Policiais civis de Minas Gerais anunciam greve

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

De acordo com informações da mídia eletrônica, os policiais civis de Minas Gerais decidiram, em assembleia realizada hoje (26/11/09), entrar em greve por tempo indeterminado a partir de segunda-feira. A categoria reinvidica melhorias no salário e nas condições de trabalho.

O Governo do Estado, por sua vez, informou que, atendendo a pleito da Polícia Civil, será encaminhando à Assembléia Legislativa uma proposta de Emenda Constitucional com a finalidade de incluir o cargo de delegado de Polícia Civil nas carreiras jurídicas do Estado. Também está em apreciação proposta no sentido de se exigir o 3º Grau (curso superior) como requisito para acesso ao cargo de agente da polícia civil. Tais informações são procedentes, conforme vídeo abaixo que foi postado no canal do governo no YouTube:



Considero justo o pleito dos policiais civis, mesmo porque eles vem se mobilizando há muito tempo, através de manifestações e outras medidas, como foi informado aqui no Universo Policial (Sinais de mobilização em Minas Gerais se intensificam).

O comando da Polícia Civil está de parabéns em pleitear, principalmente, exigência de curso superior para ingresso na instituição. A polícia, tanto a civil como a militar, precisa de profissionais qualificados, uma vez que já foi a época em que, nessa profissão, o mais importante eram os músculos, e não a mente. Os tempos mudaram, a sociedade mudou. Vivemos num Estado Democrático de Direito, onde nossas ações são disciplinadas por regras jurídicas.

O policial deve ser formado para ser autoridade, no sentido mais lato da palavra, e não submisso, mero cumpridor de ordens. O policial tem que pensar e decidir. O policial militar especialmente, pois é ele quem está nas ruas, é ele a personificação mais real do Estado, sempre pronto para resolver toda sorte de demandas, tanto típicas como atípicas de polícia. Só quem já trabalhou na rua sabe as dificuldades do serviço operacional, o quanto o trabalho é difícil e exige grande conhecimento do ramo do Direito. E tem uma agravante para o policial militar, pois na hora da batalha não há tempo para estudar, para pegar o vade mecum. Ou policial militar faz a coisa certa ou está sujeito a ser punido por excesso (abuso de poder), por omissão (prevaricação) ou por procedimento contrário às normas. A linha é muito tênue.

Se a proposta de emenda constitucional do governo for aprovada, e é muito provável que será, visto ter sido encaminhada pelo próprio governador, os delegados terão muita chance de terem seus salários equiparados aos promotores de justiça, os quais tem um salário acima dos R$ 18.000,00, fora os auxílios e etcéteras mais.
Fonte: http://www.vestcon.com.br/concurso/ministerio-publico-estado-minas-gerais-mpe-mg-promotor.aspx
http://www.concursos.correioweb.com.br/forum/viewtopic.php?t=43075

Se as minhas previsões estiverem corretas, o delegado irá receber quase 03 (três) vezes mais que um Coronel da PMMG, pois este tem um salário base que não chega a R$ 7.000.
Fonte: http://www.salariospm.xpg.com.br/index2.htm

Com a exigência de nível superior, chuto que os agentes da Polícia Civil passarão a receber mais de R$ 4.000,00.

Uma nova reunião entre os sindicalistas e o Governo está marcada para a próxima quarta-feira, quando o SindPol-MG vai definir se a classe vai manter ou não a paralisação. Então, vamos esperar os desdobramentos, torcendo para que os policiais civis tenham suas solicitações atendidas.

Mais informações em:



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

14 comentário(s):

Anônimo disse...

Bom, paralelo a isto, o comando da PMMG está também, em caráter de urgêngia, iniciando estudos para uma PEC atendendo as particularidades da corporação. A política do Estado é a de projetar reajuste iguais para todas as forças de segurança pública. Se houver qualquer tipo de reajuste na PC, creio eu que será acompanhado de um reajuste na PM; ou então este comando não iniciaria os estudos acima mencionados. Informações de fonte ligada ao comando dão conta de um reajuste ainda em 2010. É esperar...

Anônimo disse...

As mobilizações na Polícia Civil tomaram um grau de acirramento monumental. Há muita revolta e insatisfação dos Delegados e Agentes de Polícia, que reclamam da falta de respeito governamental e da miserabilidade salarial. Se não houver uma célere negociação, as insatisfações poderão se dissiminar por outras instituições do Estado, ganhando a mídia nacional, maculando a imagem do governo mineiro e do Aécio Neves.

Anônimo disse...

Realmente é péssima essa situação grevista. A sociedade não aguenta mais tanto desgoverno. Minas está dando um péssimo exemplo para todo o Brasil.

Anônimo disse...

Parabéns aos policiais civis de Minas Gerais que estão lutando por uma melhoria salarial ao contrário do INÚTIL SINPOL que diz ser sindicato dos policiais do Rio de Janeiro mas na verdade não fazem e nunca fizeram nada pelos policiais, eles são tão inúteis que até a sede do sindicato foi tomada pelo governo numa demonstração total da incompetência do responsáveis pelo sindicato. Feche as portas SINPOL e de oportunidade para que se crie um sindicato que realmente lute pela categoria dos policiais civis do Rio...

joao da cruz disse...

Ao meu sentir, A PEC 300, será fundamental para à Segurança Pública Nacional. MAIS SEGURANÇA PARA O CIDADÃO MAIS CIDADANIA PARA A SEGURANÇA. Devemos ressaltar, que a saúde financeira do Soldado PM de 2ª Classe ao Coronel PM é grave.

Governador Valadares, Mg.

João da Cruz (PSDB-MG)
Delegado Regional
E-mail:joaocruzfi@hotmail.com

Anônimo disse...

A PM devia fazer paralização tambem pois ela sim possui força
A população nem nota as paralização da PC ja se aPM parar nem os bancos Abrem

Anônimo disse...

Complementando o comentário acima, a única área da PC que pode fazer diferença e incomodar o Governo com uma greve é a de trânsito onde se a arrecadação de multas e lançamentos parar, vai chamar a atenção. Exceto isso, pode fazer greve a vontade que não vai adiantar nada.........nada........

Anônimo disse...

Neste momento em que a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, esta solicitando do Governo do Estado melhores salários e curso superior para os seus integrantes, ficaria muito orgulhoso se o Comandante da Polícia Militar do Estado de Mina Gerais formasse uma comissão de Praças e Oficiais e juntos da nossa irmão "pc"
fizessem as reivindicações juntos. Contudo, caso isto não ocorra e a "PC" tenha êxito em suas reivindicações, corre o risco dos Militares ficarem insatisfeitos e também entrarem em greve.

Anônimo disse...

A Polícia Civil é uma instituição muito importante porém deixa a desejar no aspecto de aceitar em cidade do interior funcionário de prefeitura trabalhar em Delegacia usando camisa de polícia Civil, dirigindo viaturas policial até mesmo portando arma na cintura e pagando de machão, sendo estes chamados pela população de Detetive do Paraguaio, Um curso de Detetive e Delegado de Polícia Civil deveria ser no minimo 1 ano e 6 meses, e não 3 meses ou 6 meses como é. Há pouco tempo a Polícia Civil extinguil a carreira de Carcereiro e unificou com a de Detetive, com isso desmereceu os Detetives que fizeram curso de investigação na Acadepol; para A Polícia Civil ter feito isso os ex Carcereiros deveriam ter feito curso de investigação na Acadepol, pois tem ex carcereiros na função de investigação que até hoje não concluiu o 2º

Anônimo disse...

atençao policiais de todo o brasil vamos eleger politicos ligado a nos para poder nos representar nos poderes e criar condiçoes melhores aos policiais.

Anônimo disse...

este espaço é bem típico de PM mesmo né !!!! Mas que povinho pequeno. "A farda modela o corpo mais estreita a mente" Viva a democracia!!!!! abaixo o militarismo na polícia!!!

Kim disse...

A polícia civil já tem grande possibilidade de conseguir o ensino superior para seus agentes policiais. Esta luta, foi iniciada ha pouco tempo, e ja tem resultados. O governador do Estado disse que, ainda este ano, a PC receberá o ensino superior, isto já é fato.

Agora,não é de hoje que a PM tenta o nivel superior pra seus soldados. Não há mobilização do governo quanto a isso. Segundo, alguns especialistas no assunto não ha interesse no governo em aumentar o salário de mais de 50.000 mil funcionarios, sendo que a PM é um orgão dominado pela hierarquia, e o ensino superior dificultaria tal questão.
Isto é um pena.

Anônimo disse...

O governo do Estado de Minas Gerais, trata o funcionalismo com descaso e não priorisa uma data base para reajuste e nem um piso salarial descente para pais e mães de família se dedicarem exclusivamente para a sociedade mineira, que acaba sofrendo com uma ma qualidade de serviço público prestado.

Elci Manoel Pereira da Costa disse...

É grave a situação da Segurança Pública nos Estados Brasileiros. É preciso levar propostas consistentes nas conferências de Segurança Pública para que legitimamente exerçamos a Democracia. Lamento que os governos não valorizem seus policiais à altura dos interesses mais elevados de suas missões e que tenhamos apelar para os instrumentos de pressão. Em meio a tudo isso vamos acelerar a criação de instrumentos de controle social, conselhos municipais e estaduais de segurança pública, buscar um sistema único de segurança pública igualitário, cobrar planos governamentais mais consistentes, enfim, a justa distribuição de trabalho, salário, no Brasil como um todo, equilibrar, na justa proporção, as forças policiais das cidades e dos campos, todos, usando uma tecnologia padrão, simultaneamente.

Fala-se em nível superior para Policiais. É justo. Mas chega de bater o pé, fazer pressão. Como um povo civilizado e servidores públicos e policiais, vamos, de fato, arregaçar as mangas e exigir seriedade na política pública de segurança e usar os instrumentos democráticos (conselhos, planos e fundos) de segurança pública para garantirmos a real valorização dos policiais, usando as conferências como palco de resolução dos nossos problemas.

Elci Manoel Pereira da Costa

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo