Proibido adoecer

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Recebi mais um e-mail solicitando ajuda do Universo Policial contra "suposto" abuso. Mais uma vez, substitui todas as palavras que pudessem identificar o policial militar por "?". Novamente, meus comentários são desnecessários, pois o texto fala por si só.

Boa Tarde, gostaria de pedir o apoio deste respeitoso site, nossa ferramenta contra os abusos dos que estão no comando das diversas unidades da PM?. Trabalho na PM? estou lotado na ? Cia/ ? BPM, e o comando desta unidade IMPÔS uma ordem de serviço no qual o policial que por ventura sofrer alguma molestia e não puder trabalhar na sua escala ordinaria naquele dia (militar faltar serviço e pegar atestado medico) seja de plantao de 24h ou POG 8h /12H, deverá cumprir automaticamente uma escala de POG de 07 da manha as 13 tarde, no dia posterior ao dia que faltou por problemas de saude!!!

Ou seja, se o militar tiver com problemas de saude e nao cumprir sua escala de serviço daquele dia, esta escalado no outro dia automaticamente, será punido por nao cumprir sua escala.

Será que quando há feriado prolongado, no qual nenhum militar da administração trabalha, automaticamente estes estarão escalaos num POG de um sabado qualquer, para completar a carga horaria minima estabelecida??? Claro que NÂO !!!

Um absurdo, pois existe um memorando do EMPM que proibe tal postura - Memorando 11228 EMPM, mas por aqui este documento não tem valor nenhum. Isso configura abuso de autoridae e falta de humanismo por parte dos comandantes.

Quando são eles os beneficiados, tudo está certo, quando somos nós que estamos apenas exigindo o que é certo por direito, estamos ponderendo.

Divulguem este relato para que possamos dizimar tal atitude arbitraria, agradeço o apoio.

Favor nao divulgar meu nome, concerteza serei perseguido pelos superiores se isso ocorrer.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

58 comentário(s):

Anônimo disse...

Sou PM e quando dizem que a sigla PM quer dizer pau mandado não discordo. Infelizmente a nossa saída é outra profissão que nos dê valor e respeito.

Anônimo disse...

boa noite! ate quando teremos que aceitar esse tipo de atitude na nossa corporação, esse tipo de atitude faz manchar a nossa nobre e gloriosa corporação.
caro companheiro, tenha coragem, você tem na maõs a melhor arma, o conhecimento, agora tenha coragem de fazer um relatorio para escalão superior citando o fato ocorrido e o descumprimento do referido memorando, e seje forte, aguente a barra, sofro muita pereguiçoes, porem nem me abalo, pois aprendi que sendo escravo do do regulamento nunca serei escravo do homem.
somos profissionais de segurança publica e nao escravos, temos direitos e devemos fazer vale-los, já passou a epoca que diziam que o PM tinha apenas dois direitos, o direito de nao ter direito e o direito de nao abusar do direito que tem.
BA$TA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Companheiros,

Infelizmente, fomos selecionados e profissionalmente educados para apenas cumprir ordens, sem questionamentos, do Soldado ao Coronel.

Quanto alguémm ousa a questionar algo dentro da estrutura militarizada e arcaica, de imediato, é qualificado de "rebelde", "revoltado", "indisciplinado" além de outros pejorativos, vindo a sofrer todo tipo de retaliações.

Infelizmente, algumas administrações têm "legislado", criando obrigações e deveres não previstos em leis, por "decretos, resoluções, portarias, memorandos e outras formas de manifestação do poder regulamentar."

Atualmente, são poucos os que questionam tais "absurdos", mas há de chegar o tempo (quando as turmas de soldados e oficiais forem compostas por pessoas possuídoras de cursos superiores), acredito, que a coisa vai ficar mais complicada para os ditadores (muito provavelmente, serão réus em diversas ações judiciais por abuso de autoridade, além das indenizações que, com fé na Justiça, irão suportar).

Anônimo disse...

O AMIGO DO COMENTÁRIO ANTERIOR TA DE BRINCADEIRA, DO SOLDADO AO CORONEL HÁ TÁ, SO O PRAÇA TOMA FERRO NESSA POLICIA.

Anônimo disse...

Olá aos companheiros de batalha!

Esse é só um dos vários absurdos que acontecem na PMMG. Muitos oficiais acham que praças são seus escravos particulares e não que somos todos funcionários públicos, que devemos todos trabalhar em conjunto para a sociedade.

Quero ver um oficial superior ficar doente e depois ser escalado no dia seguinte para compensar, afinal regulamento é para todos.

Anônimo disse...

minha gente!!!!!
existe ordem mais clara que essa!!
Memorando nr 11228.1/98-EMPM
Belo Horizonte, 07 de maio de 1998.
Ao
Assunto: Escala especial para militares licenciados/dispensados.
O Comando-Geral da Corporação foi recentemente informado
de que uma UEOp do interior do Estado tem cassado o direito à grande folga
dos militares licenciados ou dispensados, por motivo de saúde, escalados nos
4º/1º Turno, submetendo-os a uma escala especial no período posterior à
licença/dispensa.
Tal prática afigura-se irregular, tendo em vista que o
ordenamento jurídico não prevê essa situação, e que os médicos da
Corporação estão devidamente habilitados a prescrever as respectivas
licenças/dispensa, que são homologadas pelos respectivos
Comandantes/Chefes.
Assim sendo, o procedimento ora exposto deve ser abolido,
caso esteja ocorrendo nesse Comando, à vista das razões antes esboçadas.
HENRIQUE ELOI DO NASCIMENTO, CORONEL PM
CHEFE DO ESTADO-MAIOR
tem ordem mais clara que essa?
Esse nao é cabeça de bacalhau que todos sabem que existe mas ninguem vê!!!!

Edenilson de Sousa Rodrigues disse...

Bom dia,

é por isso que eu peço de volta as horas que trabalho a mais, se me movimentarem , ja tenho documentos reunidos a fim de provar o abuso...não obedeço ordem ilegal.

Anônimo disse...

discordo quanto ao comentário de que os Militares empregados na administração não trabalham em fim de semana e feriados prolongados, pois, meu pensamento também era esse, até o momento que passei a trabalhar na adm, além de trabalhar de segunda a sexta feira, todos da adm trabalham nos fins de semana e principalmente em feriados prolongados reforçando frações pertencentes Ueop.Ficamos muito mais tempo a disposição da PM,que Militares da atividade fim.

Anônimo disse...

Concordo com a observação do ultimo comentário postado, o militar da adm, alem de tirar o serviço de segunda a sesta-feira concorre a diversas escalas não tendo o fim de semana garantido como a maioria pensa, e em relação ao problema apresentado isso é mais comum do que se parece ser, ocorre a muitos anos na bicentenaria PMMG, coitados dos militares do interior que não tem o seu direito de ir e vir cerciado, contrariando a carta magna deste país,

E para concluir minha observação a este caso, fico impressionado com o descaso das associações que nada faz para ajudar esses valorosos policiais, para mim essas instituições viraram cabides de emprego e fazem mal, mal a parte de clube, é uma cambada que engole tudo que o comando ordena, e que não luta pelos os direitos da classe, como que pode a melhor policia do país e o estado com a segunda maior arrecadação pagar R$ o salário de miseria aos seus policiais, não acredito em mais nada, estamos nas mãos do governo e dos vendidos dessas associações.

Anônimo disse...

o ultimo comentario falou tudo!!!!
ba$ta

Anônimo disse...

Na minha região não é diferente. Se o militar pegar licença médica, que seja um só dia, tem que ir ate ao BPM que fica à 160 KM, de onde trabalha ou ate mais distante. Fica aqui uma pergunta, sera que o laudo médico da cidade que trabalho não tem valor legal? Como o médico da SAS pode recusar um atestado de um medico credenciado pela propria PM, ou por outro que não seja credenciado, tanto faz, desde que seja comprovado seu registro médico. O PM alem de ter gastos com a viagem, muita das vezes esta debilitado para fazer tal viagem, e é obrigado a ir a SAS sob ameaça do atestado não ser homologado, e ser punido por faltar a escala de serviço. Boa tarde, vai aqui meus agradecimentos ao Universo Policial, que tanto faz por nós policiais.

O CARRASCO DA MORTE disse...

AQUI EM RONDONIA TAMBÉM É ASSIM FAZ TEMPO....MESMO DE ATESTADO,VC NAO TEM DIREITO A FOLGA NO DIA POSTERIOR AO FIM DO ATESTADO.....SE CAIR NUM FERIADO OU FIM DE SEMANA,TEMOS QUE NOS APRESENTAR PARA O COMANDANTE DA GUARDA DO QUARTEL EM QUE SERVIMOS...A GLORIOSA PM É EZATAMENTE IGUAL EM TODO O PAIS..SÓ OS PRAÇAS QUE SE FODEM...PRINCIPALMENTE SENDO SOLDADO..
ATENCIOSAMENTE SOLDADO LUIS CARLOS NASCIMENTO

Anônimo disse...

o que fazer com aqueles policiais que só "pegam atestados"no dia em que estão escalados de serviço?aí ele não trabalha, folga 48h, no terceiro dia pega outro atestado, aí folga mais 48h e assim vai...., pq será que não "adoecem" nos dias em que estão de folga??? isso é um fato que merece destaque, pois causa insatisfação naqueles que cumprem com seu dever, não acham?????

Anônimo disse...

Na verdade,isso esta acontecendo em todas unidades, porém as frações destacadas são mais atingidas, ainda há pensamentos que os praças são superior ao tempo e a tudo. Na maioria dos casos, quando um Policial " praça" chega a procurar um medico, é por que realmente esta necessitando, muitos estão estressados,carga horaria "pesada", outros com depressões e por ai a fora, ha praças que ate trabalha doente, pois assim prefere, do que enfrentar a burocracia de homologar atestados, aja vista que relatorios de outros especialistas civis, não tem valor ,fé publica, pois na maioria são constestados pelos " julgadores". As pressões e abusos ocorrem livremente. Os " julgadores", não entendem que o trabalho dos praças são diferentes e alto risco, ao contrario dos mesmos que trabalha uma escala confortavél, e que sobra largo tempo, para trabalhar em hospitais e consultorios particulares.

Anônimo disse...

A Policia, nos últimos tempos teve um grande avanço, temos que lutar para melhorar ainda mais, do praça ao oficial, todos são servidores publicos, concursados, para servirem a sociedade, temos que buscar uma melhor qualidade de vida no trabalho, e um Policial doente, como podera prestar um bom serviço?, é uma situação complicada, se o "praça", e limitado a tratar da saúde, é pressionado a não licenciar, esta burocracia ou " abusos", vai ocasionar transtornos diversos na Segurança Publica, gerando outros maiores, e a perda da credibilidade na sociedade. Se o Policial, esta doente, deve consultar, ser medicado, ter repouso, ter seus direitos respeitados. Devemos levar esta situação aos nossos representantes politicos, a justiça, em busca de uma solução , uma carga horaria justa, uma qualidade de vida no trabalho.

Anônimo disse...

Vejamos que ; quando um médico, esta de plantão 24 horas em um hospital, ali ele possui toda estrutura; cama, televisão, computadores, alimentação,outros, além do mais varios auxiliares. Faz o que pode, com tranquilidade, a exemplo dos médicos das instituições militares, quando de plantão, aguarda em casa, com todo conforto, e ainda possui folga de 72 horas.Ao contrario do praça , que trabalha 24 por 48 horas, parece que ainda tem comparecer na instruçao semanal e outros,sobreaviso, uma atividade de risco, pois seu objeto de trabalho é uma arma de fogo,e sua função é em torno de algo mais precioso do ser humano a " LIBERDADE", e quando em frações destacadas, exerce muitas funções no mesmo turno, telefonista, relator, radio operador, plantao, recepcionista, e outros, então o cansaço fisico e mental é muito grande, é uma porta aberta para as enfermidades. É mais do que justo, tratar da propria saude, e não sofre interferência na sua licença, e de forma alguma posteriormente, pode sofrer abusos. A Constituição Federal, esta ai e deve ser cumprida.

Anônimo disse...

As mudanças estão ocorrendo muito rapido no sistema de todos estados brasileiros,fatos apresentados neste, deverá em pouco tempo ser solucionado. Tem que ter heraquia e disciplina, uma direção justa, gerando uma melhor condição de trabalho para o servidor e seus direitos ser respeitados previsto na CF/88, percebe se que realmente deve haver uma reforma no estatuto, em todo sistema, veja que no proprio sistema militar federal, atualmente, seus servidores possui qualidade de vida no trabalho, e assim por diante. Por isso de grande importancia procurarmos sempre eleger mais representantes.

Anônimo disse...

Entendo ser necessário a judicialização destes procedimentos, pois nem resolução, ainda que do comando geral ou governador, ou quaisquer outro tipo de documento poderá inovar no mundo jurídico criando ou extiguindo direito ou gerar obrigação a não ser a lei, e até onde conheço estas ordens, não devem ser cumpridas ou se cumpridas forem por quaisquer que seja merece ser levadas à apreciação do judiciário inclusive com indicação da autoridade de forma subsidiária para que esta arque com a responsabilidade, pois, isto é crime de abuso de autoridade aquela 4898, que ainda se encontra em vigor.
Apenas para ilustrar, quanto à posturas das associações:
Caso vc esteja com o seu carro estragado à margem da rodovia e vc permanece no interior do veículo com sua familia no interior e portas fechadas, perguntos: Alguém irá parar para ajudar? Ao contrario o carro estraga vc desce abre o capu, sinaliza com luz intermitente, logo aparecerá ajuda. Da mesmo forma é quando precisamos de ajuda para empurrar o carro, se permanecermos em seu interior, ninguém manifestará em ajudar, até porque não saberão o que esta acontecendo, mas se começamos a empurrar ainda que sozinhos, logo aparecerá quem nos ajude.
Enfim, para que nos ajude é necessário movimentarmos, e mais, quem é as associações se não nós mesmos, se os diretores que ai estão são omissos vamos assumir estes lugares e mostrar que é possível fazer algumas coisa.

Anônimo disse...

Complicado d+ isso viu....
Ja vi isso acontecer d+++
Kd o direitos humanos pra olhar isso? ou so serve pra olhar o lado de bandido?
Kd os deputados q representam a classe???

Anônimo disse...

bom dia, este é só mais um exemplo da gloriosa Puliça militar , que se diz guardia da lei e da ordem mas abusa da a todo momento do poder que emerge do cargo,para praticar as mais diversas autrocidades contra seu publico interno, o referido memorando do comando geral e papel higenico é a mesma coisa, pois os comandantes das diversas unidades de bh não estão nem ai para este memorando, que autoridade tem este comandante geral, no BPE, militares estão sendo obrigados a se apresentarem no dia seguinte para cumprirem as 6 horas de serviço, num flagrante desrespeito ao memorando e visivel abuso de autoridade sera que já não é hora do MP entrar nesta briga a corregedoria de policia militar esta ai atuante como sempre, fizeram comunicação disciplinar de diversos militares que estavam portanto equipamentos de nylon, no cinto, senhores parece piada mas não é, é hora de reagir, acorde.

Anônimo disse...

Bom dia, realmente é um absurdo....
Agora alguem sabe qual a saida para essa situação em regioes onde haja memorandos como esse: Memorando Nr01/08 - SRH -16º BPM. ????

Edenilson de Sousa Rodrigues disse...

teve um ai em cima que disse '' por que não adoecem nos dias que estão de folga''... meu caro não pode pensar assim, quando o cara esta debilitado ele deve ser dispensado do serviço sim, passar mal e pegar atestado na folga, ridiculo seu raciocionio...
tenho um comentário sobre um dispositivo da resolção de férias. Conheço uns amigos fazem operação , ou algma interevenção cirurgica nas férias e não pedem de volta esses dias, afinal ''estão de férias''pura bobagem pois as férias serão interrompidas, em caso de prisão, internação ou licença médica, ou seja, se durante as férias o sujeito passar mal crõnico, e atestar junto a SAS, ele terá aqueles dias a mais nas férias ou contadas em dobro para aposentadoria. É um absurdo Cmt's que não respeitam essa regras. O foda , são os chapeleiros , que pegam atestados e vão pra roça, clube , churrascada, etc,enquanto deveriam estar cuidando dos motivos que o licenciaram , isso é que queima.

Anônimo disse...

VAI TRABALHAR EM BETIM QUE FICA BÃO...LÁ NÃO TEM NADA DISSO..RSRSR

Anônimo disse...

AQUI NO MS ADM SÓ ADM NAO TIRA SERVIÇO NO FIM DE SEMANA, A NAO SER EM CASO EXCEPICIONAIS COMO CARNAVAL E OUTRAS FESTAS, FORA ISSO DE SEG A SEX, DAS 07:30 AS 13:30 E MAIS NADA E AINDA NAO FUNCIONA, ATÉ PRA TIRAR FERIAS SE TEM QUE SOLICITAR POR MEIO DE PARTE SENAO NAO TIRA ELES ESQUECEM. ABAIXO O MILITARISMO NA POLICIA, NAO SOMOS RECRUTAS DO EXERCITO, ATENDEMOS A SOCIEDADE QUE É MUITO MAIS COMPLEXO, ACONSELHO QUE SEMPRE QUE RECBER ORDEM ABSURDA PEÇAM POR ESCRITO, OU ELES DAO DOIS PASSOS PARA TRAS OU POEM SUAS CABEÇAS A PREMIO. FAÇAM ISSO VCS VERAO O RESULTADO. ABRAÇOS A TODOS E Q EM 2011 TUDO SEJA MELHOR PARA NÓS!!!

Anônimo disse...

Teremos que ser radicais para que as coisas possam mudar...
O poder existe, os abusos do poder também, contudo temos livre arbitrio para cessar o "poder" arbitrário, ja que a constituição não é obedecida...

Anônimo disse...

REALMENTE É UM ABSURDO. QUANDO OS NOSSOS SUPERIORES DESLOCAM DO SEU SERVIÇO ORDINÁRIO OU SEJA SERVIÇO ADMINISTRATIVO PARA DAREM AULA NOS CURSOS PMMG " CTSP OU TPM E OUTROS " E GANHAM MUITO BEM PARA ISSO, POIS COMO SABEMOS O VALOR DA REMUNERAÇÃO DE HORA AULA É MUITO BOA. SERÁ QUE ELES REPÕE AS HORAS QUE ELES ESTÃO ALI FAZENDO UM EXTRA NO HORÁRIO DE SERVIÇO ??? NINGUÉM NUNCA ATENTOU PARA ISSO, MAS PARA PREJUDICAR OS PRAÇAS QUE ESTÃO DE SERVIÇO NA RUA.... COBREM RESPOSTA PARA ESTA PERGUNTA...

Anônimo disse...

No 33 BPM em Angra dos Reis,RJ,isso existe faz tempo,e se voce nao tiver com doença Infecto-contagiosa,tem que cumprir o atestado na sede da OPM.ARBITRARIEDADE!!!!!!!!!!!

Policial Militar disse...

Falta de humanismo é a dos PPMM buscarem atestado médico por dores diversas, agora só falta pedir licença médica por ter dor no pensamento.
Outra coisa, a atitude é corretíssima, pois o atestado médico apenas livra o faltoso para o dia "x", e não para as folgas que ele teria caso trabalhasse no dia "X".
Senhores policiais, parem de reclamar, choramingar, todos nós sabemos que os atestados médicos "chovem" aos milhares, pelo simples motivo de PREGUIÇA, obviamente não generalizo não, mas, a maioria são imbróglios.
Vamos trabalhar, somos pagos para isso, menos enrolação, e mais ação, somos pagos (bem ou mal) para servir a sociedade, e não para querer obter vantagens escusas.
Sei do que estou falando, e vcs tb sabem, portanto, PARA DE CHORAR, e mostre o seu valor trabalhando.

Anônimo disse...

NO MEU ENTENDIMENTO É UM ABSURDO,SUPERIOR DESLOCAR ATE MESMO DE FRAÇÕES DESTACADAS, PARA "APLICAR AULAS", NO PRÓPRIO TURNO, COM EXCELENTE REMUNERAÇÃO.DEVERIA SER ADOTADO APOSTILAS, E ASSIM INSTRUTORES E MONITORES APLICAREM A AULA, A EXEMPLO DE FACULDADES A DISTANCIA E OUTROS TELECURSOS. FOI MUITO INTERESSANTE A MENSAGEM ACIMA POSTADA PELO COLEGA, TEM QUE HAVER MUDANÇAS É UM ABSURDO!!!.

Anônimo disse...

MEUS COLEGAS, QUANDO ALGUÉM É LICENCIADO É PORQUE REALMENTE NECESSITA, SER AFASTADO PARA FINS DE POLICIA, POR EXEMPLO; ALGUÉM QUE ESTA ESTRESSADO, DEPRESSÃO OUTROS, UM ESPECIALISTA PODE LICENCIA LO E INDICAR PARA ELE UM PASSEIO JUNTO DA FAMILIA, E OUTROS LAZER,POIS O OBJETO DE TRABALHO DE UM SERVIDOR DA SEGURANÇA PUBLICA SIMPLESMENTE É UMA ARMA DE FOGO, TEM A MISSÃO DE SERVIR E PROTEGER A SOCIEDADE.NÃO DEVEMOS FICAR CRITICANDO O PROXIMO, AS VEZES AQUILO QUE VOCÊ DISSE QUE É " PREGUIÇA" DO COLEGA, PODE SER UMA DOENÇA PATOLOGICA GRAVE. ENTÃO UM ATESTADO MÉDICO TEM FÉ PUBLICA, TEM QUE SER ACATADO, SE NÃO FOR TOMAR PROVIDÊNCIAS JUNTO AO CRM,MINISTERIO PUBLICO E JUSTIÇA.E NÃO HA QUE FALAR EM RETALIAÇÕES POSTERIOR, PROCURE UM ADVOGADO.

Anônimo disse...

A AREA DE SEGURANÇA PUBLICA, A CADA DIA ESTA SENDO VALORIZADA, CREIO QUE EM BREVE HAVERA MUDANÇAS SIGNIFICATIVA, GERANDO UMA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO,COM CARGA HORARIA JUSTA,SALARIO JUSTO, SEM PRESSÕES.AGORA ESTA SENDO INJUSTIÇADO DE UMA FORMA OU DE OUTRA, PROCURE OS ESCALÕES SUPERIORES, OU ATE MESMO A JUSTIÇA. " OS QUE NÃO PROCURAM SEUS DIREITOS, NÃO SÃO DIGNOS DELE"- " A JUSTIÇA É CEGA PARA OS QUE DORMEM". FIQUE ATENTO REIVINDIQUE SEUS DIREITOS, É MELHOR DO QUE OUVIR SUGESTÕES DE UM E DE OUTRO.

DISSE JESUS " O MEU POVO SOFRE , POR, FALTA DE CONHECIMENTO".

Anônimo disse...

ENQUANTO,APOLICIA ESTIVER ATRELADA APOLITICA DO SD AO CEL,TODOS,TERÃO SEMPRE RECEIO DE REVINDICAR SEUS DIREITOS POS DE ALGUM MODO SOFRERA REPRESARIAS.A POLICIA DEVE SER SUBORDINADA AO PODER JUDICIARIO.

marcos disse...

OLHA COMPANHEIROS, TEM COISA QUE É BÁSICA E VEJO MUITA GENTE SE ACOVARDANDO, TEMENDO ATÉ COMUNICAÇÃO E ABERTURA DE VISTAS. TEMOS DIREITOS E DEVERES E A PARTIR DO MOMENTO QUE TEMOS LEGISLAÇÃO QUE NOS AMPARA E ELA É FERIDA, NÃO PODEMOS SIMPLESMENTE ACATAR E FORTALECER TAL CULTURA. SOMOS NÓS MESMOS QUE ALIMENTAMOS ESSAS INJUSTIÇAS QUE COMETEM CONTRA NÓS, POR EXCESSO DE PASSIVIDADE E TAMBÉM SOMOS AGENTES INDIRETOS POR ACEITAR MUITA COISA. NESTE CASO AÍ POR EXEMPLO, EU IRIA ATÉ AS ÚLTIMAS CONSEQUÊNCIAS, COMO JÁ FIZ EM OUTRAS SITUAÇÕES, AFINAL, NÃO POSSO CUMPRIR AQUILO QUE NÃO ESTEJA LEGALMENTE PRÉ DETERMINADO. QUANTO AS RETALIAÇÕES, SE FOR EXAGERADA TAMBÉM CABE DENÚNCIA.

Anônimo disse...

Claramente pelos exemplos dados, ainda falta muito para alcançarmos uma Corporação Justa para todos que fazem parte de seu quadro. Atualmente somento oficiais e cmt de alguma fração gozam de privilegios, cabendo aos praças ostentarem o onus to trabalho arduo. Lutemos contra essa desigualdade juntos!!!

Anônimo disse...

Sugiro aos companheiros que sofreram esse abuso, a enviarem copia da referida ordem de serviço para o escalão superior, para o Cb Julio, Sgt Rodrigues e meios de comunicação pertinentes, para que todos fiquem sabendo da real situação dos milicianos que estão na atividade fim da PMMG...

Anônimo disse...

vejo que a cada dia que passa a desigualdade entre a ADM e o Operacional e fica cada vez maior, temos que tomar cuidado com isso,os senhores observaram os ciclos de ferias 2011, o operacional tem que retornar ao serviço nos fim de semana e feriados, jah ADM emenda tudo. vamos acordar ....

Anônimo disse...

Isso é porque vcs não conhecem como funciona o 11º BPM (Manhuaçu), aqui é que o abuso e absurdo acontece, além de todos esses abusos ainda trabalhamos demais, além de meta de multas, temos 120 operações/mês e ainda 6 horas pra cumprir de operação natalina e férias seguras e destacamentos com 4 PMs na sua totalidade.E temos que ficar quietos porque aqui se transfere é pra 200 a 300 Km, é foda !

Anônimo disse...

Kd o nosso deputado que obteve mais de 90 mil votos?

Anônimo disse...

Concordo com as postagens e os comentários. Só faço uma ressalva quando é dito que em feriados nenhum militar da administração trabalha. Trabalho na Administração. No carnaval tirei dois dias de PA no deserto centro de BH. Tive que trabalhar de PA na Operação Natalina no centro de BH e ainda sair do PA e ir para a Cia colocar o serviço em dia, para não acumular, perder prazos e informar... Operação Natalina inclusive aos sábados e até em domingos... No Reveillon foram oito longas horas de PA na Praça da Estação...

Para as PRAÇAS da ADM tmb não está bom não...

Vamos sair desse senso comum de que ninguém na administração não trabalha, não faz nada. Não vamos generalizar, não vamos tomar um ou alguns casos específicos de alguém que fica atoa em alguma Diretoria, Centro ou até unidade operacional... e tomar como algo comum a todos que trabalham na administração. Se fizermos isso, agimos como muitos que julgam a PM de forma equivocada por causa de alguns fatos isolados... Cito como exemplo hoje os coitados dos analistas criminais de batalhoes e companhias... além do serviço na companhia ainda tem que levar serviço pra casa pra dar conta...

Vamos refletir...

Anônimo disse...

Na ADM se trabalha muito, porem se tem enormes benefícios, essa do ciclo das ferias e de morrer, o Operacional tem que voltar no fim de semana e feriados a ADM não, isso é um beneficio não é ????

Anônimo disse...

CONCORDO, COM A RESPOSTA ACIMA, SOMOS TODOS DA MESMA CLASSE, DEFENDEMOS A PARIDADE DE ATIVOS E INATIVOS, VESTIMOS A MESMA FARDA, MAIS O BENEFICIO VAI SOMENTE PARA UM LADO, ISSO NAUM EH CERTO TEMOS QUE NOS UNIR E SOLICITAR DO GOVERNADOR OU COMANDANTE GERAL, AS ENTIDADES DE CLASSE, PARA QUE NOSSOS DIREITOS SEJAM GARANTIDOS, SEJA NA DISPENSA/LICENÇA MEDICA OU NOS CICLOS DE FERIAS.....

Anônimo disse...

bom pessoal, sabemos que eles tem o poder nas mãos , mas não a força. a força somos nos praças, se não nos unirmos como foi feito na greve de 97, so comentarios de nada adiantarão. pensem bem e vamos sim dar um basta a essas pessoas que tambem representam o estado, mais eles acham e agem como donos da corporação. sabemos tambem que no alto escalão existem pessoas humanas, mas eles são a minoria, nada podem fazer para nos ajudar. entao praças da pmmg,estamos esperando o que.ate quando vamos ter de nos sujeitarmos aos cprichos puro e exclusivo dos arbitrarios? não são eles que pagam nossos salarios e sim o estado que nos representamos. e muito bem pelo salario que estamos recebendo. ai vem aquele papo: pense bem, la fora ta pior! mais la fora ninguem e morto so por ser um funcionario de uma detrminada empresa, por ser assaltado e o bandido descobrir e mata-lo, ter de fazer a segurança propria e de varias outras pessoas... e assim vai. e o pior e que ainda temos que passarmos por varias situações dentro da propria corporação. isso e muito chato mesmo. pensem bem praças da pmmg.

Anônimo disse...

E agora Renata!!!!!!!!!!!!!! Com Dilma a PEC 300 foi pro espaço esses FDP não gostam de polícia somente com uma greve nacional que viram as respostas Um abraço

Anônimo disse...

Isso só vai mudar no momento em que praça eleger deputado praça, pois são esses deputados que podem garantir a aplicação dos nossos direitos constitucionais, como por exemplo intimar um oficial superior a prestar "contas", na assembléia, de supostos atos arbitrários que, digam-se de passagem, raramente não acontecem aos praças.

Anônimo disse...

É lamentável que isto esteja ocorrendo. Como seremos uma Instituição grandiosa com esses abusos, certamente será preciso mudar a cultura de nossos profissionais. Mas lhe digo uma coisa meu amigo, tá ruim pra tudo que é lado em Minas! Tem uma mudança sendo iniciada no setor de saúde, que o Militar da ativa quando precisar consultar um médico civil conveniado terá primeiro que pedir autorização, e para isso marcar consulta com um médico na Gerencia Reg. de Saúde, para somente depois dessa novela realizar sua consulta na rede conveniada. Pensem bem, tá ficando horrível, igual ao plano dos militares do Governo Federal, um caos. Já é difícil arrumar tempo ir ao médico conveniado, devido à escala de serviço, agora teremos trabalho dobrado, será preciso passar primeiro por um médico, para então depois ir ao outro médico. Talvez o IPSM esteja precisando economizar, e decidiu obrigar os militares a usarem os onerosos médicos da Instituição, é que a nossa contribuição é para o IPSM é muito pequena, sabe? Até no 13 desconta! Moral da história: "O que já era ruim vai ficar ainda pior".

Anônimo disse...

Quem vive de apresentar Atestato Médico, cada dia um com um CID diferente, o que deixa claro que a pessoa não tem nenhuma doença crônica so esqueçe que ALGUÉM terá que trabalhar e que se todos usassem o mesmo artifício, nossas famílias estariam nas maos dos marginais. Tomem juízo, trabalho é trabalho, sempre tem alguém que é o Chefe qualquer que seja o nome que voce queira dar. Em empresas privadas a coisa é muito mais hierarquizada. Parem de bancar as vítimas, isto acontenceu muto na vigencia do RDPM, hoje as coisas são bem tranquilas para quem se dispõe a trabalhar direito, Fazer o seu trabalho e pronto. Afinal todos queremos reformar com 30 anos, ter porte de arma e demais prioridades dadao ao MILITAR.

Anônimo disse...

O comentário do dia 11/01/2011, às 13:19 h, é bem coerente! Cada caso é um caso, mas temos que admitir que muitos enrolam e ganham dispensa sem necessidade. Isso acaba sacrificando os demais e desvalorizando a profissão. Vamos refletir sobre isso, companheiros!

Anônimo disse...

PARA O ANONIMO DO DIA 11/01 AS 13:19, SEI QUE VC E UM OFICIAL POR QUE SE ESCONDER NO ANONIMATO, NOS TEMOS QUE FAZER POIS SE EXPRESSAR NOSSAS OPINIÕES SOMOS PUNIDOS APAREÇA......

Ana disse...

No local onde meu marido trabalha não é diferente. A escala dele é 12/36 com dobradinha. Uma vez ele baixou na terça e teve q trabalhar quarta (pra compensar a terça) quinta e sexta, que era seu trabalho.
Ele dificilmente tem algum problema de saude e por isso dificilmente se ausenta do trabalho. Mas há cerca de um ano aconteceu o maior absurdo. Ele foi ao HPM de madrugada pois estava com febre. O médico pediu RX e disse q não era nada. Ai ele foi trabalhar e trabalhou ate de noite e de baixo de chuva. Passou mal novamente e voltou ao HPM. Com os mesmo RX do outro dia a médica identificou que ele estava de pneumonia. Foram 4 dias de atestado. Como o ultimo dia coincidia com o dia de trabalho, ele teria q trabalhar na folga. Eu, que já sabia desse absurdo, contei isso à médica que, indignada com esse abusou refez um atestado para 5 dias...
Isso é ilegal em qquer lugar do mundo. Vc não faltou ou trocou o serviço, vc estava doente. Não tem q pagar as horas ou coisa assim.
Eu não sabia desse Memorando nr 11228.1/98-EMPM.
Vou imprimir, caso ele ou outro colega precise. Vamos ver o que dá.

Anônimo disse...

HA UMA TRAMITAÇÃO NO SENADO, A PEC 21 QUE TRATA DA DESMILITARIZAÇÃO DA POLICIAS, TALVEZ PODERA SER APROVADA, E SURGIR MUDANÇAS.

Anônimo disse...

INFELIZMENTE, HÁ SIM DIFERENÇA NO TRATAMENTO ENTRE OPERACIONAL E ADM.MÁS A INSTITUIÇÃO ESTA CAMINHANDO PARA MELHOR, COM AVANÇOS, LOGO TODA A PARTE ADM. SERA TERCERIZADAS, AUMENTARA O EFETIVO OPERACIONAL, ACABANDO COM ESTA DIFERENÇA, DESTA FEITA HAVERA UMA MELHOR PRESTAÇÃO DE SERVIÇO A SOCIEDADE

Anônimo disse...

Estou na gloriosa faz quatro anos e nesse tempo nunca apresentei atestado medico, chegando a trabalhar me sentindo mal para nao prejudicar algum colega que seria fatalmente escalado para meu lugar. Mas esta semana fui vencido por uma inflamacao na garganta, o que me deixou de cama. Fui ate a Cia PM entregar o atestado, visivelmente abatido, e tive que escutar um militar dizer que eu "tava querendo dar um chapeu neles". Isso é um absurdo, me senti revoltado, mas temos hierarquia e disciplina né, engoli a seco e fui embora. Ate quando sofreremos com estes abusos?

Anônimo disse...

ADM e Operacional: O que se tem fazer é cada um cuidar do seu trabalho e deixar de se preocupar com a escala do colega. Sou Adm e já mencionei que qualquer colega do operacional que quiser vir para a minha escala, estou à disposição. Podem acreditar, não apareceu um só candidato. Já estive no operacional por muitos anos e sei como é. Quando viram que muitas vezes fico além do horário para cumprir prazos de documentos, muitas vezes tenho que ir ao quartel em horário de folga, pois há muitas coisas que só o adm pode fazer, entre outros. Para quem não sabe, ou finge não saber, temos empenhos extras, escalas especiais de carnaval, festas da cidade, natalinas, blitz da Minas em segurança, reforços n nas frações subrodinadas, etc, etc, etc. Sem o adm o operacional não vai bem, tenham certeza disso. Por essas e outras que considero todas as atividades da PM importantes, senão não estariam aí. O que ocorre é o ciúme com relação aos outros. O dia que passarmos a observar mais o que diz respeito a nós mesmos, ao nosso próprio comportamento, direitos e obrigações, as coisas encaminharão melhor. Como dizem por aí, "o que ao outro pertence é sempre melhor que o que me pertence", será mesmo? Críticas são importantes, mas com inteligência, fundamentos, respeito ao próximo. Temos que ser mais unidos para alcançarmos nossos objetivos. Um abraço a todos, boa noite e que Deus ilumine a mente dos que teem pensamentos negativos e outros maus sentimentos.

Anônimo disse...

Olá,sou PM e fiquei sabendo que em Juiz de Fora militares precisam pegar uma guia de referencia no Nais ,autorização,para só então poder marcar uma consulta nos médicos conveniados ao IPSM,ou seja se tiver uma consulta marcada no seu medico e não conseguir marcar para pegar esta autorização ,antes da consulta no conveniado,no Nais não poderá se consultar.Alguem por favor poderia me dizer se isto é legal e se vem acontecendo em outros lugares.Obrigado.

Anônimo disse...

Infelizmente, os que mais sofrem injustiças são os PMs dos interiores, são massacrados nas escalas de serviços, e mesmo enfermo tem que trabalhar, pois são perseguidos. Más em breve sera criada uma NOVA POLICIA, pois a Sociedade é Civil , o Governo é Civil, por que uma Policia MILITAR, isso é pensamento de vários legisladores e toda nossa liderança Politica, este é o projeto que recentemente esta em discussão. Então as injustiças que ocorrem nas escalas de serviços , a desvalorização do homem quando adoecem e a desvalorização da família policial militar, é que gera reflexo negativo, e fortalece a cada dia uma criação de uma NOVA POLICIA CIVIL. Outro absurdo que vivenciamos , é quando um Militar adoece e somente tem um prazo de 6 horas para homologar o atestado médico, e mesmo quando o médico militar estiver nas suas funções particular, o militar tem que deslocar ate ele, é um grande desgaste.

Anônimo disse...

Nos interiores quando um militar adoece, trabalhando ele escala de serviço 12x36 horas, tem que trabalhar uma escala extra de 6 horas, uma forma de " castigo ". Porém não atinge o Pessoal da administração, pois estes goza de todos direitos, inclusive quando retorna das férias, geralmente cai em uma sexta feira somente no próximo dia útil que apresenta para o trabalho, enquanto demais é no seguinte dia. O certo seria criar uma escala padronizada no estado com os mesmos direitos e deveres, e a EXTINÇÃO da homologação de atestado dentro de 6 horas ou no próximo dia útil , e que os atestado somente seria homologados após 15 dias de licença médica.

Anônimo disse...

Pessoal, olhem só o que eles fizeram, retiraram o memorando do ementário, não tem como ler o que consta nele, só consegui porque graças a Deus um PM tinha copiado o teor e postado aqui. Valeu!
Olha só como aparece na pesquisa do ementário:

o Não foi possível encontrar o arquivo anexo

Memorando 11228, 1998-05-07
Tipo: Memorando
BGPM Associado:
Acessos: 2060
Situacao: Em Vigor
Origem: EMPM
Anexo: Memorando 11228 - Escala especial.pdf
Comentário
Não há comentário cadastrado

Descrição
Escala especial para militares licenciados/dispensados.

Anônimo disse...

Senhores POLICIAIS, meus cumprimentos:

Respeito a opinião de todos, fico muito a vontade em falar de tal assunto pois hoje como oficial, uma vez que já fui soldado e sargento sei como funciona bem o sistema da nossa caserna. Existe sim uma grande massa de "militares" que não querem nada com a instituição fazem dela um "BICO" e acham pouco e colocam atestado medico justamente no dia de serviço. Sei que isso acontece pois muitos colegas já usaram desse artificio para se livrar de um serviço. É muito triste pois ali ele mostra a falta de compromisso com a instituição, aproveita que é amigo ou tem um parente que é medico e pega um atestado, mesmo sabendo que vai prejudicar não só o serviço mais um colega. Hoje estou com 43 anos de idade, 22 anos de policia sempre na operacionalidade mesmo com um tiro sofrido no joelho esquerdo, uma calcificação óssea no tornozelo direito e duas hérnia de disco, não deixo de lutar. Não me obrigaram a ser policial eu vim por quer quis, não sou covarde meus atestados sempre foram por justa causa, sempre respeitei meus companheiros e sei que sou exemplo para outros policiais que tem compromisso com a instituição. A PM é maravilhosa o problema esta em alguns gestores, estou vendo as legalidades para cobrar o que justo para os militares e para a minha instituição. Lutem pelos seus direitos e extermine com aqueles que querem lhe destruir abusando dos seus direitos.

Att. A lenda viva!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo