Policial militar, um tributo

sexta-feira, 16 de abril de 2010


É com honra, orgulho, respeito e profunda admiração que me debruço a escrever sobre o maior heroi nacional: "o policial militar". Há tempos, anseio este intento, mas só agora não estou só e minhas mãos certamente rabiscarão à altura daqueles a quem dirijo minhas singelas observações como compatriota, integrante e atuante na sociedade civil.

Falar sobre um heroi, hoje em dia, é raro numa sociedade tão desregrada como a nossa e tão aviltada nos seus direitos como integrantes da humanidade sob a ótica na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Estamos numa Era Cósmica onde o homem atinge distâncias incomensuráveis do Universo, mas não consegue enxergar um centímetro dentro de si próprio, foge para a galáxia, mas esquece da alma. Anseia a conquista dos bens materiais, mas esquece dos valorosos e imperecíveis bens espirituais.

Enclausurado em suas limitações terrenas, o homem idiotamente crê na possibilidade de viver apenas uma vida, entregando-se aos mais diversos abusos morais, desvirtuamentos éticos e atos criminosos, lamentavelmente amparados e perdoados pela Igreja Católica na velha "ladainha" do confessionário, local onde clérigos diletantes, jurássicos e pueris ditam normas de vida, penitências hipócritas e perdões divinos.

O homem diante da enxurrada capitalista quando passeia num shopping, se esquece completamente de que nada vale "ter", se antes de tudo não se dedicar a "ser". Infelizmente, uma parcela significativa de nossa sociedade se descamba na "usura" e se compraz na fútil vivência de uma existência sob a égide do "dinheiro". Não desejo fazer voto de pobreza, claro que não, pois dinheiro é bom e quem não gosta?! O problema está em colocá-lo num altar e torná-lo um "deus" e aí o corolário desta postura transformar-se-á nas maiores aberrações que assistimos pelas TVs hoje em dia. São roubos, locupletações, prevaricações, estelionatos, homicídios, drogas, etc... tudo em nome do "vil metal".

Por incrível que possa parecer, verdade seja dita, é no colo do policial militar que tudo isso cai quando desaba, pois na sociedade legalista em que vivemos, são eles os policiais que nos salvam, literalmente, das atrocidades monstruosas de uma sociedade claudicante e sedenta de valores espirituais. Seja onde for, em qualquer lugar, lá estará um policial militar. Jogos, manifestações, passeatas, comércios, ruas, bairros, escolas, faculdades, hospitais, mercados, condomínios, shoppings ou até num simples passeio no parque... Lá estará ele: o policial militar.

O que faz ele? Vamos ser diretos e retos: ele está lá para nos proteger, mas acima de tudo salvar nossa vida, se necessário. Alguns acharão simples e comum, mas quem na sociedade pode ostentar o aguilhão: "dar a própria vida em prol de outrem, se não o policial militar"?! Nenhuma profissão guarda e ampara este galardão divino de "dar a própria vida" para salvar outro. Só o policial militar a possui com maestria e estoicismo. Sinceramente, nem o médico, profissão sacrossanta, mas nem ele o cidadão que escolheu a medicina pode dar sua própria vida para salvar outrem. Percebem o valor deste cidadão chamado: policial militar?!

Todas as mazelas que acontecem numa sociedade é ele, o policial militar, que tem que segurar o rojão e botar a cara pra bater quando o "bicho pega"!!! E daí, perguntarão alguns?! Bom, daí é que este nosso compatriota que escolheu uma vida distante das conquistas materiais, salvo as básicas e de direito de todo ser humano. Este cidadão brasileiro que escolheu uma vida de renúncias, paixão e devoção ao próximo chama-se policial militar, mas que em nosso dia-a-dia é desrespeitado no seu direito básico profissional, sem falar na miséria de salário que auferem.

Heroi?! Sim! Não tenham dúvidas, o policial militar é um heroi. Pois só um heroi admite tal aviltamento de si próprio em prol da paz, harmonia, justiça, liberdade, independência, igualdade, fraternidade numa sociedade como a nossa, tão hipócrita, desleal, covarde e pífia na luta pelas conquistas democráticas, este é o retrato de nosso povo.

Só espíritos elevados e nobres dedicam uma vida inteira defendendo a justiça, na prática diária enfrentando a escória que se agiganta, só não em proporção geométrica graças ao policial militar. Quem é ele, esse tal policial militar?!


Muito bem... São homens de honra formada de gente simples, disciplinada, ordeira, amantes da Paz e da Justiça. Quem os conhece entende o que digo.

São pais exemplares, pois apesar dos sobressaltos de sua profissão, ainda conseguem levar amor aos seus familiares. São humanistas e missionários no exercício prático de incêndios, rebeliões, tumultos, tragédias e passeatas. A lista é grande... Enfim... É gente da melhor estirpe e categoria que Deus colocou no mundo e em nossa sociedade, pois como pode alguém receber tão pouco, doar-se tanto e aceitar pacificamente um salário de miséria?! Só um espírito evoluído e de fibra varonil.

Quem é ele? Isto mesmo, nunca se esqueça: POLICIAL MILITAR, HERÓI NACIONAL.


Nota: Este artigo foi publicado neste blog a pedido do respectivo autor. Você também pode enviar seu texto para publicação através do nosso formulário de contato.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

10 comentário(s):

Anônimo disse...

Sou Agente Penitenciário,profissão de pouco reconhecimento social e politico porém, me dedico ao máximo ao cumprimento da lei nos ambitos prisonais. Espero um dia ir além e me tornar um POLICIAL MILLITAR, não que a profissão atualmente exercida não me agrade mas me sinto muito limitado e anseio por uma maior busca no cumprimento da lei na sociedade atual...

Pretinho disse...

OLA MEU CARO...O QUE TEM HAVER IGREJA CATÓLICA, CONFISSIONÁRIOS, E TAL... VC REALMENTE FOI UM INFELIZ NESSE COMENTÁRIO SEU. MEU AMIGO SE TU É UM PROTESTANTE QUE DESEJA EXPOR SUA INDIGINIDADE CONTRA AS ATROCIDADES DA PEDOFILIA DO CLERO. FAÇA UM TEXTO QUE CONTENHA SÓ ESTE CONTEÚDO, POIS EU COMUNGO DA MESMA OPINIÃO QUE A SUA.
O PROTESTANTISMO NA NA MINHA OPINIÃO FALTOU SER CITADO ENTÃO NESTE TEU HONROSO TEXTO, COMO A PROTAGONOSTA DA PROPAGAÇÃO DO CAPITALISNP, SÃO MUITOS OS PROTESTANTES , PROCESSADOS POR ABUSO EM SUAS EMPRESAS, MINHA ESPOSA MESMO JA FOI ALVO DE EXPLORAÇÃO. VC REALMENTE DEVERIA TER DE SE RETRATAR....

Francisco disse...

O reconhecimento por tal atividade honrosa é mais trabalho e cobranças de todos os lados, não raras vezes muitas injustiças são praticadas contra os policiais que apenas cumprem seu dever de manter a ordem , isto tem sido uma triste e ultrajante realidade que se evidencia de norte a sul.

Enquanto o servidor policial não ter a exata noção da importância da atividade que exerce e não exigir que mudanças ocorram as coisas vão continuar como estão ou até mesmo piorar pois quem deveria ter comprometimento para com a segurança pública não o tem .

Consideram a segurança pública como gasto e não como investimento , desconsiderando os recursos humanos que são vitais para o funcionamento da engrenagem de segurança pública , esta é a triste realidade que se traduz em estatísticas criminais vergonhosas e fuga de investimentos do país.

Ramiro dos Santos Ferreira disse...

Dedico este poema á todos irmãos que fizeram o solene Juramento de um dia defender a vida do Ser Humano e aos injustiçados;a despeito dos parcos soldos...


“ Lágrimas de um Policial...

Tenho medo de onde você vai...
Tenho visto que teme ver...
Fiz o que teme a fazer...
Todas essas coisas que fiz para você.

Eu sou um que ,mediante...
O que você lançar, mediante...
Um , que, o que você trazer ; suas dificuldades...
Todas essas pessoas , que eu sou para você ??

Um que , você pede para ficar afastado...
O que você se sente? Não deve ter nenhum coração !!!
O que você chama o Homem em azul...
Mas sou humano como você.

E, através dos anos, veio para ver...
Que sou não aquilo que você me pede!
Então tome esse emblema, e tome esta arma...
Você irá fazê-lo? Será que alguém?

E quando você assiste a uma pessoa morrer...
Eu ouço um grito de um bebe chorando...
Em seguida, portanto, você acha que pode ser...
Todas essas coisas você pergunta-me....?

"Lágrimas de um Policial" - Autor desconhecido???

Ramiro dos Santos Ferreira disse...

CB PM Ramiro á todos os irmãos de Azul...
"Ser policial é apaixonante, mas é uma profissão de risco...
É presenciar tragédias, sem poder se comover;
é estar diante de emoções, sem poder chorar;
é estar acordado enquanto todos dormem;
é amar sem ser amado;
é compreender sem ser compreendido;
é ser punido no reino da impunidade...
Ser Policial é conviver com a inversão de valores sociais, onde o delinqüente é protegido pelos Direitos Humanos, Direitos esses que não se apresentam às vítimas, aos cidadãos , aos Policiais mortos nem às suas famílias...
É ter estrutura para suportar a demagogia e a hipocrisia.
Ser Policial é viver para a sociedade, reprimindo a criminalidade e por isso é um exercício gratificante.
Podemos não ser compreendidos, mas devemos ser leais à nossa Pátria e ao nosso País."



"Diz tudo, perante uma sociedade que não quer ouvir nada."

Rogério disse...

Boa Tarde FILHO DE DEUS,parabéns pela reflexão e pela maneira pela qual somos mencionados em seu meio de comunicação
gostaria de ser útil,mas não sou muito fã de assuntos que trata sobre politica,mas logicamente nós,que passamos por +essa prova de sobre vivência deste chefe que tivemos,deixando um rastro de dor e lamentações,pelos que combateram o bom combate sem sequer ter a opção de mudar a sua história,que deixaram suas companheiras como viúva e filhos órfão,sem mencionar a falta de amparo,como mencionei anteriormente,não podemos deixar que o nosso "PAÍS",seja escravo de um Ser irresponsável,que tratou a FAMÍLIA POLICIA MILITAR com tanto desprezo,deixando seus homens serem totalmente massacrados e humilhados em prol de uma VIDA mais digna e humana,deixando muitas das vezes seu filho(a) dormindo ao sair para + um dia de batalha lutando com sua própria vida para mantê-la intacta,não bastando tendo ainda que fazer seus famosos BICO,se desgastando ficando no limite,de seu stress,pedindo a "DEUS"para que volte para casa sem nenhum arranhão, ao chegar em seu LAR já cansado do dia desgastado,depara com seu filho (a) já dormindo,então como qualquer ser humano debruça na cabeceira da cama de seu filho começa a conversar com ele ou ala,falando do dia maravilhoso que ele teve orientando-os para que seguem o caminho do BEM não se desviem,façam sempre o melhor com carrinho e amor em suas obrigações aí então se despede com um beijo,e sai na ponta dos pés,para não acorda-los.Depois vai para seu quarto sem fazer muito barulho,guarda sua arma em cima do guarda-roupa.aí então sua esposa acorda meia sonolenta,dizendo oi querido tudo bem?e quando vc vai responder já era, ela estava falando já no automático,devido ter já se acostumado com as ausências constantes de seu marido.
Eu gostaria de expor uma ideia,logicamente se for de seu agrado.
FAZER UMA PESQUISA PROFUNDA,DESDE O SEU 1 ANO,OS DANOS CAUSADOS,QUANTOS PM,PERDERAM SUAS VIDAS,QUANTOS AINDA VIVEM NA MISÉRIA ,E ASSIM POR DIANTE,OU SEJA UMA PASTA,E ENTREGUE NAS MÃOS DO SEU ADVERSÁRIO POLITICO,PARA QUE TENHAM COMO DESMASCARAR UM TIRANO COMO ESSE,POIS SE NÓS NÃO PODERMOS NOS MANIFESTAR,PELO MENOS ALGUEM O FARÁ.

"FIQUE COM DEUS"
"FIQUE COM FILHO"
"FIQUE COM ESPIRITO SANTO AMÉM"

Marcos disse...

fiquei muito feliz e arrepiado ao ler esta mensagem do John Roberto Silva, vc meu irmao está corretissimo com a visão e os valores q vc enxerga no policial militar, vc está de parabéms, obrigado pela parte q mim toca, porque honro com muito orgulho a farda q visto da Polícia Milítar da Paraíba a 23 anos, q Deus te abençoe abraços.

Anônimo disse...

Gostaria de agradecer aos elogios e sinceridades do nosso nobre amigo, John Roberto Silva.É tocante saber; existem pessoas que entendem nossa profissão e as dificuldades do policial. Sou da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais e orgulho-me, imensamente, por essa benção que DEUS me concedeu: fazer parte dessa magnífica corporção. Toda profissão requer sacrifícios e existem diversos obstáculos,por isso precisamos do apoio e compreensão da sociedade em nossas batalhas diárias. Alegro-me em promover a paz social e, se necessário, doar minha vida em prol de um cidadão merecedor. Mais uma vez, deixo os meus cumprimentos e em nome da PMMG, nossos reais agradecimento pelas sabias palavras.

Anônimo disse...

SOU POLICIAL MILTAR DO DF E VEJO OS MILIANOS DOS OUTROS ESTADOS ALMEJAR O SALARIO QUE NÓS RECEBEMOS AQUI.AGORA FALO A VOCÊS O NOSSO RDPM É CRUEL E A DISCIPLINA É CUMPRIDA A RISCA,E O CUSTO DE VIDA É ALTISSIMO.^CAROS COLEGAS ANTES DE ENTRAR OS SENHORES SABIAM QUANTO IAM GANHAR.EU SOU CABO COM 20 ANOS DE SERVIÇO E NUNCA RECLAMEI DE SALARIO E OLHA FUI DE FAMILIA POBRE..

Joabes Guedes disse...

Fiquei feliz em saber que nem todos nos querem ver pelas costas... Enquanto a maior parcela da população nos julgam antecipadamente e censuram todas as nossas ações, se julgando expert em Segurança Pública, são pessoas como você que nos motivam a vestir com orgulho essa farda, sem encararmos isso apenas como um 'fardo'. Sou PM da Policia Militar do Acre e sinto-me honrado com suas palavras!

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo