Hipoteticamente desarmados

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Um companheiro me relatou um fato hipotético. Ele levantou a hipotése de que a Instituição X estaria recolhendo os revólveres dos agentes de segurança que são armados fixos. Esses agentes, hipoteticamente, teriam que se deslocar para o trabalho desarmados. Como é sabido, muitos deles, em vista de não receberem auxílio transporte, utilizam-se do uniforme para não pagar passagem.

O pior é que, pela hipótese levantada, existe uma agravante. Muitos agentes de segurança são armados fixos justamente por estarem ameaçados de morte ou por residirem em locais de risco. Logo, esse agentes ficariam desarmados, à mercê dos marginais.

Para alguns, tal hipótese pode parecer um fato sem importância, um mero detalhe. Mas para quem está vivendo a situação na pele com certeza não é. É a vida dele que está em jogo, a tranquilidade para deslocar-se para o trabalho e a segurança da família. Gera revolta, sim, e é justa.

Procurei me informar com outros agentes de segurança sobre a hipótese. Estes disseram que os diretores pretendiam trocar o tipo de armamento que a instituição possui, haja vista existir uma norma, estabelecida por um órgão superior, definindo uma porcentagem entre o efetivo e a quantidade de armamentos que a instituição pode possuir. O problema é que toda lei é fria, não olha o lado do profissional. Por quanto tempo o agente vai ficar desarmado, correndo o risco de ter a vida ceifada ou de passar por sérias dificuldades? Vida só se tem uma. Se morreu, acabou.

Na minha opinião, deveria ser pago fixo para todo agente de segurança, quando este formasse, uma arma de fogo de porte, munições, um colete à prova de balas, tonfa, espargidor de gás químico incapacitante, entre outros equipamentos de proteção. Se eu fosse o presidente-geral da instituição, eu iria brigar até o fim do meu comando para que assim fosse feito.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

24 comentário(s):

Sd Desarmado disse...

Mas que situação heim, pra que eu vou arranjar problema com bandido??? Não quero ser cercado no setelagoano e ser pego de "calças na mão" ou melhor, de "coldre vazio". a lei é fria e o comando é congelado.Aiaiaiai como se diz nas novelinhas da plim plim ,qualquer semelhança é mera coincidência.

Anônimo disse...

não tenho arma , nem sou armado fixo , já fui , mais atualmente não sou ... já pensei em comprar uma arma , mais o dinheiro está curto , e mesmo se tivesse , acho um absurdo o policial ter que gastar seu dinheiro para comprar uma ferramenta de proteção policial! mais os 38 estão sendo recolhidos ...isso é fato boa sorte milicianos !

Anônimo disse...

Enquanto bandidos, digo, srs "cidadãos infratores" como preconiza o "Direito dos Manos", estão cada vez mais fortemente armados e mais dispostos a enfrentar nós, encarregados de aplicar a lei, estamos enfrentando mais uma batalha.
Só para se ter uma idéia, trabalhar de "oitão" é motivo de chacota para os pilas, considerado obsoleto para eles.
Sinceramente, cada dia aparece algo novo q não dá para entender. Só faltam falar agora q policiais vão trabalhar de "bodoque".
Ó Deus, pretegei-nos!!!!

Anônimo disse...

sou vitima deste absurdo , tenho que andar desarmado enquanto os criminosos andam armados criminosos estes que na maioria eu fiz varias prisoes e durante o turno serviço sou autoridade armado e protetor da sociedade e de folga nao posso nem zelar pela minha segurança e de meus entes queridos.

Sargento disse...

Jah tem um bom tempo que os .38 foram recolhidos... essa situacao eh bem complicada, pq as .40 que "estao pra chegar" tem previsao de uns 3 anos! Putz... bem, enquanto isso ralei pra pagar minha arma, que inclusive esta paga desde Julho de 2009... e o CRAF? To esperando até hoje... tomara que saia até o final de ano... Policia sou soh no nome, pq se arrumar problema com vagabundo eu to no sal.

Anônimo disse...

O Sargento está certo. Por mais que compre uma arma particular, demora meses para o militar conseguir seu CRAF e a arma fica recolhida durante todo este tempo. Diferente do civil que registra em poucos dias... esquisito!!! Deveria ser ao contrário... Ou não???

Anônimo disse...

Interessante! Os oficiais são armados "FIXOS" com pt.40! TODOS OS OFICIAIS, LÓGICO SE QUISEREM! E estão tirando os .38 fixos dos praças! Brincadeira a pm é uma merda desculpem o termo! Por isso que estou saindo desse fumo!

Anônimo disse...

CAROS COLEGAS, ESTA É UMA REALIDADE, PRINCIPALMENTE PARA OS SOLDADOS QUE FORMARAM NA ÚLTIMA TURMA DO CTSP PARA REGIÃO METROPOLITANA, MESMO MORANDO EM BH ME COLOCARAM PRA TRABALHAR EM STª LUZIA,TODOS OS DIAS TENHO QUE ME DESLOCAR DE ONIBUS DESARMADO, POIS NÃO DÁ PARAPAGAR 4 PASSAGENS TODOS OS DIAS, JÁ INFORMEI O CMT DA CIA QUE ME ORIENTOU A FAZER UMA SOLICITAÇÃO PEDIDO O ARMAMETO FIXO,ISTO FOI FEITO HA MAIS DE 30 DIA E ATE O MOMENTO CONTINUO FAZENDO O DESLOCAMENTO DESARMADO. CHEGUEI A TRISTE CONCLUSÃO QUE NÃO SOMOS TÃO IMPORTANTES, SOMOS SÓ 'MAIS UM NÚMERO'.

Anônimo disse...

Sd do interior....
tinha comprado uma pt nos famosos planos da Taurus...com a pM.... depois que terminei de pagar, demorou 1 ANO , pra me entregarem a arma, juntamente com o registro ( atual CRAF )! Fico me perguntando... quem quer comprar uma arma é porque teme pela sua segurança, dado o serviço policial, em que metemos kra com tudo quanto e tipo de bandido...!!!
Enquanto isso, durante esse 1 ano, minha pt ficou la... guardadinha, paga, e o otario aqui andando desarmado, com o cú na mão, me desculpem o termo... se pedir armamento fixo.. inventam 1000 desculpas pra negar...

Bandido tem arma e nao precisa de CRAF, e afinal de contas , temos treinamento, temos porte para andar com a arma.... nao entendo a razão de reterem a arma nas unidades... poderiam bem sim autorizar o militar de ficar com a sua arma , mesmo o CRAF não chegando!!!
Tudo isso tem um nome BURROCRACIA!!!
paradigmas que precisam ser quebrados... mas a pm, gosta de manter tradiçoes... muitas maléficas aos praças...



Quanto descaso... quanta burrocracia... praça nao vale nada mesmo... a pm , é so pra oficiais... sao 2 policias... oficiais e praças....


caros companheiros... desculpem o desabafo!!!

Anônimo disse...

Cade os direitos humanos para intervir na dignidade dos agentes.Sao pessoas visadas pela população carceraria e recebem todo tipo de ameça constantemente. vão esperar morrer muitos agentes para depois tomar alguma providencia.
Que pais é esse heim......

Anônimo disse...

Caro editor e companheiros sou policial no Estado do ceará e esta Determinação absurda já vigora aqui ha bastante tempo. Quem com muito sacrificio comprou uma se arisca a perdê-la, quem não comprou arisca diariamente a sua vida, pois assaltos em coletivos e onibus intermunicipais já virou rotina em nosso Estado. Até quando suportaremos estes abusos....

Anônimo disse...

infelismente quem da as ordens nao tem que enfrentar bandido como nos fazemos todos os dias e somos ameaçados de morte. e ate nas nossas horas de folga nao temos paz pois temos que ficar cabreios o tempo todos.estes que dao as ordens, com certeza nem devem gostar de andar armado, acham que eh um peso desnecessario. infelismente devemos investir na nossa segurança e nao esperar por estes burocratas, que nao vivenciam os perigos que passamos nas ruas.

Anônimo disse...

Já sofri várias ameaças de morte onde trabalho, e mesmo assim tive a arma que era paga fixa recolhida. O interessante é que o nº de armas que são pagas fixas é dividido entre os oficiais. Algumas poucas é que são distribuídas para os praças. Desse jeito a instituição força o agente a conseguir armas para se proteger no mercado negro.

Anônimo disse...

CB PM DO INTERIOR

SOU MILITAR A 15 ANOS JÁ TRABALHEI MUITO DESARMADO. ACREDITO QUE TODO POLICIAL APARTIR DE PRONTO JÁ É CAPAZ DE RESPONDER POR SEU ATOS SE ASSIM NÃO FOSSE NÃO SERVERIAMOS PARA CUMPRIR ESCALAS ARMADOS. TODO POLICIAL APÓS FORMADO DEVERIA RECEBER SUA ARMA QUE O ACOMPANHARIA ATÉ O FIM DA CARREIRA.

Anônimo disse...

sd interior - essa é a nossa realidade, tb não consegui armar fixo, é o que digo sou policial somente quando estou de serviço pois quando desloco para minha residencia desarmado pareço mais um vigia.

Anônimo disse...

Esse Soldado que está reclamando por falta de arma;todo policial quando entra na policia este deve comprar sua propria arma e não ficar chorando; se não tem condição de comprar uma arma pede pra sair.Pois tem muitos querendo entrar...

Anônimo disse...

o termo do anonimo das 19 44 hs , naum me ofende pois parece que só oficial tem cu, pois eles já como aspirantes tem as melhores armas dos quarteis acauteladas permanentes, eles acham q só eles tem cu?

Anônimo disse...

ANONIMO DE 4 DE DEZEMBRO DE 2009 16:42,onde vc leu q somos obrigados a comprar armas? vc deve ser uma ameba ambulante.

Anônimo disse...

É um assunto complexo, cada um tem uma opinião diferente.Enfim,averia inclusive aqueles que seriam contra o "pagamento" de arma fixa,pois por não precisararem, por algum motivo,achariam tal porte inconveniente e uma tremenda responsabilidade. Mas temos que nos adaptar ao meio. Se é um absurdo ou deixou de ser,não importa deixe de ser teimoso! sabemos que é caro uma arma e demorado a confecção do CRAF,mas não conte com a sorte,pois o azar será certo.Compre logo a sua!

Anônimo disse...

Sd que tem uma PT .380...
Eu comprei minha arma de outro militar, só que, ma hora de transferir eu fui informado que se tudo der certo a arma ficará recolhida por mais ou menos 5 meses, até ser emitido o CRAF. O problema é que eu moro em uma cidade e trabalho em outra, pego ônibus intermunicipal quase todos os dias e DESARMADO, MESMO TENDO ARMA.
****O problema não é comprar, o problema maior é REGISTRAR*******

Anônimo disse...

Bom dia companheiros, sou policial civil em Pernambuco, aqui em janeiro do ano passado, os policiais operacionais, que possuiam carga da instituição tais como revolvér e pistola PT-940,tiveram que devolver e foram essas armadas substituidas pela PT 24/7 Pro Duo na PC e PT 100 na PM, como carga permanente, recebendo cada policial juntamente com a arma o respectivo documento de porte de uso obrigatório.
Napoleão Jácome
Comissário Especial de polícia.

Anônimo disse...

POLÍCIA TEM QUE SEGUIR A LEI, MAS A BANDIDAGEM SEGUE A SEGUINTE LEI: SE FOR PEGO PELA POLÍCIA ARMADO ``CADEIA´´ E POLÍCIA QUE FOR PEGO DESARMADO ``CEMITÉRIO´´. E DA CADEIA CEDO, TARDE OU NOITE NORMAL SAIR, MAS DO CEMITÉRIO NINGUÉM SAI. SOMOS PRESOS PELA BURROCRACIA DE PESSOAS QUE ANDAM ESCOLTADOS ATÉ NO BANHEIRO.

Anônimo disse...

99% tem razão , porem quem prescisa saber e ler tudo isso que esta escrito não lê e se lê não toma toma nenhuma providencia para mudar isso; so querem meter o ferro em praças se não bastassem os bandidos .

Anônimo disse...

''a primeira coisa que um cidadao infrator olha no policia e se ele esta armado , e quase automatico o olhar dele.Infelizmente enfrentamos esta burocracia na liberaçao do documento para podermos andar armados.Eu particulamente sempre ando a paisana para ir para o serviço,pois quem nao é visto nao é lembrado, principalmente se estiver desarmado!''

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo