Toma lá, da cá

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

* Ângelo de Souza

Muito se explora o argumento de que a classe policial tem salários acima da média de outros trabalhadores. Mas, na verdade, além da particularidade de empenho e risco do maior bem humano (a própria vida) a serviço de outras vidas, a categoria dos militares estaduais vê considerável parte de seus vencimentos retornar à fonte. Prova disso é o reembolso do expressivo montante de mais de 12% (doze por cento) de seu salário através das modalidades de descontos: Instituto de Previdência, Fundo de Aposentadoria e Imposto de Renda (retido na fonte).

A cada mês, o PM mineiro tem descontado aproximadamente 8% para o Instituto de Previdência, 3,5% para Fundo de Aposentadoria e ainda, em torno de 3% para o Leão (IRPF). Quando do recebimento do Adicional de Desempenho, esta fatia aumenta ainda mais (aproximadamente 12%).

É só fazer as contas e verificar que, mensalmente, em média 15% do vencimento do policial militar é consumido sobre essas denominações.

Diante da imperatividade e compulsoriedade destes descontos, resta torcer e esperar encontrar atendimento de qualidade e acessível ao PM e à sua família, principalmente em localidades do interior do estado.

Ângelo de Souza é Sargento da Polícia Militar de Minas Gerais.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

10 comentário(s):

Anônimo disse...

olá, realmente sgt angelo, os salarios são baixos, visto os riscos que se corre na profissão policial, ameaças contras nos mesmos e familiares. e com relação ao seguro saude estamos muito alem do bom, principalmente no interior onde os conveniados estão cada vez mais se desconveniando devido aos baixos valores pagos e a demora em repassar os valores das consultas. aqui vai meu protesto tambem, vamos melhor os valores pagos para os conveniados.

Anônimo disse...

Por gentileza Sr. Sgt Ângelo, por a caso o Sr. sabe alguma coisa sobre aposentadoria aos 20 anos de efetivo serviço, integralmente, sem contar nada fora da instituição. Eu vi algo a respeito desse assunto no site da ADESP. Por gentileza me informa se tem algo a respeito. Boa noite,
Cb Soares

Anônimo disse...

Realmente o sálario é considerado baixo,pois é uma profissão de risco,onde o policial em especial aquele que exerce ativividade de linha de frente,ou seja,esta no dia-a-dia em viaturas,orientando,prendendo e atuando em diversas situações para o bem da sociedade,é necessário um reconhecimento,que começa com sálarios dignos e por ai vai....Missioneiro de Santo Ângelo-rs,mando um abraço a todos do tamanho do Rio Grande

Anônimo disse...

Olá uma Boa Noite aos irmão de fardas... Em especial ao nobre irmão SGT Angelo da PMMG, parabéniza-lo por este ótimo artigo, tomara que todas as inicitivas tivesse acesso a este site, saber a realidade daqueles o qual lhe dão a segurança e tranquilidade em quanto estão em seus lares no aconchego da sua família... Saber que nós policiais Militares, estamos um tanto esquecidos pela nossas autoridades e governantes, sem falar as horas extras que sempre excede em nossos contra cheques e que nunca vemos a cor deste dinheiro... Nossos planos de saúde nem sempre corresponde com a realidade, hoje qualquer funcionários de fabricas, não desmerecendos a classe destes profissionais, na maioria das vezes tem um plano de saúde com a maior cobertura. Inquanto nós e nossos familiares esta realidade não existe. Hoje em meu estado exige-se o 3º graú para ingressar na corporação, concordo com isto, pois a melhor qualificação para o nossos profissionais é indispensável, mais também um sálario condisente com nossas categoria...


Ademir Almeida dos Santos
PMRv/SC

Anônimo disse...

Concordo com o Sr. Sgt Angelo!
moro no interior e depois de todos esses descontos, pra eu conseguir uma consulta com um oftalmologista conveniado, tenho que esperar até novembro/2010 e ir até uma cidade vizinha a 80 KM. O pior de tudo é isso, a falta de recursos que o PM do interior tem que encarar.

Sd/PMMG

Anônimo disse...

Realmente estamos com graves problemas no IPSM. Pago + de 200 reais por mes e quase nao há medicos especialistas na minha cidade. Quando ligamos pra marcar consulta as vagas são limitadas para os convênios, isso se dá devido ao baixo valor repassado ao conveniado. Sem falar da burocracia exigida pelo ipsm. Esperamos que nossos novos representantes resolvam esse problema.
Sgt Edson

Anônimo disse...

"Muito se explora o argumento de que a classe policial tem salários acima da média de outros trabalhadores". Isso pode ser ate verdade, mas os "legisladores" não pensam que eles trabalham quando quer e ganham muito bem para fazerem praticamente nada. Para saber quanto que um policial tem que ganhar, basta fazer uma pergunta simples a qualquer pessoa: Quanto vale a sua vida? Pega essa media ai e ira achar qual sera um salario digno de um policial que muitas vezes tem que da a sua vida para salvar uma pessoa que nem conhece

Sd Ferreira julio_uberlandia@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Infelizmente nossos salarios nao estao acima da media , pois se levarmos em consideraçao nosso empenho e diciplina , as outras classes trabalhadoras , podem assumir compromissos ,podem planejar sua vida fora , nossa realidade infelizmente nao e essa ,nem em nossa folga podemos fazer compromissos ,me diga qual pm que trabalha nas ruas que para na hora prevista em sua escala ?!A se recebecemos hora extra , ai sim talvez nosso salario seria condizente... mas isso infelizmente as outras pessoas nao veem e tampouco se importam pois elas sabem as hora que vao e que voltam e que estarao seguras ...

Anônimo disse...

CADA UM NA SUA ! PRECISAMOS NOS PREOCUPAR COM NOSSOS VALORES E NÃO COM OS VALORES QUE OS OUTROS QUEREM NOS IMPUTAR. VAMOS BRIGAR E FAZER CORPO MOLE FRENTE AS BATALHAS, PROTEGENDO APENAS NOSSAS FAMÍLIAS.QUEM ENLOUQUECE PELO PRÓXIMO QUE NEM CONHECEMOS, DEVERIA ESTAR EM OUTRA PROFISSÃO, POIS MUITOS DESSES PRÓXIMOS SÓ QUEREM SEU BEM RECUPERADO, NÃO IMPORTANDO CONOSCO. SE O POLICIAL NÃO CONSEGUE SOLUCIONAR O PROBLEMA, DEPOIS DE TANTO EMPENHO, AQUELA PESSOA QUE O SOLICITOU, O CRITICARÁ. ABRAÇOS A TODOS OS MIICIANOS.

Anônimo disse...

É meus amigos, boa noite. Sou Militar do Pará. Quanto a...governadora que sai, sem comentário. Ainda bem. Quanto ao Dr. Simão Jatene (PSDB) que acaba de ganhar as eleições em nosso estado, fica a incognita??? Dizendo um colega de farda que o mesmo disse que iria olhar para a PM com bons olhos. A PM da Paraíba deu lição democráticamente de como é possivel a aprovação da Pec 300 a nível estadual, ou seja na Assembléia Legislativa. Parabéns aos nossos co-irmãos. E porque não provocar a través de projeto de Lei de autoria de algum deputado estadual à votação dela nas Assembléias Legislativas dos Estados! Basta algum deputado estadual provocar. Até porque se for esperar pela Câmara Federal??? O tal de Vaccareza ja disse que o pré-sal não será votado este ano! Quem dirá a Pec 300, deixando para o ano que vem! Com a Dilma!!!??? Não sei não! Pelo menos aqui no Pará temos o nosso ilustre Dep Cap Márcio Miranda que poderá provocar através de projeto de Lei, pois se reelegeu. ainda não consegui contato com alguém para saber a respeito, pois é muito difícil eu me deslocar do interior do estado para Belém. Mas! Vamos ver como fica.

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo