da comarca de Contagem. Com o envolvido 03, foi apreendido um revólver da marca Taurus, calibre .22, nº 33333, carregado com seis cartuchos intactos. A fim de resguardar a legalidade da ação, as armas que os policiais utilizaram no confronto foram apreendidas e encontram-se recolhidas na intendência do 36º BPM, à disposição da justiça. O envolvido 03 ficou em observação médica e com escolta da Polícia Militar; tão logo receba alta, será apresentado à autoridade policial. A arma encontrada e os demais objetos relacionados no campo de materiais apreendidos foram encaminhados a esta delegacia.
Nota: Este histórico de BO é uma contribuição do 3º Sgt PM Luciano Soares Domingues.
Durante "operação presença" na região do Bairro Alienígenas, que visava apreender armas de fogo, drogas ilícitas e abordar pessoas e veículos em atitude suspeita, visualizamos o conduzido (envolvido 01) num local conhecido como ponto de venda de entorpecentes, o que emanou forte suspeição. Diante da fundada suspeita, determinamos que ele se posicionasse para ser submetido a busca pessoal. Entretanto, o conduzido, que apresentava sinais de ter feito consumo imoderado de bebida alcoólica, desobedeceu a ordem legal e ofereceu resistência ativa, tentando se desvencilhar dos policiais, além de gritar para chamar a atenção da vizinhaça. Ante a resistência, foi necessário que elevássemos o nível de força para ganhar sua cooperação e efetuar a busca pessoal, sendo empregadas técnicas de controle de contato, com torção das articulações dos membros superiores. Feita a busca pessoal, não foi encontrado nenhum objeto ou substância ilícita em seu poder. Fato seguinte, parentes e amigos do conduzido tentaram interferir na abordagem, tendo a conduzida - qualificada como "envolvido 02" -, irmã dele, tentado ainda nos agredir, além de incitar outras pessoas contra a ação policial. Dessa forma, foi necessário o uso da força para contê-la, com as mesmas técnicas utilizadas no envolvido 01. Em face do número de pessoas intervindo na ocorrência, compareceram ao local e nos apoiaram as guarnições da VP 14247 e do Tático Móvel 15627. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos conduzidos (envolvidos 01 e 02) e dito seus direitos constitucionais. Em virtude da resistência ativa, o envolvido 01 sofreu escoriações no punho, pé direito e nas costas; o Soldado Operacional sofreu escoriações na mão esquerda. Aparentemente, a conduzida não foi lesionada. Os três foram encaminhados ao Hospital Santa Casa. O conduzido foi atendido com a ficha 0043600, contudo recusou ser medicado. O soldado Operacional foi atendido com a ficha 0085765. A conduzida se negou a ser atendida. Os envolvidos 01 e 02 foram encaminhados a esta delegacia para providências subsequentes. Saliento que, no interior da viatura, o envolvido 01 proferiu ameaças ao Soldado Operacional, dizendo: "Vou te matar". Segue anexo auto de resistência.
Nota: Este histórico de BO é uma contribuição do 3º Sgt PM Luciano Soares Domingues.
Por volta das 03h30min, a Central de Comunicações nos transmitiu que, segundo diversas solicitações, um indivíduo estaria caído na Rua Woofer, 66, Morro do Kid, perdendo muito sangue, pois havia sido esfaqueado durante uma luta corporal com outro indivíduo. Comparecemos ao local, contudo a vítima não se encontrava mais ali, visto que fora socorrida por populares até o Pronto Socorro Central. Os circunstantes apenas nos relataram que o autor do crime seria um cidadão conhecido pela alcunha de Zé Mix. Enquanto outras guarnições procuravam o autor, comparecemos ao Pronto Socorro, onde o médico de plantão nos relatou que a vítima deu entrada naquele hospital sem sinais vitais, apresentando cerca de sete perfurações no abdome e nas costas, estando as vísceras expostas. Segundo as testemunhas, as quais socorreram a vítima e presenciaram o fato criminoso, um indivíduo conhecido por Zé Mix, de cor clara, cabelos lisos, altura mediana, residente na Rua Z, 94, Morro do Kid, mototaxista, teria se desentendido com a vítima porque esta teria agredido um menino há alguns dias; que, após uma inflamada discussão, autor e vítima entraram em luta corporal, tendo o autor sacado uma faca da cintura e desferido diversos golpes contra a vítima, a qual perdeu os sentidos e ficou caída na Rua Woofer, momento em que o autor aproveitou para evadir de posse do instrumento utilizado no crime. Ainda, de acordo com as testemunhas, o autor, no momento do crime, estava de posse de dois papelotes de crack. As testemunhas não souberam dizer se era para consumo próprio ou para a venda. O local onde ocorreu o crime é conhecido como ponto de comércio de entorpecentes, e a vítima é suspeita de pertencer a quadrilha que domina o tráfico de drogas no Morro do Kid, inclusive, segundo sistema de prontuários criminais, já foi condenada judicialmente pelos crimes de tráfico de drogas, roubo e tentativa de homicídio. Durante rastreamento, dois indivíduos que estavam na motocicleta apreendida (CG TITAN de cor vermelha, placa HHH-9999), evadiram em alta velocidade ao avistarem nossa viatura, desrespeitando as sinalizações de trânsito e as regras de circulação, assim como colocando a vida dos transeuntes em perigo. Efetuamos o acompanhamento da motocicleta, tendo os ocupantes desembarcado na Rua Z e, em seguida, evadido a pé, momento em que também desembarcamos da viatura e fomos ao encalço dos indivíduos. Estes adentraram na casa de número 94 da mesma rua, imóvel que, segundo as testemunhas, pertence ao autor do crime. Ante o estado de flagrante delito, adentramos no imóvel, contudo não conseguimos localizar os indivíduos, pois estes pularam o muro dos fundos da residência e fugiram para o interior do aglomerado, local com grande concentração de becos e vielas. A casa do autor encontrava-se toda revirada, com praticamente todos os móveis quebrados. Nas proximidades da residência, abordamos alguns menores, os quais nos relataram que havia rumores de que a quadrilha que domina o tráfico de drogas no aglomerado iria vingar a morte da vítima. Os menores nada disseram sobre os danos na casa do autor. Depreende-se, contudo, que já seja um ato de vingança pela morte da vítima. Pelas circunstâncias narradas, a motocicleta tem relação com o crime e, considerando ainda o crime de direção perigosa praticado pelo condutor, ela foi apreendida, removida pelo Socorro Multicar e encaminhada ao Pátio Supermotors, sendo lavrado o auto de infração de número 0001. Apesar do intenso rastreamento realizado pela nossa viatura e pelas viaturas do setor, o autor ainda não foi localizado; os dados dele foram obtidos com seu irmão, o envolvido 06, sendo este orientado a tentar entrar em contato com o autor para que ele se entregue. Não obstante, as viaturas do turno estão informadas sobre o crime e continuam no encalço do autor.
Observação: O histórico abaixo é mais sucinto, pois não repetiu os dados constantes nos campos parametrizados do BO.
Segundo as testemunhas, autor e vítima se desentenderam por motivos banais e, após uma inflamada discussão, o autor sacou uma faca e desferiu diversos golpes contra a vítima; em seguida, evadiu de posse do instrumento do crime. A vítima foi socorrida pelas testemunhas até o Pronto Socorro Central, contudo, segundo o médico de plantão, já deu entrada naquele hospital sem vida, apresentando cerca de sete perfurações no abdome e nas costas. Durante rastreamento, dois indivíduos que ocupavam a motocicleta apreendida evadiram em alta velocidade da nossa guarnição, momento em que passamos a acompanhá-la visualmente. Os indivíduos abandonaram a motocicleta na Rua Z e adentraram na casa de número 94 da mesma rua, imóvel que pertence ao autor do crime. Em ato contínuo, fugiram pelos fundos da residência, não sendo mais vistos. A motocicleta foi apreendida por ter relação com o crime e pela prática da infração de direção perigosa, sendo encaminhada ao Pátio Supermotors. Foi lavrado o auto de infração de número 0001. Juntamente com outras guarnições, continuamos no encalço do autor.
Realizando operação antidrogas na subárea da 179ª Cia PM, recebemos denúncia anônima via Central de Operações de que, num prédio situado na Av. DBX, nº 999, o morador de um dos apartamentos estaria cultivando plantação de maconha. Com o propósito de averiguarmos a informação, fomos ao local, onde, da avenida, avistamos na janela de um dos apartamentos uma muda de uma planta de formato e cor semelhantes à maconha. O morador, ao ver as viaturas policiais, retirou as mudas de onde estavam e começou a destruí-las. Diante das circunstâncias, que indicavam a veracidade da denúncia, subimos de imediato ao apartamento do suspeito, onde deparamos com a porta aberta, e, na presença das testemunhas, adentramos na residência, abordamos o morador e procedemos à minuciosa busca no imóvel, sendo encontrados 02 (dois) pés de uma planta com características análogas à maconha. No local, também foram encontrados vários objetos de procedência duvidosa, como sementes, charutos cubanos, celulares e aparelhos de som automotivos . Toda a busca foi acompanhada pelas testemunhas. As plantas e os materiais citados foram apreendidos, conforme campo específico deste boletim de ocorrência. Foi dada voz de prisão ao autor por cultivação e tráfico de entorpecentes, sendo-lhe garantidos todos os direitos constitucionais. Autor, testemunhas e materiais apreendidos foram encaminhados a esta delegacia para providências subsequentes.
Acionados pela Sala de Operações da Unidade, comparecemos ao local da ocorrência (Agência do Banco do Brasil), onde, segundo as testemunhas arroladas neste documento, os três conduzidos adentraram no estabelecimento bancário, alvejaram o vigilante (envolvido 02) no braço direito, apoderaram-se da arma deste, renderam o gerente (envolvido 03) e subtraíram do cofre da agência R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) em espécie. Em seguida, os conduzidos evadiram no veículo modelo Vectra, de placa FFF-9999, pela Av. Cristiano Machado, sentido Centro-Bairro Tupi. Foi feito um grande cerco e bloqueio pelas rotas de fuga, sendo o automóvel interceptado pela guarnição comandada pelo Sargento Intrépido, momento em que os conduzidos efetuaram disparos de arma de fogo em direção da viatura, tendo os militares, em legítima defesa, revidado a injusta agressão. Fato seguinte, os conduzidos se renderam, sendo presos em flagrante delito e informados de seus direitos constitucionais. Na lataria da viatura foram localizadas 03 (três) perfurações provenientes de disparos de arma de fogo e, na lataria do veículo ocupado pelos conduzidos, 07 (sete) perfurações. Todavia, ninguém foi atingido no confronto. No interior do automóvel ocupado pelos conduzidos foram encontrados 03 (três) pistolas semiautomáticas, o revólver que foi levado do vigia da agência, todo o dinheiro que foi roubado, além de outros objetos de procedência duvidosa, conforme descrito no campo de materiais apreendidos. Os conduzidos foram reconhecidos pelas vítimas e pelas testemunhas como sendo os autores do crime. O vigia da agência foi socorrido ao Hospital Santa Casa, onde deu entrada com a ficha de nº 7.777/08, sendo medicado e liberado. Os envolvidos arrolados neste boletim de ocorrência e os objetos apreendidos foram encaminhados a esta delegacia para providências subsequentes.
Segundo o envolvido 04 (testemunha), o autor adentrou na Boate Space Funk, sacou da cintura uma arma de fogo, aproximou-se da vítima e efetuou três disparos que atingiram-lhe a cabeça. Em seguida, o autor evadiu num veículo modelo Gol de cor verde, placa GGG-4444, dirigido pelo co-autor, em direção ao Bairro Alvarenga. Quando chegamos ao local da ocorrência, constatamos, de imediato, que a vítima não apresentava sinais vitais. Efetuamos então o isolamento e a preservação do local do crime e acionamos a perícia técnica, a qual compareceu ao local representada pelos peritos João Marcos (Masp 222.222) e Maria de Lourdes (Masp 333.333). Simultaneamente à preservação do local da infração penal, foi desencadeado cerco e bloqueio pelas rotas de fuga. O autor e o co-autor foram presos em flagrante delito pela guarnição comandada pelo Sargento Bravo, quando passavam pela Ponte das Almas Perdidas. Foi encontrado no interior do automóvel um revólver calibre 38 municiado com 03 (três) cartuchos deflagrados e 03 (três) intactos. Os indivíduos detidos foram reconhecidos pelas testemunhas (envolvidos 04 e 05) como sendo os agentes do crime. A arma encontrada e o veículo que os conduzidos ocupavam foram apreendidos por terem sido utilizados na prática criminosa. O corpo da vítima foi removido pelo rabecão de prefixo 7777, sob o comando do agente José do Caixão. Os objetos apreendidos, os autores e as testemunhas do crime foram encaminhados a esta delegacia para providências subsequentes.
Compareceu neste batalhão a vítima João da Silva, a qual relatou que, nesta data, por volta das 10 horas, estacionou seu veículo marca VW, modelo Fox, placa ABC-1234, de Registro/SP, cor prata, na Rua Santa Maria, defronte ao nº 678, Centro, para fazer compras; que, ao retornar ao referido local, às 18 horas, percebeu que seu veículo não mais se encontrava naquele logradouro; que, além do documento do veículo, havia vários pertences em seu interior, dentre eles uma valise com documentos variados, uma máquina fotográfica digital da marca Samsung, modelo XPT 200, um tênis branco da marca Adidas e uma bolsa própria com cerca de 20 CDs diversos. O veículo estava equipado com um aparelho de som da marca Pioneer, amplificador da marca Pirâmide, altos falantes da marca Booster e um aparelho Navegador GPS da marca NavCity, modelo WayGPS. A vítima informou ainda que o mencionado veículo não estava coberto por seguro. Declarou também assumir inteira responsabilidade pelas declarações que deram origem ao presente registro, nos termos do artigo 299 do Código Penal. Em consulta realizada no Sistema Prodesp sobre a documentação da vítima e do veículo, não se constatou qualquer tipo de restrição. A ocorrência foi devidamente divulgada a toda rede-rádio da Unidade, à Base da Polícia Militar Rodoviária de Pariquera-Açu e à Base da Polícia Rodoviária Federal de Registro.
* Contribuição de um policial militar que se identificou apenas como "Nelson".

Saiba mais em:

Se você tem um histórico de BO bem redigido, envie-o para ser colocado nesta postagem. Seria interessante, por exemplo, histórico de ocorrência de trânsito, de tráfico de drogas, entre outros. Colabore para o aprimoramento profissional de nossos companheiros.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

213 comentário(s):

Anônimo disse...

Boa noite, estava lendo seu texto, no qual observei o uso do termo "perseguição", me lembro que alguns memorandos, ja esquecidos na quinta secção,lata de lixo, faziam referencia para evitar o uso desse. Ao redigir B.O. utilizo o termo "acompanhamento", para evitar questionamentos quanto a velocidade no deslocamento.
Cb Alexandre, 41BPM.

José Ricardo disse...

Cb Alexandre, realmente, de vez em quando é preciso manter as aparências. Vou alterar.

Quase que a gente pega os caras, só que eles adentraram num beco onde não cabia a viatura. Desembarcamos, eles abandonaram a motocicleta, adentraram na casa do autor, pularam o muro dos fundos e evadiram pelo labirinto de becos e vielas do aglomerado; aí já era.

Saudações.

Leandro disse...

Sempre achei uma absurdo alguns tipos de Boletins de Ocorrência. Contudo, para o comando da Gloriosa Corporação, uma solicitaçao de qualquer que seja a natureza tem que ser registrada. Pensado nisso, procurei alguma coisa a respeito na Net; achei o artigo do Site Consultor Jurídico com esse tema "B.O é desnecessário em casos não penais". Achei muito interessante, desta forma ciente que a maioria de nossos companheiros visitam frequentemente seu Site, peço que leia e comente sobre esse tema. Seria de grande valia abrir a mente dos militares para questões como essa, para que tenhamos uma polícia valorizada e realiazando seu verdadeiro papel constituinte. Desde já, agradeço.

José Ricardo disse...

Leandro, concordo que nem a PM nem a PC devessem registrar fatos não penais. O BO para fatos atípicos de polícia, que se convencionou chamar de BO de preservação de direitos, toma tempo desnecessário das forças policiais, além dos recursos empregados. Tais registros fogem completamente da esfera de atribuiçãos das polícias. Portanto, julgo que a PM não deveria se ocupar dos registros desses fatos atípicos, porquanto os esforços e os recursos humanos e logísticos devem ser canalizados para a prevenção e preservação criminal.

Sobre o artigo que você mencionou, realmente é muito pertinente e interessante. Eu já havia colocado um link dele na postagem. Para ficar ainda mais visível, disponibilizo abaixo link direcionado a ele:

* B.O é desnecessário em casos não penais

Mellissa disse...

li o artigo e gostaria de saber, se a vítima de um caso de roubo á mão armada, se sentir realmente desprotegida pelo Estado e em meio ao proceso decidir retirar a queixa, ela poderá fazê-lo?

José Ricardo disse...

Melissa, a vítima não pode retirar a "queixa", já que o crime de roubo é de ação pública incondicionada, ou seja, independe da vontade da vítima. Saudações policiais.

Mellissa disse...

Então o q posso fazer? No dia do reconhecimento do criminoso, colocaram-me frente a frente com ele, ele me reconheceu pois trabalho num órgão público, não tem nada q possa ser feito com relação á nossa segurança nesse caso? Ele ja sabe o meu telefone residencial, pq um familiar dele me ligou "pedindo pra eu retirar a queixa", dizer q estava confusa, essas coisas...
Por favor, preciso de orientação!!!

José Ricardo disse...

Melissa, desculpa pela demora em lhe responder. Só agora vi seu comentário. Eu entendo sua preocupação. Mas imagine se todas as vítimas não denunciassem os criminosos? O que seria deste país?

Como policial, só posso lhe orientar a dizer a verdade. O que ele fez com você ele vai fazer também com outras pessoas. A impunidade impulsiona o crime a níveis alarmantes.

Além disso, sugiro que você procure o promotor do caso e, em conversa reservada, diga a ele o que está acontecendo. Talvez o promotor possa lhe ajudar.

Saudações policiais.

PAULO disse...

QUAL É O PROCEDIMENTO QUANDO O POLICIAL CHEGA EM UMA OCORRÊNCIA DE ROUBO E NÃO ENCONTRA O AUTOR DO FATO , SOMENTE É ENCONTRA A VITIMA.

José Ricardo disse...

Conforme o caso, o procedimento é fazer o rastreamento à procura do autor.

FERNANDO disse...

QUAIS AS OCORRÊNCIAS DE MAIOR POTENCIAL OFENSIVO, QUE OS POLICIAS DEVEM LEVAR PARA A DELEGACIA?

PAULO disse...

ALÉM DO RASTREAMENTO DO AUTOR DOS FATOS,QUAL É O PROCEDIMENTO QUE DEVEMOS TER EM RELAÇÃO AO HISTÓRICO DE BOLETIM DE OCORRÊNCIA.

José Ricardo disse...

Constar no BO que foi feito o rastreamento, constar o que foi levado, qual violência foi usada (arma, agressão, ameaça), características do autor e o que for relevante para elucidação da autoria e materialidade do delito.

josé disse...

quais são os procedimento em uma ocorrência em que a vitima está com lesão grave.

José Ricardo disse...

José, a medida principal é o socorro a vítima. Para saber mais sobre providências e atuações em locais de ocorrência, clique no link abaixo:

* Atuação policial-militar em ocorrências

Anônimo disse...

gosto mt desse site, a cada dia aprendo mais, gostaria de ver um historico de ocorrencia sobre menor no volante evadindo-se da pm

Anônimo disse...

as ocorrências de furto, onde não encontra o autor do fato,tem que dar ciência ao delegado.

Anônimo disse...

QUAL O PROCEDIMENTO QUANDO UMA PESSOA É AMEAÇADA POR UM FAMILIAR, COMO DEFESA, AGRIDE ESSE FAMILIAR QUE O AMEAÇOU E O FAMILIAR FAZ UM BOLETIM DE OCORRENCIA CONTRA ESSA ELE?

José Ricardo disse...

Todas as ocorrências típicas de polícia, como furto, devem ser encaminhadas à delegacia local ou especializada, mesmo que o autor não seja preso ou localizado.
-------------------
Uma agressão (legítima defesa soaria melhor) só é cabível para se defender, mas não de uma ameaça. Agora é comparecer à delegacia e ao fórum quando solicitado e esclarecer os fatos.

Anônimo disse...

queria saber se a vitima de furto ,onde não se acha o autor do fato,querendo ir até a delegacia,teria que ser levada pela viatura ou poderia ir sozinha?

Anônimo disse...

SOU RECEM FORMADO E QUERIA SABER SE NO ESTABELECIMENTO PENAL ,O AGENTE QUE REVISTA O VISITANTE E ENCONTRA DROGAS,NO BOLETIM DE OCORRENCIA,ENTRARIA COMO TESTEMUNHA?

Anônimo disse...

Sim, como testemunha.

Anônimo disse...

sou recem formado e queria saber se no estabelecimento penal ,a policial militar ao efetuar a revista pessoal em um mulher e encontrar drogas,no boletim de ocorrência,entraria como condutora ou testemunha?

Anônimo disse...

quero saber se os boletins de ocorrências de furto ou roubo , onde não se acha o autor do fato ,são assinadas pelo delegado?

Anônimo disse...

QUERIA SABER SE O AUTO DE RESISTÊNCIA É ANEXADO AO BOLETIM POLICIAL?

Marcos disse...

Auto de resistência deve ser anexado ao boletim de ocorrência, pelo menos em Minas Gerais.

brainsstorm disse...

Bom dia. Estou trabalhando como professora de português instrumental na Polícia Militar e gostaria de usar esse texto como orientação para meus alunos.

Obrigada e aguardo resposta.

José Ricardo disse...

Bom dia. Pode sim utilizar o texto como orientação a seus alunos. Fico até feliz por isso. Por curiosidade, gostaria de saber em qual Unidade/Batalhão/Centro você dá aula na PM?

Saudações policiais.

Anônimo disse...

quais os procedimentos em ocorrência que não tem testemunha.

Anônimo disse...

Boa tarde, estou ampliando meus conhecimentos atraves, das seus dizeres, agradeço por isso, parabéns. um feliz 2010.

Anônimo disse...

Boa noite,

Gostaria de saber se é possível fazer um boletim de ocorrencia devido a uma ligação anonima me acusando de um crime no qual não cometi?
Obrigado.

José Ricardo disse...

Poder, pode, mas acho que não vale a pena, a menos que sejam ligações constantes, que lhe estão tirando a tranquilidade.

Anônimo disse...

Caros amigos. Aconteceu um fato estranho em minha unidade. Uma equipe foi solicitada pela vítima para registro de um BO de incendio florestal, sendo este confeccionado e registrado na depol. poucos dias depois um superior passou pelo local e fez outra ocorrencia autuando a vítima mesmo esta apresentando o bo.Pergunto se ist ´e correto.pois já havia uma ocrrencia e o fato estava a cargo da policia civil.

Anônimo disse...

tem como fazer o boletim de ocorrencia sem sair de casa ?????????????

alexandre magno da silva disse...

nos da forças operaçionais nao temos respeito nem pelos nossos superiores hierarguio, nempor colegas, pois quando fazemos atuaçoes como manda o figurino somos repreendido por reporteres direitos humanos, e colegas que gosta de subir nas costas dos parceiros . ¨ O QUE MAIS ME ENTRISTESSE,É SABER QUE AS COISAS BOAS QUE FAÇOÇ NIMGUEM Vê MAS AS RUIM TODOS VÊ..... SGT PM RR

wagner disse...

Bom dia.
Sobre esse tópico de BO sou militar e fiquei com uma duvida, aconteceu um furto de celular e foi acionado a viatura, chegando no local a vitima, já estava mais tranquila e queria dispensar o BO, foi passado para rede e o cpcia do turno falou que como o furto era de ação penal incondicionada ele era obrigado a fazer o BO. Dai minha duvida o crime de furto é incondicionado mesmo. So que a jurisprudencia fala o seguinte:
"O titular deste tipo de ação é o Ministério Público, o qual decide se vai oferecer denúncia, se vai pedir novas diligências ou se vai arquivar a ação (mas tudo depende de decisão do juiz). E não adianta vítima perdoar o acusado, não querer que haja denúncia etc. a vontade da vítima nas APPI’s não vale nada.

A ação nestes casos é indisponível, ou seja, o promotor não pode de jeito nenhum desistir da ação (art. 42, CPP), deixar de atuar durante o processo (no entanto, ele pode pedir a absolvição) ou oferecer acordo ou transação penal (somente quando autorizado pela lei, como na lei 9.099/95)."

Com isso a duvida é a seguinte, não fala que é o policial que não pode deixar de tomar as providencias e sim de quem vai oferecer a denuncia no caso o promotor, sendo a vitima não querendo o BO não vai te fato correto.? Me ajudem ai ... obrigado

José Ricardo disse...

Wagner, como você bem disse, o crime de furto (art. 155 do Código Penal) é de ação pública incondicionada, ou seja, independe de a vítima querer ou não providências. Dessa forma, o correto, o legal, é que o policial faça o registro da ocorrência, prenda o infrator, apreenda os objetos relacionados ao delito, etc.

O oferecimento da denúncia refere-se à fase processual da ação penal. A atuação policial-militar se dá na primeira fase (administrativa), ocasião em que se deve observar, no que couber, o art. 6º do Código de Processo Penal:
Art. 6o Logo que tiver conhecimento da prática da infração penal, a autoridade policial deverá:
I - dirigir-se ao local, providenciando para que não se alterem o estado e conservação das coisas, até a chegada dos peritos criminais;
II - apreender os objetos que tiverem relação com o fato, após liberados pelos peritos criminais; (Redação dada pela Lei nº 8.862, de 28.3.1994)
III - colher todas as provas que servirem para o esclarecimento do fato e suas circunstâncias;
IV - ouvir o ofendido;
V - ouvir o indiciado, com observância, no que for aplicável, do disposto no Capítulo III do Título Vll, deste Livro, devendo o respectivo termo ser assinado por duas testemunhas que Ihe tenham ouvido a leitura;
VI - proceder a reconhecimento de pessoas e coisas e a acareações;
VII - determinar, se for caso, que se proceda a exame de corpo de delito e a quaisquer outras perícias;
VIII - ordenar a identificação do indiciado pelo processo datiloscópico, se possível, e fazer juntar aos autos sua folha de antecedentes;
IX - averiguar a vida pregressa do indiciado, sob o ponto de vista individual, familiar e social, sua condição econômica, sua atitude e estado de ânimo antes e depois do crime e durante ele, e quaisquer outros elementos que contribuírem para a apreciação do seu temperamento e caráter.

Anônimo disse...

boa sgt,esse site do senhor,vai me ajudar muito,porque estou iniciando a carreira,queria pedir se tem como o senhor colocar BOPM da polícia rodoviaria,se conseguir mande p meu imail fabionunesnicoli@hotmail.com ,vou recomendar esse site para meus amigos, como eu recem formados

wagner disse...

Bom dia,
Estou muito agradecido ao senhor, pq foi o unico que explicou esse assunto de ação penal incondicionada com embasameto.
Tenho o senhor e a pagina como meu guia de atuação nas ruas leio tudo que sai e copio tudo para meu arquivo pessoal.

Muito agradecido

José Ricardo disse...

Wagner, são esses tipos de comentários que me animam a continuar mantendo o Universo Policial. Muito obrigado e grande abraço.

daniel disse...

Boa noite José Ricardo e a todos os internautas que acessam este sitio. Estou com um problema sério no local onde trabalho pois trabalhava em cidade grande e fui destacado. Nesta cidade não tem delegacia de polícia a qual a polícia militar deve encaminhar seus presos e objetos apreendidos. A delegacia mais próxima fica à 110km de distância e a estrada até ela é toda esburacada, o combustivel da viatura é escasso. Diante do exposto pergunto. O que fazer com crimes de menor potencial ofensivo e contravenções penais tais como: ameaça, agressão, agressão decorrente de embriaguêz. Posso eu como policial militar não efetuar a prisão/condução dos autores?

Anônimo disse...

Bom dia!
Em princípio, gostaria de parabenizá-lo (s) por este canal.
O meu questinamento é o seguinte: meu marido se envolveu num acidente de trânsito, ele dirigia um ônibus, quando, ao fazer uma curva, atingiu um pedestre, o qual foi socorrido inconsciente. Durante a ocorrência, uma mulher ligou para o celular da vítima, e após o policial relatá-la o ocorrido, a mulher disse ao pm que a vítima (um homem), estava bebendo com ela em um bairro distante do local do acidente, antes do acontecimento. Diante disso, pedi aos policiais que relatassem no b.o. esta informação, ou seja, que dissessem que uma pessoa ligou, que eles atenderam e a pessoa prestou a informação de que a vítima estava alcoolizada. Entretanto os pms se recusaram a relatar tal informação no b.o. sob o argumento de que não era relevante e que não prova que a vítima estava embreagada. Eu insisti que tal relato será importante para um possível processo judicial, mas ao perceber que a agente policial estava alterando o tom, preferi não piorar uma situação que já é tão difícil. A atitude dos agentes policiais de não relatarem um fato presenciado por eles, que será importante adiante, foi correta? Se o foi, fundamentando em quê? Ficarei grata pelos esclarecimentos.

Bruna

Anônimo disse...

se a vitima de furto em estabelecimento comercial não quizer ir para a delegacia registrar a ocorrencia o que deve ser feito ja que esse crime e de ação penal publica incondicionada....a vitima deve ser presa?

Anônimo disse...

qual site eu posso descubri se um veiculo tem queixa de roubo ou boletim d ocorrencia?

Anônimo disse...

Boa noite!
Gostaria de saber, acompanhei minha mãe ao Ministério Publico para esclarecer alguns fatos relacionado a maus-tratos praticado por minha irmã, logo fui surpreendida pelo Promotor que havia junto ao processo um boletim de ocorrência contra mim feito pela minha irmã, só que não fui notificada pela delegacia para me defender, isso por que às denuncias são falsas. Pergunto; não é de responsabilidade da delegacia ouvi as duas partes?
Pode a reclamante levar ao Ministerio Publico sem que outra parte se defenda? O que posso fazer já que não anotei o número da ocorrência.
Obrigada pela atenção.

Anônimo disse...

boa tarde, fiquei sabendo que existe um programa onde podemos treinar o reds, alguém poderia me explicar onde eu o baixo? ou qual caminho sigo para acessá-lo caso ele esteja na intranet?

Anônimo disse...

Bõa Noite!!!!!
Trabalho no comércio e un determinado clinte fez a proposta de cartão de credito e a mesma foi repassada para a prestadora do cartão,que recusou alegando restriçõs no spc foi informada para a cliente sobre o fato,a mesma queria informaçõs por escrito,eu a orientei que procurasse o orgão que havia negativado o nome dela.
Ela não conformada retornou a loja acompanha de um policial militar que chegou tentando me intimidar para q eu mostrasse a ele qual a loja q havia negativado o nome da suposta clinte.Bom a minha duvida é a seguinte?
Qual a autoridade dele neta situação ele ten este direito? sendo q ten un orgão para o clinte fazer suas consultas, e claro que me neguei a fazer o q ele queria,ate porque não foi a minha empresa que negativou o o nome dela no spc e sim outra empresa.Obrigada.

Anônimo disse...

BOA TARDE, GOSTARIA QUE ALGUÉM ME TIRASSE A DÚVIDA SOBRE OS CRIMES DE MENOR POTENCIAL OFENSIVO,PODE O POLICIAL MILITAR DAR VOZ DE PRISÃO EM FLAGRANTE AOS AUTORES, OU O CORRETO É DIZER QUE FORAM APENAS CONDUZIDOS A DEPOL.

Anônimo disse...

BOM DIA SE EU FOR FORAGIDO DA JUSTIÇA POSSO FAZER OCORRENCIA DE TRASITO

Anônimo disse...

quero parabenizar sua iniciativa em dividir seu rico conhecimento nessa área, para que cada vez melhor possamos desempenhar nossa atividade policial. Parabens.

Anônimo disse...

Gostaria de saber como proceder com vizinho que joga lixo em frente de casa e animais mortos e pedras e garrafas no meu quintal e piscina. Eu sei que são eles pois já ví e não tenho desafetos. Obs:Logo após se mudarem para cá passavam a noite e dia com som muito alto e os vizinhos não gostam e chamam a policia ou postura, por acharem que sou Eu que chamo eles fazem pirrassa mas só pelas costas. tenho duas crianças e fico preocupadas com elas pois não sei do que eles são capazes.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se um policial ou agente de trânsito pode autuar um veículo por testemunho de terceiros no cometimento de infração ou crime de trânsito.

Anônimo disse...

Boa tarde Srs.

Gostaria de saber como faço para agilizar a liberação de um Boletim de Ocorrencia. No último dia 14/04/2010 tive um acidente de transito sem vítimas com um motorista de caminhão. Fizemos o boletim de ocorrencia juntos e ambos assinamos. Para que eu possa acionar a seguradora preciso do B.O., porém hoje dia 26/04/2010 ela ainda não está pronta. A cada ligação que eu faço ao posto policial ou apareço lá para retirar sempre me dizem para ligar mais tarde ou aparecer no dia seguinte.

Quando fiz a ocorrencia me informaram que são 7 dias para liberar. Fui no posto policial no dia 21 e me disseram então que seriam 7 dias úteis. Voltei novamente no dia 23/04 e novamente hoje dia 26/04 e não consegui a cópia do meu B.O.

Dependo do meu carro para trabalhar e por conta deste descaso estou parado, como faço para conseguir ajuda? Tem algum órgão que fiscaliza isso?

Silvestre disse...

Companheiro Daniel, nessa situação você não pode , nem deve ser o culpado pela precariedade do Estado em relação à segurança pública; então no caso de uma briga sem maiores problemas de agressão.Deve-se separar os envolvidos e sob presença e ssinaturas de três testemunhas liberar os envolvidos sob alegação de que não há onde nem como apresentar os infratores.

Anônimo disse...

Bom Dia!
Gostaria de saber se eu posso retirar uma queixa que naqual ela já estar prestes a ir para audiencia,estou com medo do pior acontecer comigo,sei que o acusado talvez nem se lembre de mim,mais tenho medo que ao sair do forum de certa forma alguem me siga e tente fazer algo!
Gostaria que respondesse ainda esses dias não sei mais o que fazer!

Anônimo disse...

porque samos cobrados de todas as formas sem poder errar,mas nossos direitos não são dados corretamente,tipo promoção no tempo certo.trabalhamos direto com a criminalidade nas ruas,e somente quem trabalha em gabinetes,ou internos são beneficiados.PM DE SÃO LUIS COM 20 ANOS NA RUA AINDA E SOLDADO MUITOS RECRUTAS COM APENAS 3,5 ANOS JA SÃO CABO,SGT SEM NEM UMA ESTABILIDADE

Anônimo disse...

boa tarde, minha esposa, me expulsou de casa, somos casados legalmente, e ela nao esta deixando eu ver meu filho, posso fazer um b.o sobre isso? e como eu descubro se ela fez um b.o sobre abandono de lar?onde eu posso verificar?

Anônimo disse...

Depois de ser agredido, quanto tempo tenho para registrar um boletim de ocorrência?

3º Sgt Pm Cananda disse...

Meus amigos policiais militares. Não sigam o conselho deste idiota que manda escrever no BO palavras como
Substância esverdeada semelhante à maconha e
Pó branco semelhante à cocaína.No ordenamento jurídico não existe prisão por suspeição. Nós, funcionarios encarregados de cumprir a lei conhecemos perfeitamente o que é droga. Ora, qual individuo delinquente tremendamente imbecil que iria portar por ai uma substancia similar a droga verdadeira. Dêem um basta nestas idiotices que andam escrevendo neste site. Não escrevam no BO o que depois será motivo de chacota para Advogados, Juizes, Promotores etc...

Rafael Denardi disse...

Boa tarde, eu tenho uma dúvida semelhante a de um colega que já foi respondida, mas vou abordar de outra forma, uma ocorrência de roubo, consumada, a guarnição é despachada e ao chegar no local os elementos ja empreenderam fuga, não é possível localizar eles, na hora de confeccionar o BO-COP a vitima não quer fazê-lo por medo de represálias, é lavrado o BA, no BA consta que a vítima não quis que fosse feito o registro por medo, é pego sua assinatura para possível amparo,e então NÃO é feito o COP, a guarnição está sujeita a sanção disciplinar?

Anônimo disse...

Boa tarde...sofri um acidente de moto indo pro meu trabalho,e ao fazer uma curva, derrapei e caì onde sofri uma fratura no ombro esquerdo.Meu emprego não está querendo abrir o CAT por eu usar V.transporte.Não foi feito b.o, pois quem me ajudou no momento, ligou para meu esposo que veio me socorrer. O acidente ocorreu no dia 27/06.Gostaria de saber se é possível fazer o b.o somente agora como a empresa está exigindo e se isso me prejudicará em algum sentido. Grata, Kelly.

Anônimo disse...

como faso para dirar a ocorrecia de perda de carteira

Anônimo disse...

Semanas atrás foram roubados Televisores da empresa em que trabalho, sendo que só eu e o guarda tinhamos as chaves do local. Ocorre que, a chefia de segurança fora chamada e registrado o boletim. Hoje fui chamada a delegacia e me fizeram assinar um termo de suspeita pelo roubo e com ordem de revistar minha casa. Pergunto, eu deveria ter assinado esse termo sem presença de advogado?? meu nome será incluso nos antecedentes criminais?? o que posso tomar de decisão contra a empresa por me acusar sem provas?? Aguardo e agradeço antecipadamente.... Carla

Elza Santana disse...

Boa noite ,
Por favor pode me ajudar com uma duvida .
Tinha um carro no ano de 2007 ele foi roubado , ele ficava o tempo todo com um ex namorado , entao o mesmo foi roubado na frente da casa dele , segundo ele ele ligou para a delegacia e fez o BO , como eu procedo ? tenho que ir na delegacia saber se realmente tem esse BO , porque constei o site do detran pelo renavam e nao existe quixa de roubo , se nao tiver posso fazer o BO com data retroativa , me ajude por favor . Grata Elza

Anônimo disse...

Depois de registrado um boletim de ocorrencia contra uma pessoa, quanto tempo o mesmo demora para ser intimado?

Anônimo 2 disse...

Conheço uma pessoa q facilitou o roubo a uma residencia... ele, por ser um conhecido da familia, fez c que abrissem a porta e ai "assaltantes" entraram... a pessoa citada não entrou na residencia, nem estava armada. Esta pessoa está sendo indiciada por roubo majorado (acho q é isso), gostaria de saber qual a pena q ele pode pegar? E sse condenado, sendo q ele não tem antecedentes criminais, tem emprego e residencia fixa,e boa conduta perante todos, pode ser dada alguma pena alternativa (atenuantes)???
Tendo apenas uma pessoa o visto, pode-se dizer q é a palavra da pessoa contra a palavra dele.. e ele ser inocentado se conseguir hálibes q o tirem da cena do crime??? Desde já Agradeço...

Anônimo disse...

fui contrangido no trabalho pelo dono da empresa e dispençado no mesmo dia devo fazer ocorrencia antes de procurar meus direitos

Anônimo disse...

um policial militar, pode fazer ocorencia na cidade que ele nao esta atuando

Célio Murilo disse...

Parabens pelo Site, muito esclarecedor.

Anônimo disse...

BOA NOITE !

COMO FAÇO PARA ME INFORMAR SOBRE O ANDAMENTO DE UM B.O ?
EXISTE ALGUM SITE ONDE SE PODE FAZER CONSULTA ?

OBRIGADO

Anônimo disse...

boa tarde fiz um Bo de um furto e eu não quiz que a pessoa foçe praza ai eu fiz um acordo com esse pessao e ela falou que iria pagar qual e o prazo que tenho para ir nos devidos fins abri o processo para que o juiz fale o prazo que essa pessoa tem que pagar

Anônimo disse...

Estou entrando agora para a corporação no estado de Rondônia e quero de parabenizar o site pelo apoio com relação ao B.O é de suma importância para nós Policiais Militares saber redigir um B.O de boa qualidade. Obrigado!

Jasson Bruno disse...

o que fazer quando ao atender a uma ocorrencia,fazer todos os procedimentos no padrão,chegar na delegacia e se deparar com ela vazia,sem nenhum policial civil para que se possa fazer a apresentação dos envolvidos???

DA SILVA disse...

Oi! Venho acompanhando há algum tempo o blog UNIVERSO POLICIAL. Fico feliz porque pessoa como vcs esclarecê dúvida e fatos do dia a dia de policiais. Que em 2011 possamos vivenciar mais e mais nossa luta por maior dignidade e salário.

Alexandre lima disse...

Para retirar segunda via de documentos extraviados por meio de ação criminosa, o B.O. tem validade? Uns falam em 180 dias a contar do dia de emissão. Preciso retirar a segunda via de um documento q foi roubado a 1 ano e mei e tenho o B.O. deste caso, ñ pude tirar essa segunda via na época. Porém preciso dele agora. Esse B.O. ainda vale?

OBS.: ñ tenho como tirar outro B.O pois o fato aconteceu a 1 ano e meio e ñ quero mentir para ñ me comprometer. Como fica minha situação? o ducumento em questão é o Certificado de alistamento. obrigado

Anônimo disse...

tem prazo de validade um BO?
obs; perdi meus documentos tenho quantos dias para tirar?

Anônimo disse...

Estou sendo ameaçado de morte pelo meu próprio pai....devo fazer um boletim de ocorrencia?

Anônimo disse...

Estando com uma ocorrência para ser encerrado na Delegacia da Polícia Civil e o Delegado recusa a receber ou fica protelando para encerrar o BO. Pergunto se posso encerrar no Ministério Publico Estadual e se encontro amparo jurídico para esse ato.

Anônimo disse...

Olá!
Estou precisando de uma doutrina legislativa, pois bem, narrarei a história:
Entrei em sociedade com um rapaz de uma funilaria em minha cidade, ouve o depósito em conta mais nem um contrato das partes, pois nos baseavamos na confiança, eis que a sociedade não deu certo, o rapaz de indole duvidavel, me pagou apenas metade do que devia, e em acordo com o sujeito esclarecemos que ele me pagaria x quantia por mês sem juros, porém não efetuou os pagamentos.
Posso fazer um boletim de ocorrência relatando os fatos e entrar com um processo civil? ou vocês teriam um modo mas plausivel para finalizar está história?

Anônimo disse...

oi,aconteceu uma coisa mto chata comigo e queria saber oq fazer,meu ez namorado n aceitando o fim d relacionamento resolver me defamar escrevendo um email pro meu atual namorado dizendo coisas horriveis a meu respeito e ainda por cima como se n bastasse colocou uma foto minha nua.,depois d todo constrangimento q isso me causou ele ainda escreveu ao me namorado q esta arrependido ,mas meu namorado quer q eu denuncie,q faço ,só queria esquecer tudo isso...obgada

PATRICINHA disse...

esta policia militar da bahia e uma b bbbbb ta nao respeita os compaheiros nao tem diciplina e morre de medo de bandidos quem manda nos bairros sao os traficantes na policia militar de mg quei manda e a pm algun representante do governo tem que tomar uma medida rapida ass.opm de minas.

Anônimo disse...

Meus Caros amigos Aqui em MG temos várias cidades utilizando um programa de registro de ocorrências muito eficiente rapído chamdo de FARO e agora chamado de FAREI Ferramente de Automação de Relatórios Inteligentes, Isso esta agilizando muito meu trabalho pois ele elabora diversos relatórios, graficos é o céu.

Anônimo disse...

Adriano: Após representar um BO de Ameaça entre parentes, as partes envolvidas entraram em acordo e resolveram o problema. Porém agora os acusados foram notificados a comparecer no Distrito Policial possivelmente para responder a acusação feita pela vitima. A Vitima quer saber se pode retirar a queixa, e se os envolvidos serão afetados mesmo retirando a queixa.
A vitima não quer que os acusados sejam prejudicados no futuro com o Histórico do Boletim que foi representado, pois como parentes isto causa muito desgaste.

O que se deve fazer.

Micheli disse...

Ola precisei fazer um boletim hj,mas fui negada.Pois a pessoa q eu queria fazer a queixa é um bandido,e os policiais de minha cidade tbm tem o rabo sujo com ele!Entao liguei no 190 e pedi q viesse uma viatura ate minha casa,pois esse cidadão tinha tentado me agredir,e me disse palavras horrorosaa,e ainda me ameaçou com um revolver!Ele é ex marido de minha irma.Ja estao separados ha algum tempo,e me viu na rua achando q era a ex dele e começou a perseguir!!!
Mas,o fato q eu estou mais indignada,é q eu chamei o 190 minha cidade é uma cidade pacata,menos de 9 mil habitantes,eles demoraram 1 hs e meia p chegar aqui sempre q gastaria no maximo 5 min.Mas eles nao quiseram fazer meu bo,pq eles tiveram antes com o bandido e ele contou a versão dele.O Pm ja chegou na minha casa alterado comigo!Pq tos tem medo desse cara.Eu não!Eu pensei q ele viria p me defender,e pelo menos fazer meu bo.Mas,nao me chingou e disse q o cara estava certo!Eu entendo mto pouco disso,pois nunca preciso,Mas Quero saber onde devo ir,procurar alguem.Pois eu acho q é meu direito fazer o boletim,Sou uma pessoa do bem.Trabalho honestamente todo dia!Nunca robei,nunca matei,nunca trafiquei nada!Só trabalho e quero ser respeitada!falei p o Pm,q ele estava errado de ficar do lado dele,pois ele sabe q ele é um bandido,Ainda me ameaçou com uma arma,e os policiais ainda me chingaram!!!estou desesperada em saber q quem deveria fazer minha proteçao,como o meu direito!Fica do lado do bandido!Que rouba,trafica drogas!Agente fica sem saber,aonde recorrer!Espero uma resposta de vcs,pois eu quero e exijo q eles façam o papel deles direito!q é zelar pela integridade fisica de nos seres humanos do bem!!!!Me da uma luz,me diz onde devo ir primeiro!!!Por favor!eu nao posso deixar isso continuar aconteçendo como se eu nao fosse ninguem.e eu nao estivesse vendo!!!Aguardo resposta!obrigado!!!

Anônimo disse...

Ola, violentamente roubaram minha moto sei que tenho que ir ate a delegacia para fazer o boletim de ocorrencia qual o periodo que tenho para fazer isso(B.O.) apos o roubo?

Anônimo disse...

Boa tarde,gostaria de saber quanto tempo leva para chegar uma citação de uma ocorrencia sobre pertubação onde o réu alega está recebendo ligações restritas,mas a pessoa não fala nada,tem como na delegacia descobrir quem está ligando e qual é a pena para isso?Obrigado.

Anônimo disse...

gostaria de saber como faço em caso de sinistro com veiculos,tem como fazer o B.O. depois do ocorrido. OBS:Foi ocorrido em outra cidade e em final de semana e já foi acionado a seguradora.

Anônimo disse...

Sou caixa em um banco e passei dinheiro a maior para uma pessoa. A gravação atesta minha informação. O mesmo não quer devolver. Posso fazer um BO?

Anônimo disse...

Boa noite estou com um problema e preciso resolver o mas rápido possível, por favor me ajuda.
Eu tive meu celular furtado no estabelecimento que eu trabalhava e fiz um BO contra os dois rapaz que trabalha la um é esposo da minha tia e outro apenas colega, o agente fez o BO colocando eles com suspeito, mas descobrir que não foi nenhum dos dois fui la no outro dia e pedir para retirar a queixa e eles escreveram no papel la e mandou eu assinar como se eu ja tivesse retirado a queixa so que depois de algum tempo mandaram eu ir la e disseram que não podia retirar a queixa, mas eu pedir em depoimento para desconsiderar os suspeito o escrivão digitou tudo normal la e disse que tava tudo bem, agora mandaram eu comparacer na delegacia denovo o que devo fazer pq toda vez q eles me chamam, chama tabem os dois rapazes e eles ficam chateado o que faço para resover isso por favor me ajuda.

gustavo disse...

Inicialmente parabéns pelo artigo, gostaria de cita-lo em minha monografia mais não achei no site a referencia. Quem é o autor?
obrigado

gustavo disse...

Inicialmente parabéns pelo artigo, gostaria de cita-lo em minha monografia mais não achei no site a referencia. Quem é o autor? quem souber favor me enviar por e-mail gustavo.o.lopes@hotmail.com

obrigado

Anônimo disse...

Olá, o texto é muito bom, e gostaria de saber as referências dele! Obrigada

Anônimo disse...

Olá!
Fiz uma ocorrência de roubo, porém a pessoa acusada mudou de endereço, devo informar o novo endereço na delegacia?

Marco Duarte disse...

Olá!
Minha vó foi vítima aparentemente de uma fraude. A empresa responsável pela lesão a ela está situada em Guarulhos porém moramos em São Paulo. Temos de ir em Guarulhos para registrar uma queixa (abrir um b.o.)? Que é o que foi nos aconselhado para dar continuidade ao processo! Ou posso registrar um boletim de ocorrência em qualquer delegacia?

Abraços e no aguardo.

Anônimo disse...

posso mudar um boletim de ocorrencia sendo eu a vitima?

Ana Ribeiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

A irmã da minha namorada não gosta muito dela, ela é uma pessoa que não se tá bem com ninguém só aquele que tem a vida do crime, ela morava em santo e agora está em minha cidade para resolver alguns problemas de papel. Ela já bateu na minha namorada e ameaçou que antes de ir embora para outro país ela vai fazer uma coisa muito pior com ela. A pergunta é oque posso fazer para que se ela quiser fazer alguma coisa com ela?

Anônimo disse...

BOM DIA!
FIQUEI MUITO FELIZ POR ACHAR ESTE BLOG,SOU PM (17 ANOS)E AINDA TENHO ALGUMAS DÚVIDAS A RESPEITO DO SV.PARABÉNS....

Anônimo disse...

ola boa noite sou cb da pm do rn queiro parabenizar o sgt luciano por estes esclarecimento a respeito de como fazer um bo isso e muito inportante bem sabemos que tem muito de nossos companheiro que estâo chegando agora que precisan terem essas informaçâo que sâo de grande valia esta de paraben

Anônimo disse...

Por favor amigos sou cabo da PMPE, gostaria de saber se alguén tem o formulario do B.O para que eu possa salvar para uso pessoal?

Anônimo disse...

Boa noite,

moro em casa de fundo, não tenho garagem, e uma das casas que não tem garagem a vizinha se acha dona da rua, área em que esta em frente a sua casa. Durante 5 anos ouço piadas e palavras do tipo folgado e etc.

Acontece que hoje meu carro estava com dois sacos de lixos, e o irmão da vizinha perguntou se eu não iria tirar o carro de lá, que iria conversar comigo depois.

Hoje o meu carro quebrou a correia e descarregou a bateria, e como estou sem verbas até agosto/setembro, queria saber o que eu posso fazer para tentar evitar das discussões chegar a virar agressão.

Resumindo, deixei o carro em local que não é guia rebaixada e local iluminado, e não consigo fazer nenhum bo, porque os investigadores falaram que não podem fazer nada, eu preciso ser agredido ou agredir alguém para que o BO seja feito.

Agora tenho o nome da pessoa que colocou lixo, testemunha, e nada pode ser feito, ficamos de mãos atadas.

Marcelo Oliveira
oliveira.mrw@gmail.com

Anônimo disse...

Oque fazer qdo filhos dos vizinhos, todos os dias jogam pedras em meu quintal, a ponto do meu filho pequeno nao poder andar de velotrol no corredor? Se eu fizer um B.O adianta alguma coisa, pq os pais nao estao nem ligando.Dao risada da minha cara.Aninha

Anônimo disse...

Trabalhei em uma casa e cometi um furto ,houve B.O ,não fui levada a delegacia,na presença dos policiais me comprometi a devolver o que tirei e assim o fiz,na hora da ocorrência a dona da casa disse que tiraria o B.O mas assim que devolvi o que tirei ela se negou a retirar a queixa.Gostaria de saber o que vai acontecer agora.

Anônimo disse...

posso fazer um boletim 20 dias depois do acontecimento?

Anônimo disse...

Bom dia, gostaria de saber qual providencia devo tomar, pois um site golpista em que vende o produto mais ele nunca é entregue, pegam o dinheiro mais não entrega o produto, voce poderia me ajudar? Laryssa.

Anônimo disse...

Gostaria de saber quanto tempo tenho para retirar uma queixa e se posso retirar, contra assedio moral. Obrigada

Anônimo disse...

quero denunciar uma pessoa como faço isso pela internet sem que me peça meus dados

Iurem disse...

Se alguém fizer um B.O contra mim, eu vou receber uma intimação para comparecer a delegacia em quanto tempo?
e se o documento chegar na empresa que eu trabalho, e eles não me entregarem esse documento, o que acontece? muito obrigado.

Anônimo disse...

Bom dia,

Gostaria de saber se tem prazo para fazer o B.O de acidente de transito, pois, sofri um acidente de moto e fiquei 3 meses em casa, porem não consegui fazer o B.o, será que ainda da tempo de fazer?

Anônimo disse...

Olá,tive meu carro furtado ha 7 dias, fiz o meu B.O.num plantão policial no meu bairro,fizeram um B.O.manuscrito, pois no momento não tinha ninguém habilitado p fazer o digital,no dia seguinte veio a minha casa o sargento com o B.O.digitalizado, mas com diferança no texto na qual havia relatado,pedi p fazer esta alteração,já faz uma semana e até agora n foi feita a alteração,pois n sabem como fazer essa retificação, preciso da versão correta p dar entrada no seguro já q meu carro n foi encontrado.Gostaria de alguma orientação. Grata Patricia

Anônimo disse...

sumiu uma nota fiscal minha e só há uma pessoa que suspeito possa ter tirado embora eu reside com outras. como faço para declarar este furto ?

Anônimo disse...

eu estou recebendo ligacoes anonimas ameacando em vir ate
meu escritorio e meter bala em todos que estiverem no
local ,eu ja fiz bolerim de ocorrencia ,gostaria de sabem quais mais providencia devo tomar

Anônimo disse...

olá, estou fazendo um trabalho escolar, e gostaria de saber qual o procedimento e as leis, que dizem sobre legitima defesa. Obrigado e aguardo resposta breve.

lenir disse...

gostaria de pedir ajuda sou comerciante do centro minha banca foi assaltada ja varias vezes.
por estes pessoal que fica desocupados a .noite aqui em volta meus vizinhos tambem. quebram vidro e um abuso total voce ate sabe quem e mais nao pode fazer nada .

Anônimo disse...

quanto tempo leva uma ocorrencia na delegacia.

Anônimo disse...

Por favor, gostaria de saber qual o prazo máximo para dar entrada em um B.O após o incidente de roubo (por pessoa conhecida). Isso aconteceu há quase 3 meses e a princio eu não julguei necessário, mas agora acho que seria bom ter essa prova na minha mãe para evitar problemas futuros.

Anônimo disse...

UM BO POSSUI VALIDADE? ELE GERA ALGUM REGISTRO, OU IMPLICAÇÃO JUDICIAL?

Anônimo disse...

uam pessoa fez um boletim de ocorrencia contra a minha pessoa dizendo que eu havia ameaçado ela de morte, só que no dia e hora que ele relatou no B.O, eu posso provar que estava trabalhando. Nesse caso o que devo fazer para essa pessoa não utilizar mais dos meios publicos e policial para me prejudicar ?

Anônimo disse...

boa tarde
venho atraves desta parabenizar pelos comentarios que tem feito
e tanben quero saber como fasso um b o de perca de lacre de uma placa de um caminhão
pois estourou o pneu e a placa e o lacre sei la onde foi parar

Anônimo disse...

Boa tarde:

Gostaria de saver se eu posso fazer uma ocorrência referente a um problema relacionada a uma COMPRA VIRTUAL...
A loja se encontra aí em SÃO PAULO - uma história que está rendendo meses; fiz BO em uma delegacia na cidade onde resido/fui ao MINISTÉRIO PÚBLICO/PROCON/e em sites de RECLAMAÇÕES.
Sei que outras pessoas passam por problemas nesta mesma loja!
Serei bastante grato se puderem me ajudar.

Obrigado,
Rodrigo O. Rosa (Porto Alegre)

rodrigo_art@live.com

Anônimo disse...

PRECISO DA diao/2010,ONDE POSSO PROCURAR?

Anônimo disse...

Gostaria de saber se ainda posso dar entrada em um BO pois fui agredida verbalmente e também por agressão física no dia 03/11/2011(quinta - feira) por uma pessoa que trabalha comigo e só teve uma testemunha na hora da agressão física, mas as outras pessoas que estavam no local me aconselharam a não dar entrada no BO e outras sim mas eu na hora pensei que esssa pessoa se mostra vingativa e temi em fazê-lo mas a minha coordenadora me pediu para fazê-lo.Ainda tenho tempo de ter esse documento em mãos?Me ajude pois nunca passei por esse tipo de situação.

Anônimo disse...

oi boa tarde,gostaria de aproveitar este espaço e fazer uma pergunta.Fizeram um B.O contra minha pessoa,chegou a intimaçao na minha casa (carta precatoria)mas nao tem dizendo quem fez esse B.O,so no dia eu ir a delegacia q fico sabendo quem fez?ou tem como saber antes?

Anônimo disse...

GOSTARIA DE SABER SE POSSO CONSULTAR BOLETINS DE OCORRENCIAS AQUI PELA INTERNET??? AGUARDO CONFIRMAÇÃO...

Edney disse...

boa tarde, gostaria de saber se um crime contra honra por exemplo, mesmo a vitima nao querendo registrar um bo, mas algum parente o querendo, a policia tem a obrigacao de registra-lo ou somente com a presenca dessa vitima? qual fundamento jurico?

Anônimo disse...

NA RUA ONDE EU MORO EXISTEM DOIS TRAFICANTES FORTES,E QUE DURANTE TODO O DIA TEM MOVIMENTO NA CASA DELES .PARA CHEGAR ATÉ ESTA CASA SOBE UMA PEQUENA ESCADA,ONDE PASSA OUTROS MORADORES,PESSOAS DE BEM.MAS INFELIZMENTE DE´PAREDE-MEIA COM ELES TEM UMA FAMILIA QUE ESTA SENDO PREJUDICADA POR ESTE MOVIMENTO (TRAFICO DE CRCK)E ATÉ CORRENDO O RISCO.É ULTIMA RUA DO BAIRRO PARQUE INDEPENDENCIA PROXIMO A TORRE.PEÇO AGILIDADE POR FAVOR CORREMOS GANDES RISCOS.JUIZ DE FORA-MG

Anônimo disse...

com b.o. perde a cnh provisoria ?

Anônimo disse...

Como eu faço para tirar uma 2 via do BO, pois não o encontro. Agradecido.

Anônimo disse...

Bom dia queria saber quanto tempo vale o BO para fazer aqueixa na delegacia de P.CIVIL. OBJ.

kyoko sakaguchi disse...

Boa tarde.
Gostaria de saber se é preciso de testemunha para fazer um B.O. No meu caso seria por agressões físicas seguidas de ameaças.

Anônimo disse...

Olá amigo, no caso de uma ocorrência em que o autor resiste a prisão, tentando contra a vida de um militar com um facão, onde em legítima defesa o militar atira e mata o indivíduo, a natureza deverá ser resistência seguida de morte ou homicídio?

Cb PM Wadson - Araguaína-To

Anônimo disse...

olá, fiz um b.o. à um tempo atras e agora quero retirar a queixa. Como devo fazer? E o que pode acontecer se eu não retirá-la?

Anônimo disse...

qualquer pessoa pode solicitar um BO para fins comerciais ou seja cobrar pelo serviço?
desde já agradeço à atenção.

Anônimo disse...

Boa tarde,
Ha 3 meses fiz um BO de ameaça do vizinho, pq ele e a esposa me acusam de ter feito algo que não fiz e no auge da discussão houve a ameaça,porém a acusação não consta no BO, gostaria de saber quais são as consequencias qdo eu reapresentar pois soube que ele já tem um processo.

Grata

Anônimo disse...

eu preciso ter o endereço da pessoa q quero abrir o boletin de ocorrencia para abrir o boletim contra ameaça

gil disse...

como tiro um BO de um fato acontecido em 1992 estou precisando desse documento´,,, como faco

Anônimo disse...

bom dia desde já agradeço pela atenção !
gostaria de umainformação,sofri um acidente de moto sozinho e uma curva chei de oleo no dia 17 de dezembro i com td tive uma fratura no braço que foi preciso internação para procdimento cirurgico i colocação de pinos, por tanto não foi feito boletim de ocorrencia até o momento,gostaria de saber se é possivel ser feito ainda i qual o procedimento que tenho que fazer para dar entrada no dpvat! obrigado!

Anônimo disse...

Boa tarde,eu gostaria de saber como devo agir contra uma pessoa que esta me difamando dizendo que tenho casos com o marido dela e tambem diz que tudo que acontece de ruim com ela e por minha culpa,estou me sentindo muito mau com tantas mentiras ao meu respeito.Por favor me ajudem.

StephanieJV disse...

Olá!ontem fui furtada em pleno carnaval e consegui recuperar meu celular e prenderam a pessoa que cometeu o ato. o reconheci e prestei ocorrencia junto a delegacia. Hoje não tenho certeza se foi mesmo esse rapaz ou se quero acusá-lo. Tive que reconhecê-lo acho que por um pouco de pressão dos populares que estavam a volta. bom, existe a possibilidade de eu retirar a queixa??? desde já agradeço a ajuda.

Anônimo disse...

gostaria de saber, se quando é feito um boletim contra alguém, se fica marcado no nome da pessoa, e se isso prejudica na vida profissional dessa pessoa?

Anônimo disse...

Gostaria de saber porque os agentes de transito fazem "multas" em motos que se encontram sem habilitação, sem documento algum, sem capacete, sem nada, e NAO PRENDEM a moto? Porque as "multas" aparecem mas os infratores continuam circulando normalmente??????? Ate quando vai isso????? Sobre a moto? ERA de Soraia placas DHL 3156 twister preta Valinhos, mas foi vendida e quem comprou Rafael de Melo Lopes e NAO tranferiu! Pra que serve comunicar venda e bloqueio no DETRAN? Pra que serve recibo datado, assinado e reconhecido firma? Pra que serve falarmos DEMAIS sempre a mesma coisa e continuarem mandando multas nesta moto? Porque esta moto moto NAO foi presa ainda???????
OU SERA QUE ESTAO INVENTANDO MULTAS??????

Anônimo disse...

Gostaria de saber se por acaso voce discutir com "alguem" no transito sem saber que esta pessoa é um PM, e logo depois começar a aparecer multas indevidas pra voce é normal?

Sim porque uma pessoa discutiu com um sr de um fox prata placas DNT 6760 de Campinas, e dai em diante COMEÇARAM A VIR MULTAS INDEVIDAS E SEM PARAR, UMA ATRAS DA OUTRA na MOTO DHL 3156 de Valinhos.

"MULTAS ESTAS" que NAO tem cabimento., pois "SE PEGAM A PESSOA SEM HABILITAÇÃO, SEM O DOCUMENTO OBRIGATORIO, SEM CAPACETE o MINIMO que este agente de transito DEVERIA fazer é de PRENDER a moto... OU É MAIS UMA INVENÇÂO DESTE AGENTE DE TRANSITO???????????

Eu queria ter CERTEZA se este agente de transito é agente DO BEM ou um bandido??????

Anônimo disse...

ola como faço pra denunciar 2 policias militares sendo um tenente outro aspirante por abuso de autoridade seguida de agresão fisica e verbel sendo palavras de ma qualidade (palavroes)eu tenho nome e numero e prefixo da viatura como eu faço pela internet

Anônimo disse...

AMIGO EU FIS UMA TROCA COM UM UMA PESSOA PELA NET E ELE N COMPRI COM O OQUE TIAMOS COMBIDO AIR ELE MORA EN VITORIA DA CONQUISTA E EU MORA EM ITABUNA SE EU FOR A UMA DELEGACIA ESTO PODE SER RESOLVIDO EU TENHO TODOS OS DADOS DELE COMO NOERO DE DOCOMENTO E TAMBEM ENDEREÇO E OS PRODULTO DELE FOI MANDADO PELA MULHER DELE ELE NUNCA ATENDE O CELULAR E NE O FISXO A ENCOMENDE QUE EU MANDEI EU MANDEI COM SEGURO ELE QUE RESEBEU SERA Q TEM COMO SER RESOLVODO

Anônimo disse...

ver boletin de ocorrencia

Anônimo disse...

Bom Dia fiz um boletim de ocorrencia ontem e gostaria de saber se posso retirar a queixa, foi agressão mais a pessoa foi embora da cidade então prefiro retirar eu tenho esse direito?

LINEU disse...

bateram em meu carro, na trazeira quando estava parado para entrar em um BR, fiz o BO mas o causador da batida me deixou um numero de telefone o qual nao atende para fazermos o acerto dos danos materias, como posso ter mais informaçoes para encontrar esta pessoa, tem como localizar pelo numero da placa do veiculo?

Lineu.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se uma pessoa que foi chingada ofendida pode fazer um b.o mesmo 2 a 3 semanas após o ocorrido

Anônimo disse...

Fui agredida por meu ex namorado na casa de um amigo.
Meu ex chegou e ja veio me esbofeteando na frente do meu filho, puxou um canivete gritando que iria me matar e esse amigo neste momento empurrou o braco dele,ai sai correndo deixei meu filho no local e chamei a policia.
Ele meu ex pegou meu filho no braco querendo fugir com ele
Quando ouviu a chegada da policia deixou-o e fugiu.
A policia pergunta o que aconteceu dizemos:nada aconteceu.
Mais tarde fui ao hospital tiraram umas fotos das minhas orelhas e abdomen. Me aconmselharam de registrar queixa.
Tenho medo de represarias,nao existe protecao policial si ele volte a fazer isso,ele usa drogas e realmente poderia me matar!
O que faco!?
-existe um registro de queixa que eu possa fezer sem que ele venha ser chamado para conversar com a policia?
-gostaria de dar parte dos fatos a policia mas de forma que ele nao saiba disso
para ajudar a policia caso ele faca mal a outras pessoas eu ajude a policia em esclarecimentos futuros.
Espero sua resposta abrigada.

Anônimo disse...

venho sofrendo ameaças de agressão pela esposa de um ex-funcionario que saiu da empresa do meu marido, gostaria de saber se caso me dirija a uma delegacia consigo fazer um boletim de ocorrencia por ameaça de agressão, pois os telefonemas continuam e não conheço a pessoa e não sei do que ela é capaz.

Unknown disse...

eu bati meu carro,mas nao tinha dinheiro pra pagar o conserto,e o cara queria a vista?ai ele fikou com meu carro como garantia!mimm ajudem isso e contra a lei,o que eu faco?

Anônimo disse...

olá. meu chefe direto registrou um boletim de ocorrencia contra mim, dizendo que eu estava ameaçando um colega. Como eu posso trabalhar agora ? do lado do meu chefe e do lado desse colega ?
Existe algo que possa me resguardar, visto que agora não ouso chegar perto nem abrir a boca. obrigado.

Anônimo disse...

Oi Boa tarde,
Gostaria de esclarecer umas dúvidas sobre a agressão física, fui agredida pelo meu ex-marido, mas não prestei queixa na polícia, chamei a viatura no local, mas como demoraram muito a chegar meu pai me levou pra casa pq estava morrendo de vergonha do acontecido. Fui ao médico e fiz uma tumografia pq levei um soco muito forte na cabeça e meu corpo está coberto de ematomas ... Apenas reagi em legítima defesa e arranhei seu peito que foi a unica coisa que consegui fazer pra tentar me livrar, ele disse que poderia fazer algo contra mim se eu o prejudicasse e com medo acabei não indo a polícia .. enfim fazem 3 dias hoje e sinto muitas dores e estou com minha cabeça fria e decidi não deixá-lo impuni, posso fazer um Boletim de Ocorrência mesmo já tendo se passado esse tempo? Agradeço a atenção.

Anônimo disse...

Bom dia, sou Coordenador da Guarda Municipal de São José dos Pinhais -Pr, solicito se possível, a permição para usar esse texto tendo como objetivo instrução e orientação aos Gms,aguardo respostas.

Desde já grato

edineia disse...

boa noite tenho um visinho quer frequentemente,ele urina na frente de crianças sabendo quer ele estar praticando um ato muito em nadequado,ele dis para todos quer tem as costas queite eu estou com ele acha quer tem o direito de urinar na freite de crianças e de mulheres senhores mi responda com toda a franquesa,como eu posso lhe dar com essa situação minha filha ficou assustada com a cena quer presencioueu moro no novo gama entorno de brasilia,o nome dele e endecencia pode nos ajudar a colocar esse individuo no seu lugar desde ja obriga pela atenção.

gertrudes disse...

fui acionada na delegacia para prestar esclarecimento,minha vizinha enventou que eu ia jogar agua agua quente nas criança dela e enpurei as crianças,eu neguei tudo, como posso me defender dessas acusaçãoes

Anônimo disse...

Olá boa noite, lhes contarei aqui minha história, tem uma menino de 17 anos que esta falando comigo pela internet, nunca houve nenhuma ameaça, ou qualquer coisa, de nenhuma as partes, e ele está apaixonado por mim, sou maior de idade, e a mãe dele mandou um recado pra mim, dizendo que se eu não me afastasse do filho dela, que se não ela iria tomar 'outras providencias' disse que ia abrir um boletim de ocorrência e iria me achar. Ela não sabe meu nome, ou se quer meu endereço, tem como ela registrar essa ocorrência? E se tiver como, se ela fizer serei intimada a dar depoimento?

Anônimo disse...

anonimo
oi gostaria de uma orientaçao tenho cido agredida verbomente ja uns 6 meses depois que chamei a policia pra um vizinho ,eles sempre me ameaça ,diz em voz alta se eu chamar a policia denovo as coisa vai piora ,tenho medo e que eu posso fazer ,a policia fez um boletim ,mas ela nao assinou nada gostaria que vc me enfomasse porque temo ,eles pode me fazer muito mal porque as ameaça ainda nao parou

beth disse...

tenho como acompanhar o andamento de um Bo feito numa delegacia fisica de minha cidade, atraves da internet? (o boletim não é eletronico, só gostaria de acompanhar pela net)

Geovana disse...

Por quanto tempo é valido um B.O?

Anônimo disse...

é legal pois não entendi nada, eu estou com preguiça, sou baiano!

Anônimo disse...

Olá , gostaria de me informar de uma coisa se e possível ... Eu me mudei agora para a Dinamarca, uma semana a trás tive uma briga feia com uma amiga minha... Na briga eu lhe agredi bastante... Coisa que nao devia ter feito... Passado 2 dias ela foi fazer queixa na policia, mas no dia seguinte ela me falou por SMS que ia tirar a queixa... Agora passado uma semana e meia soube que ela hoje foi ser operada ao macxilar e ela fala que foi do dia que lhe agredi... Gostaria de saber se ela por causa disso pode reabrir o caso?? Ou como isso de justiça funciona... Se possível me responda... Nunca tive problemas e nesta vez.... Concelho nao beber muito...

Anônimo disse...

Dia 02/07/2012,entrei em um ônibus c/ destino à minha casa,porém, quando fui passar pela catraca,o motorista deu uma arrancada muito rápida c/ o veículo e eu batí o tórax onde as pessoas descansam o braço, no banco.Me desequilibrei, vindo a cair de costas, devido a dor. O cobrador, simplesmente esticou o braço para eu me levantar. O motorista, apenas perguntou se podia prosseguir, sequer encostou o coletivo para me auxiliar. Ele só perguntou se eu precisaria ir ao médico, desci do coletivo. Comuniquei a empresa. A ouvidoria entrou em contato comigo. A minha dúvida é quanto tempo eu tenho para fazer um B.O., pois estou gastando muito com medicação e não acho justo eu pagar. Não fiz logo que aconteceu, pois achei que precisaria de testemunha, sendo que eu me encontrava desacompanhada, e eu desconhecia que os colotivos têm câmaras internas. Se for possível uma resposta sobre o período que um cidadão tem para fazer o BOLETIM DE OCORRÊNCIA, ficarei muita grata.

Anônimo disse...

Olá, fui vitima de ameaça por telefone, sei quem é a pessoa porém não queria que ela soubesse que eu fiz o Boletim de ocorrência, pois tenho medo que ela fique com mais raiva de mim. A pessoa sempre é notificada ou dá para evitar a notificação?

Anônimo disse...

Quem é o policial competente por fazer o BO ou ROP? O comandante da guarnição?

Anônimo disse...

oLÁ FUI VITIMA DE ROUBO à mao armada,fiz B.O o individuo foi identificado e preso. Minha insegurança é em relação ao B.O que traz todos os dados da vitima e preserva dados do assaltante.Quem tem acesso à esses dados? porque li uma situação acima em que a colega afirma que familares da vitima ligaram pra ela, como pode??? O que podemos fazer para que essa divulgaçã não aconteça? O que acontece se a pessoa se recusar a depor futuramente?

Anônimo disse...

É preciso ser maior de idade pra fazer um boletim de ocorencia o B.O ?

grato. Davi Heriberto

Anônimo disse...

Posso fazer uma autuação para um coondutor que causou um acidente de trasntito por fazer uma ultrapassagem proibida? Não presenciei o fato mas o proprio infrator me relatou na presença de testemunha. abraços

Anônimo disse...

Boa noite,no domingo passado dia 22/10/2012 o filho do meu vizinho colidio no meu carro quando eu esta saindo da garagem(obs:ele é menor de idade não habilitado) não fiz o b.o por se tratar de pessoas conhecidas agora ele quer que eu arque com prejuiso dele?isso é correto?

Anônimo disse...

minha namorada me largou com 1 filho e arrumou outro cara. mais agente sempre estamos se encontrando por causa do filho que temos juntos até que outro dia fomos ao hotel transamos ela disse que nao gosta do atual namorado mais pegurntei se queria voltar disse que nao em uma dessas ligaçoes o atual namorado dela me sacaneou acabou que me irritou e briguei com ele no shopping teva de cabeça quente ele pode fazer um b.o contra mim?

Anônimo disse...

Como posso anular B.O.? As circusntâncias mudaram.

Anônimo disse...

Boa tarde,
gostaria de saber se um BO deve conter obrigatoriamente a assinatura da vítima. Se não, em quais casos esse BO pode ser gerado sem a assinatura da vítima?

Isabel disse...

Olá, Boa Noite !!!!

Gostaria de uma informação de vocês. Tenha uma loja de roupa pequena e com poucos funcionários, com câmeras apenas fora dos provadores e na área comum não nas cabines... Tenho uma cliente antiga, que sempre compra conosco e estou desconfiando que além das peças que ela paga, ela leva outras tantas na moita entra no provador com MUITAS peças e devolve só algumas, e como ela leva uma grande quantidade não dá para controlar e ultimamente sempre quando ela vem a loja some algo... Eu não tenho imagens dela furtando nem provas concretas, mas tenho o testemunho das vendedoras e tenho o CPF desta pessoa. O que você me orienta a fazer???? registrar um BO e caso eu faça isso ela pode me processar por não haver provas????? Outra pessoa de uma outra loja também estranhou uma das vezes que ela foi la, sentiu falta de 1 peça, temos quase certeza, mas não há provas!!!!!! O que eu faço?

instalar disse...

Eu concordo com tudo que li, e com o que escreveram, porem a minha grande corporação que tanto amo e defendo, tem "gerentes" que exige que seja feita ocorrencias de cão fazendo xixi em poste, como sermos profissionais?
E para a D. Izabel , falo o seguinte, mesmo ferindo os clientes bons, coloque uma norma em sua empresa, no provador somente com uma peça por vez, e ponto final, porque se a senhora acusar com certeza será processada.

angela disse...

gostaria de saber sofri calunia injuria e fiz o bo ,mas eu gostaria de retirar a queixa pois e meu sublinho , e minha familia (mae passou mal pelo acontecido )como faço ele vai ser imtimado nao dia 10 tem como retirar a queixa como faço?preciso de uma resposta rapida.obrigado.

Douglas Paz disse...

Quando se faz um BO por ameaça a outra pessoa é chamada ?

Anônimo disse...

Gostaria de saber como proceder em roubo de animais?

fellipe disse...

olha fui assaltado no meu serviço, fiz o B.O e tals, ai fui prestar declaraçoes umas 2 vezes. e agora tenho q ir para prestar DECLARAÇOES EM ADITAMENTO!!!
e nao sei o que isso quer dizer!
gostaria que alguem pudesse me responder?

Por tudo daí graças disse...

Meu filho sofreu um acidente mês passado e não fez o B.O porque não houve vitimas,ele conduzia a moto dele e passou uma senhora na sua frente,ele se atrapalhou e ao invéz de frear se apavorou e jogou a moto em um poste tendo um enorme prejuizo,pode se realizar o B.O mesmo acontecido o acidente a um mes atrás.

Anônimo disse...

OS AGENTES DE PROTEÇÃO DO JUIZADO DA INFÂNCIA E JUVENTUDE DA COMARCA DE VIGIA SÃO PARABENIZADO POR POPULARES EM RAZÃO DOS SERVIÇOS REALIZADOS E OS CUMPRIMENTOS DAS PORTARIAS DO JUIZ DA COMARCA DE VIGIA. PORÉM ESTÃO SEMPRE EM DEFESA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE FAZENDO QUE O NUMERO DE VIOLÊNCIA NA CIDADE ENVOLVENDO CRIANAÇS E ADOLESCENTE POSSA DIMINUIR, EU NÃO SABIA! QUE OS AGENTES DE PROTEÇÃO ERAM PESSOAS QUE REPRESENTA O JUIZ DA INFÂNCIA E JUVENTUDE, PORÉM REALIZAVAM OS SERVIÇOS DE DILIGÊNCIS EM FISCALIZAÇÕES EM LAN ROUZES, FESTAS DE PROMOÇÕES DANÇANTES, REALIZANDO A CONDUÇÃO DE MENORES, SENDO ASSIM RECONHECI O QUANTO É IMPORTANTE O SERVIÇO DOS AGENTES DE PORTEÇÃO DA COMARCA DE VIGIA E NO GERAL, ELES SÃO PESSOAS DE CONDUTA ILIBATA QUE SÃO DEDICADOS ACONTRIBUIR COM O PODER JUDICIÁRIO NAS REGRAS ESTATUTIDAS NA LEI FEDERAL 8.069/90,

É importante que cada cidadão reconheça este trabalho, Vigia é uma das cidades que mas cresce no estado do Pará, dentre outras possui muitos lugares historicos no qual são visitados por muitos turistas.

ja vi o serviço dos Agentes de Porteção da comarca de Vigia e são pessoas que sabem lhe coma sociedade, outras vezes disponibilizam seu tempo para fazer as verificações em hotel, motel, bares, casa de showes e etc.

realizarem serviço de operações em conjunto com a Policia Militar fazendo a retirada de crianaçs e adolescente apos as 23 horas,

fazendo com que cada familia viva em uma sociedade justa, da mesma forma ja muitas pessoas julgam o serviços destes representantes,! de certa forma é facil aporntar o erros, dificil e arregaçar as masngas e sairem as ruas para tentar combater a situação que toca na cidade.

os agentes de proteção são pessoas que precisam cada vez mas ser aplaudidas pela sociedade. graças a eles que cumpre a ordem do Juiz que tambem está de parabens por se procupar com a violência na cidade e a Policia Militar estamos em uma cidade aliviada. parabens ao Juiz da Comarca de Vigia, por colocar essas pessoas as ruas e juntos combaterem a violência em Vigia de Nazaré, nordeste do Pará...

Anônimo disse...

o q faço para descobrir quem fez um bo contra uma pessoa...

Anônimo disse...

DESAPARECEU UM VALOR DO CAIXA NA LOJA QUE EU TRABALHO, TIVE DESCONFIANÇA DE UM FUNCIONÁRIO, TENHOS PROVAS APENASS TESTEMUNHAS, SE EU FIZER UM BO DE FURTO CORRO O RISCO DE O AUTOR ME PROCESSAR, HAJA VISTO QUE NÃO TENHO PROVAS DO TIPO CAMERAS DE VIDEO? COMO DEVO POR NO BO, TIPO DINHEIRO QUE SUMIU ??

Anônimo disse...

Gostaria de saber se posso fazer um B.O para Pensão Alimenticia. São 3 anos sem a P.A, a defensoria publica possui o endereço, mas está na fila para digitação.

Anônimo disse...

descobri o adulterio do meu marido em abril/12 ele nao quer me dar divorcio , e nao quer me deixar sair de casa
alem disso começou com agressao fisica/verbal e ja me ameaçou de morte por2 vezes , tenho tres filhos menores . se eu fizer bo de ameaça , apenas para garantir que eu possa sair da casa sem perder meus direitos , ele sera chamado .

Anônimo disse...

Boa Tarde!!

A pessoa que sofre perseguicao em rodovia federal como proceder, o acontecido foi dia 05 ainda posso fazer registro de ocorrencia, o mesmo so pode ser feito no local ocorrido ou nao.

Aguardo

Anônimo disse...

atendi uma ocorrencia de atrito verbal coloquei natureza do bo atrito verbal pode um oficial determinar que eu colocasse a natureza para ameaca sem ele ter estado no local does fatos

Anônimo disse...

esse més tive minha mala extraviada e ainda nao fiz B O gostaria de saber com quantos dias pode fazer o B O apos o acontecido

Paulo Pedro disse...

José Ricardo,parabéns o seu blog e ótimo, ate para os mais antigos na policia, eu aprendo muito com o seu blog, que Deus te abençoe e que continue nos ajudando com a sua sapiência..

Anônimo disse...

bem sem sombra de duvida o BO é um instrumento usado para comuunicar a autoridade policial a principio de um fato ocorrido, mas acontece que a PM de um modo geral nao confecciona o BO correto, muita falha, erros de portugues grosseiro, no final o que se busca nao se consegue com exito, na verdade os PMs devem levar a vitima ate a Delegacia de Policia Civil e com base nos relatos dai sim se confeccionar um BO que servira de base para um Inquerito Policial para elucidacao de um crime.

Anônimo disse...

gostaria d saber quanto tempo depois do bo posso representar isso q no ato achei q não era nescessario mas agora pensei melhor,ainda posso faze-lo?

Anônimo disse...

Boa tarde! Gostaria de saber quais sao os procedimentos para cancelar um BO que foi reapresentado!

Tanderblue disse...

Preciso de uma orientação : tenho recebido varias ameaças via torpedo SMS a pessoa usa vários números de telefone diferente as ameaças tem vindo de uma pessoa que acredito estar sofrendo de esquizofrenia ...., tenho todos os SMS guardados, gostaria de saber se é possível fazer um B.O. para cada ameaça, isto é, para casa SMS recebido.

anny disse...

Eu e meu irmao fomos assaltadas ante ontem. Hoje estou indo fazer o tal BO eu ele e de menor e mora cmg e neu namorado eu posso fazer um Bo para nos dois??

anny disse...

Eu e meu irmao fomos assaltadas ante ontem. Hoje estou indo fazer o tal BO eu ele e de menor e mora cmg e neu namorado eu posso fazer um Bo para nos dois??

Anônimo disse...

Sofri uma tentativa de roubo ao meu veiculo por um rapaz de moto, registrei B.O, e semana depois recebi uma multa por excesso de velocidade. Recorri e foi improcedente minhas alegações por ser o BO uma prova unilateral. Como proceder nestes casos, se a unica prova é o BO?

rodrigo rocha disse...

Boa noite eu gostaria de saber se posso fazer um BO boletim de ocorrência a partir de uma ameaça feita por um rapar a mim. vocês podem me ajudar ?

Anônimo disse...

José Ricardo,parabéns o seu blog .Sou um cidadao comerciante paga dos meu impostos e To sendo perseguido por ums Policial militar do velado comandado pelo policial Fontolan.do 18º BPM de Presidente Prudente SP Gostaria de saber se posso fazer um B.O preservaçao de direitos ou BO perseguição juntando as forto que cosegui dos pm com carros descaracterizados e testemunhas presenciais ou melhor e direito na corregedoria DPM SP ?

Anônimo disse...

Anonimo 1: Gostaria de saber qual é o prazo de validade de um B.O.?
Caso o mesmo tenha mais de 5 anos, pode ser documento para ser apresentado em um processo civel?

Anônimo disse...

Boa Noite!

Resido em um apartamento próprio ha um pouco mais de dois anos, e por volta de aproximadamente um mês e meio, venho sendo coagida por uma vizinha, que vem acompanhando os meus passos todas as vezes que saio e chego em casa, pois ela verifica pela câmera ligada à televisão quando estou no elevador e já me recebe, fica apenas olhando, encarando coagindo e até falando sozinha frazes de ameaça, todos os dias, e às vezes mais de uma vez ao dia. Não converso com esta pessoa pois já havíamos nos desentendido, e este comportamento mais frequente se iniciou após o confronto verbal. O Síndico do prédio me orientou a fazer um Boletim de Ocorrência e se ofereceu para ser testemunha, pois a pessoa já apresentou problemas anteriores a este, e tudo está registrado nas imagens das câmeras que existem no corredor onde ambas moramos. Saliento que ao perguntar a mesma se esta sempre presente nos horários em que preciso sair e retornar a minha residencia, essa afirmou que esta mesmo, e não era conhecidência. Para me dirigir ao elevador preciso ficar praticamente em frente à residência dela e fico sendo observada todo o tempo. Gostaria de uma orientação para saber se é necessário um certo tempo de perseguição, para entrar com BO? Obrigada!

Anônimo disse...

Sou recém formada também e fico horas lendo os conteúdos e comentários. De fato esse é um site que serve de ferramenta para uma boa prática Policial. Conteúdo de qualidade. Espero que sua existencia se perpetue. PARABÉNS!!!

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo