Sobre as promoções na PMMG

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Semana passada, como todos sabem, saiu o quadro de acesso de oficiais e praças. Houve muito descontentamento, inclusive muitos policiais estão postando comentários no blog a respeito do assunto ou nos enviando mensagens.

O ponto que mais está causando "revolta" é o da antiguidade, visto que militares com menos tempo no posto ou graduação estão sendo promovidos antes dos mais antigos. Ninguém está discutindo se isso é legal ou não, pois está previsto na lei que seja dessa forma. A questão é se isso não estaria corroendo a hierarquia e a disciplina na instituição.

Até mesmo eu, que estou incluído no quadro acesso, fiquei bastante triste por saber que, infelizmente, muitos colegas não foram incluídos. É uma sensação estranha, pois a gente faz o curso com o colega, sabe que ele é bom de serviço, dedicado, e a gente entra no quadro de acesso e ele não. Sinceramente, eu fiquei triste em saber que muitos colegas de turma, ou melhor, a maioria (2/3) não serão promovidos este ano, caso não saia um quadro de acesso complementar.

Eu não fiz nada a mais do que muitos que não estão no quadro de acesso, talvez eu tenha feito até menos. O que me ajudou foi o fato de que, quando eu trabalhava no operacional, eu fazia relatório de tudo. Nisso eu consegui minhas 10 notas meritórias, que valem ponto, e mais umas vinte menções elogiosas escritas, não pontuáveis, mas que creio serem levadas em conta pela CPP. Tirei uma nota razoável no EAP, 85, o que também me ajudou.

Mas e o graduado que trabalhou na Administração, como ele vai conseguir recompensas pontuáveis. Esse foi o caso de um colega da minha Unidade. Excelente profissional, valendo ressaltar que foi ele quem implantou o REDS no Batalhão, mas por trabalhar na ADM conseguiu apenas 3 notas meritórias, se não me engano.

Já partindo para os finalmentes, a minha sugestão é de que os critérios para a promoção sejam aferidos na forma de apto, inapto, desimpedido, impedido. Seria assim. O militar tirou a média estipulada no EAP, está apto nesse critério. Obteve a média na AADP, está apto nesse critério. Encontra-se no conceito XY, está apto nesse critério. Não está preso, processado, etc, não está impedido. Sendo verificado que o militar está apto em todos os critérios e não se encontra impedido, ele é promovido, não havendo mais a promoção por merecimento ou por antiguidade. Mais ou menos como ocorre com a promoção de soldado para cabo. Os militares iriam sendo promovidos de acordo com o tempo na graduação, seguindo-se uma sequência de antiguidade, salvo os casos de inaptidão ou impedimento.

Não sei se essa é a forma mais correta. É apenas minha sugestão. Creio que seria boa porque obrigaria o militar a estudar, a ter um bom conceito disciplinar e um bom desempenho profissional, mas de outra forma, por não ser "classificatório", ele também não precisaria ser excelente em tudo. Acabaria com a competição predatória.

Bom, senhores, por falta de tempo, hoje não posso escrever mais sobre o assunto. Fica lançado o tema para debate. Quem quiser dar sua opinião, criticar ou dar sua sugestão, desde que de forma respeitosa, utilize o campo de comentários.



Gostou desta postagem? Então cadastre-se AQUI para receber as atualizações do Universo Policial no seu e-mail ou no seu agregador de Feed/RSS.

81 comentário(s):

Anônimo disse...

Parabéns ao autor do BLOG pela promoção. Embora não o conheça pessoalmente, apenas pelo portal criado percebemos que é merecedor.

Infelizmente, essas leis recentes que alteraram os critérios de promoção na PMMG, a qual muitos consideraram justas, serviu apenas para legalizar e institucionalizar a “furação de olho” nas promoções. Verifica-se, principalmente nas promoções dos Oficiais, que os “escolhidos”, os apadrinhados de cada turma vão sendo promovidos no primeiro 1/3 ou no primeiro 1/5 de cada turma em detrimento dos demais. De nada adiantam as notas dos cursos de formação, EAP, CESP, CEGESP... e recompensas, se a CPO pode tirar pontos a vontade e promover quem quiserem.

Com este sistema, de nada adianta o mérito individual, mas prevalece o QI (QUEM INDICA).

Senhores Sargentos, muita atenção!!! Já se verifica essa prática em vossas promoções!!!

Anônimo disse...

Eu discordo do autor porque antes um terceiro sargento para ser promovido esperava dez ou mais anos, hoje são no máximo oito anos. Não tinha limite de notas meritórias e elogios, os "peixes" viviam ganhando recompensas, principalmente quem trabalhava na ADM. O cara organizava ou participava de um evento e ganhava uma recompensa, isso não era justo, acontece muita furação de olho ainda, mas hoje é mais difícil tem que justificar. Eu sou a favor do mérito, sou contra dar de graça qualquer coisa sem esforço, porque o que não se consegur por esforço nós seres humanos temos a mania de não valorizar. Acredito na capacidade de todos, se eu quero ser promovido primeiro devo me esforçar e estudar para que isso aconteça. Se os mais modernos estão sendo promovidos na frente dos mais antigos é porque fizeram por merecer.

Anônimo disse...

ocasionalmente o militar come livro, tira notas altas mas na hora do confronto desaparece. mereceria ser promovido ele ou aquele que prende, traz resultado?

Anônimo disse...

Bom dia! Tenho ouvido sobre a necessidade de se idenizar o Estado em caso de ingresso à Reserva Remumerada, após o CHO. Vocês tem algum documento que contenha essa informação?

Um abraço...

Anônimo disse...

caros companheiros, 1º Sgt e SubTen...
vcs já deram uma conferida na relação de chamada para a 2ª fase do CHO?
Só deu 2º Sgt, são merecedores, estudaram e mostraram que são capazes.
Agora, fico a pensar, os 1ºSgt e SubTen, não tem qualquer motivação, os 1º Sgt tem que esperar 19 anos no quadro pra concorrer à graduação de Sub, é o meu caso, que tenho 15 anos. os SubTen, uma vez promovidos, não têm qualquer espectativa de ascessão à carreira, visto que a "briga" por uma vaga no CHO com essa garotada 2º Sgt, é quase que impossivel conseguir... Acho que deveria reduzir o tempo para a promoção de 1º a Sub, 15 anos seria o ideal. E proncipalmente abrir uma determinada porcentagem de vagas ao CHO para os Sub Ten. Obrigado!!!!

Anônimo disse...

O que eu penso que é uma incoerência é o TJM reconhecer a prescrição da punição disciplinar em 2 anos e a PMMG ainda ativar a punição, mesmo já ocorrendo esse período. Por causa de uma "prestação de serviço", a qual foi ativada mesmo depois de quase 3 anos, não entrei no quadro de acesso, sendo que se não houvesse a ativação da punição que já prescreveu , eu seria promovido.Agora tenho que entrar com liminar, para reconhecimento da dessa prescrição, por parte da PMMG.

Anônimo disse...

Parabéns ao autor do BLog pela merecida promoção.
Como já foi postado acima, parece haver algum tipo de "furação de olho" nas promoções na PM, muitos "afilhados" figuram em suas turmas muito abaixo e aparecem com uma excelente nota e no 1ª terço da turma no QA. O que acontece é o apadrinhamento, ou o QI, mas faça-se justiça, pelo menos respeitam o ano base.
Seria de bom alvitre que o Comando da PMMG pudesse olhar com carinho e alterasse esta Lei de promoção, voltando as duas promoções por ano, a antiguidade e ainda que o Sub Tenente, possa galgar o oficialato tal qual acontece no Exército.
13 anos (no mínimo) para o 3º Sgt ir a 1º e 18 para ir a Sub é uma aberração e tem que acabar.

Anônimo disse...

AS PROMOÇÕES DEVERIAM SER POR TURMA, SENDO QUE O SEGUINTE:

5 ANOS NA GRADUAÇÃO 1/3 MERICIMENTO
6 ANOS NA GRADUAÇÃO + 1/3 MERICIMENTO
7 ANOS NA GRADUAÇÃO ÚLTIMO 1/3 ANTIGUIDADE.

RESPEITO A SITUAÇÃO DE IMPEDIDO OU NÃO, ONDE O PRIMEIRO DE UMA TURMA NÃO SERIA PROMOVIDO ANTES DO ÚLTIMO DA OUTRA, QUEM SABE ASSIM IRIA CORRIGIR AS DISTORÇÕES.

Sgt Carvalho disse...

O tema da promoção na PMMG é realmente tormentoso. Acredito que adotar a soma vários critérios e válido (nota de curso, EAP, recompensas, tempo de serviço etc)mas desde que seja procedido de forma criteriosa. As recompensas na PMMG ainda são muito subjetivas e influenciam derradeiramente nas promoções.
Entendo ainda que a promoção de apenas parte da turma em cada ano também seja aceitável (se todos os critérios forem objetivos) pois isso fomenta a excelência profissional.
Por outro lado, o que me parece o cúmulo da injustiça é promover um policial de uma turma mais moderna antes de promover aqueles aptos da turma anterior.
Assim, penso que o correto seria promover metade da turma em um ano e outra metade no ano seguinte. Desta forma os remanescentes da turma anterior manteriam a sua antiguidade.

Sgt Carvalho disse...

Em tempo: antes que digam que meu discurso é típico de descontentes, devo registrar que estou no quadro de acesso, todavia compartilho da indignação daqueles sargentos da turma de 2004 que ainda não serão promovidos, meesmo não estando impedidos. ISSO PRECISA ACABAR URGENTE!

Anônimo disse...

2º Sargento.
Boa tarte! Sou sargento de 1995, tenho 15 anos na graduação e cinco como 2º SGT. temos que lutarmos pela volta do critério por "ANTIQUIDADE" nos Sargentos de 1993,1994,1995,1996 e 1997. Ficamos mt projiticados com o novo regime de promção por merecimento. Não hove a faze de transição e os mais modernos estão sendo promovidos na nossa frente, isto é um abrsudo.

Anônimo disse...

Boa tarte! É precizo unirmos os 1º e 2º Sargentos, juntamente com os CAP e MAJ mais antigos e lutarmos, para que voltem o griterios por antiguidades nas promoção, pois os mais modernos estão nos deixando para traz. Onde fica a "ANTIGUIDADE" que a cúpula da PMMG saiba da nossa insatisfação. Pois estamos tomando chapeu dos mais modernos. Isto não pode mais continura. Vamos fazer que estas MSG chega aos CORONEIS da nossa clorioza PMMG.

Anônimo disse...

1º Sgt Júnior - 5º BPM
Com a nova politica de Reforma implantada n PMMG, o número de Sub Tenente na ativa ficou escasso. Esperavamso que o Sr Comandante Geral Promovesse todos os remanescente de 1989 e 1990 que ainda seria pequeno o número destes Graduados mas, ajudaria aos Militares que estão em fim de carreira a terem uma aposentadoria melhor.
Espero que o Sr Comandante Geral reveja e solte um Quadro complementar.

Anônimo disse...

2º Sargento da 5ºRPM. tem esperança que o Comandande geral solta um novo Q.A. Pois tenho 15 anos na graduação de SGT e cinco como 2º SGT e não estou no Q.A. atual e tenho todos os riquizitos p/ a promoção a 1º SGT. Nos os mais antigos temos que lutarmos pela volta das promoção por griterio de antiquidade igual a do exercio brasileiro, se nõa com ficara a " ANTIQUIDADE" na PMMG. ou a antiquidade na PMMG esta acabando, Boat tarde a todos.

Anônimo disse...

onde está nossas associaçoes representativas,sgt rodrigues, cb júlio, sub gonzaga, major marcio ronaldo.em 16 dezembro de 2010, nada foi feito sobre as promoçoes, sequer uma complementação.estamos sub julgados,desmerecidos,a hierarquia acabou? a antiguidade morreu,onde se concebe um militar mais moderno ser promovido em detrimento do militar mais antigo.estamos na pmmg uma organização séria pautada de grandes pessoas e valores. acordem estamos em uma democracia, nossos direitos tem e devem ser assegurados. reflitam representantes, até quando voces ficarão calados, nao estão dando conta ou já estao cansados ou tomando providências antes de 25 de dezembro de 2010.não estamos cometendo nenhum ato ofensivo a dignidade de pessoas, estamos querendo respeitosamente direitos. nossa corporação é digna e não pode coadunar com tais situações, injustiças, a pmmg é nossa enquanto nela estivermos ela estara dentro de nossos corações e até quando enquanto existirmos.força fé em deus e perseverança, somos ou não pessoas honestas e trabalhadoras nossos direitos são manifestados em um simples tudo bem, somos amparados por uma constituição.fizeram assembleia extraordinária para que? tudo bem ninguem prejudicado todos felizes.é estamos fadados ao insucesso estamos acomodados de nossos direitos somos só demagogos. é o final infelizmente.

Anônimo disse...

Herança da época feudal, o modelo de administração patrimonialista atende aos interesses da classe dominante, representando mero instrumento de usurpação de poder. Por isto, o nepotismo e a corrupção são inerentes a esta forma de administrar.

Nas palavras de Carlos André Tamez, “o patrimonialismo compromete a finalidade básica do Estado de defender a coisa pública, pois as atividades públicas deixam de estar comprometidas com a melhor relação custo benefício para a sociedade. Desta maneira desloca-se o foco da atenção da sociedade para as questões que privilegiam a vontade de poucos”.

Em síntese, o precitado sistema de administração propicia uma confusão entre os cargos públicos e o próprio grau de parentesco e afinidades entre os ocupantes do poder, sendo na verdade, uma continuidade de grupos familiares ou de pessoas ligadas por interesses comuns, nem sempre republicanos.

Nessas condições, percebe-se que o sistema de promoções por merecimento na PMMG e no CBMMG, é apenas um resquício deste modelo feudal, que, infelizmente, ainda persiste no âmbito da administração pública nacional.

Apesar de algumas maquiagens legislativas, todos sabem que, na verdade, as avaliações empreitadas pelas Comissões de Promoção de Oficiais (CPO) e de Promoções de Praças (CPP), diga-se de passagem, realizadas sigilosamente, funciona como uma eleição, onde prevalecesse o parentesco, a afinidade ou proximidade dos candidatos com os detentores do poder, in casu, os Coronéis.

Por isto, à míngua de uma verdadeira avaliação meritocrática, prevalecem as avaliações e notas emitidas pelas CPO e CPP, como instrumentos para definição daqueles que serão beneficiados por este sistema. Posteriormente estes mesmos beneficiados, serão os responsáveis pela sua perpetuação, de forma, que os interesses do grupo de poder e de famílias tradicionais no Oficialato, estarão sempre preservados.

Ante o exposto, contata-se que a questão das promoções por merecimento é estrutural e resultante de um modelo feudal. Para resolver esta questão, o primeiro passo seria acabar com os conceitos emitidos pela CPO e CPP, como fatores de aferição de mérito, e aperfeiçoar os demais fatores previstos na legislação, quais sejam: Formação Acadêmica, Disciplina, Tempo de serviço no posto/graduação e Avaliação de Desempenho, emprestando-lhes objetividade, transparência e direito a ampla defesa e ao contraditório.
É lamentável, que as pessoas não tenham vergonha ou não fiquem indignadas ao compulsar um Quadro de Acesso, em que Oficiais que ingressaram no Oficialato em 1991, são promovidos ao Posto de Tenente Coronel em detrimento de Oficiais que ingressaram no Oficialato cinco ou seis anos antes.

É muita humilhação. Ninguém merece este tipo de tratamento. E depois, ainda trombeteiam discursos de respeito à dignidade da pessoa humana e aos valores cristãos. Quanta hipocrisia!

Para terminar, ainda, divulgam o Quadro de Acesso na sexta-feira para que os favorecidos comemorem no final de semana, e, os preteridos assimilem a rejeição institucional, vez que na segunda-feira, já começa a corrida para o próximo Quadro, ocasião em que, aqueles que não entraram no Quadro de Acesso, serão advertidos de que qualquer manifestação de insatisfação poderá resultar em transferência de Unidade, ou impedi-los de entrar no próximo Quadro de Acesso.

Ficam as seguintes reflexões: As entidades de defesa da classe e os políticos oriundos das bases continuarão coniventes com este modelo? Qual a razão de tanta maldade com colegas de profissão e suas famílias? Será que ninguém vai chegar ao Comando-Geral, ou ao Governo, e dar cabo a esta situação? BOa tarde a todos.

Anônimo disse...

Herança da época feudal, o modelo de administração patrimonialista atende aos interesses da classe dominante, representando mero instrumento de usurpação de poder. Por isto, o nepotismo e a corrupção são inerentes a esta forma de administrar.
Nas palavras de Carlos André Tamez, “o patrimonialismo compromete a finalidade básica do Estado de defender a coisa pública, pois as atividades públicas deixam de estar comprometidas com a melhor relação custo benefício para a sociedade. Desta maneira desloca-se o foco da atenção da sociedade para as questões que privilegiam a vontade de poucos”.
Em síntese, o precitado sistema de administração propicia uma confusão entre os cargos públicos e o próprio grau de parentesco e afinidades entre os ocupantes do poder, sendo na verdade, uma continuidade de grupos familiares ou de pessoas ligadas por interesses comuns, nem sempre republicanos.
Nessas condições, percebe-se que o sistema de promoções por merecimento na PMMG e no CBMMG, é apenas um resquício deste modelo feudal, que, infelizmente, ainda persiste no âmbito da administração pública nacional.
Apesar de algumas maquiagens legislativas, todos sabem que, na verdade, as avaliações empreitadas pelas Comissões de Promoção de Oficiais (CPO) e de Promoções de Praças (CPP), diga-se de passagem, realizadas sigilosamente, funciona como uma eleição, onde prevalecesse o parentesco, a afinidade ou proximidade dos candidatos com os detentores do poder, in casu, os Coronéis.
Por isto, à míngua de uma verdadeira avaliação meritocrática, prevalecem as avaliações e notas emitidas pelas CPO e CPP, como instrumentos para definição daqueles que serão beneficiados por este sistema. Posteriormente estes mesmos beneficiados, serão os responsáveis pela sua perpetuação, de forma, que os interesses do grupo de poder e de famílias tradicionais no Oficialato, estarão sempre preservados.
Ante o exposto, contata-se que a questão das promoções por merecimento é estrutural e resultante de um modelo feudal. Para resolver esta questão, o primeiro passo seria acabar com os conceitos emitidos pela CPO e CPP, como fatores de aferição de mérito, e aperfeiçoar os demais fatores previstos na legislação, quais sejam: Formação Acadêmica, Disciplina, Tempo de serviço no posto/graduação e Avaliação de Desempenho, emprestando-lhes objetividade, transparência e direito a ampla defesa e ao contraditório.
É lamentável, que as pessoas não tenham vergonha ou não fiquem indignadas ao compulsar um Quadro de Acesso, em que Oficiais que ingressaram no Oficialato em 1991, são promovidos ao Posto de Tenente Coronel em detrimento de Oficiais que ingressaram no Oficialato cinco ou seis anos antes.
É muita humilhação. Ninguém merece este tipo de tratamento. E depois, ainda trombeteiam discursos de respeito à dignidade da pessoa humana e aos valores cristãos. Quanta hipocrisia!
Para terminar, ainda, divulgam o Quadro de Acesso na sexta-feira para que os favorecidos comemorem no final de semana, e, os preteridos assimilem a rejeição institucional, vez que na segunda-feira, já começa a corrida para o próximo Quadro, ocasião em que, aqueles que não entraram no Quadro de Acesso, serão advertidos de que qualquer manifestação de insatisfação poderá resultar em transferência de Unidade, ou impedi-los de entrar no próximo Quadro de Acesso.
Ficam as seguintes reflexões: As entidades de defesa da classe e os políticos oriundos das bases continuarão coniventes com este modelo? Qual a razão de tanta maldade com colegas de profissão e suas famílias? Será que ninguém vai chegar ao Comando-Geral, ou ao Governo, e dar cabo a esta situação?

Anônimo disse...

concordo com o que foi dito, pois é de se envergonhar a falta de critérios justos para a promoção. Realmente, os protegidos vão primeiro, em detrimento daqueles que ralam e se dedicam igualmente para fazer essa policia andar para frente.
Muito mais nos envergonha, os antigos serem deixados a ver navios. Isto realmente coroe a base institucional da hierarquia da PMMG.
Talvez seja por isso que se fala mais veementemente em desmilitarização. Isso é o fim da coerência, e início de um tempo tortuoso para a instituição.
Grato pela oportunidade!

um simples cidadão disse...

pra mim tem que acabar com essa coisa de 1º sgt ...1ºten ... só deveria existir sd,cb,sgt,ten,cap,major,coronel e só! ou vou mais além , poderia haver só policiais , o povo nem quer saber dessas burocracias antigas e problemáticas , queremos policial na rua patrulhando e mantendo a ordem e é claro ganhando bem , tendo como diciplina os mais antigos e em condições , pronto essa é a minha opinião!

Anônimo disse...

Acredito que para não haver injustiças, o ultimo terço da 1ª turma, no máximo, deveria ser promovido junto com o 1º terço, da segunda.

O fato de ser promovido 1 ano depois de uma turma mais moderna, sem ter na ficha causa de impedimento, é no mínimo submeter o mulitar a uma humilhação injusta e desnecessária.

Minha opinião.

Anônimo disse...

A questão é que todos nós militares ralamos em detrimento às vezes do convívio familiar, e que por muitas vezes devemos explicar aos familiares que o dever nos chama e por isto não damos a devida atenção aos mesmos, contudo, o que vemos é esta bagunça institucionalizada da PMMG, que não sabe dar valor aos mais antigos. Pedem aos mais antigos para encaminhar os novatos, com menos experiência; ensiná-los a trabalhar, mas o que recebemos é isto, uma falta total de consideração dessa polícia quase falida por desrespeito a sua base institucional de hierarquia.
Como pode, um militar com sete, oito, ou nove anos de serviço, em mesma graduação de um com quase vinte anos.
Vou dizer uma coisa, nem mesmo a PEC 300 é capaz de amenizar a decepção dos militares mais antigos. É reconhecido que até mesmo os novatos se constrangem com tanta falta de bom senso.
Caros amigos, deixemos esta balela de ICV, e vamos nos dedicar mais a familia, por que esta sim nos reconhece, e merece de nós maior atenção.
Vamos entregar nas mãos de Deus esta situação que nunca irá se resolver por coerência desse Cmt Geral; mas famos nos unir em indignação a esta furação de olho.

Anônimo disse...

Companheiros, o caso é sério, a PMMG está acabando. Lista complementar já! para se fazer justiça aqueles militares que não possuem restrições para serem promovidos, e mesmo assim, foram injustiçados.
Eu estou no quadro de acesso, vou a 1º Sgt, mas não fiz tanto quanto alguns colegas que quase moreram em serviço, e não estão. Coitados! Que Deus os abençoe para não serem novamente sacaneados ano que vem.
Um forte abraço, e agradeço a oportunidade de expressar minha indignação.

Anônimo disse...

Quando cheguei, inocente, acreditei ...
Lutei, vibrei, cantei, sorri e chorei ...
Ufa! Como trabalhei...
Ao ver as injustiças, me decepcionei...
Hoje, felizmente, acordei ...
De acreditar, deixei ...
E o amanhã, não sei.

Anônimo disse...

Esperar 19 anos para ser incluído na lista de promoção a sub-ten é um dos maiores absurdos que já presenciei, sou sgt de 1996, graças a DEUS consegui ser incluído no quadro de acesso deste ano, mas vejo que ainda existem muitos sargentos, bons e até melhores do que eu que foram deixados de lado. como cobrar produtividade se a tropa não é valorizada. no meu batalhão demora quase um ano para uma nota meritória ser submetida ao crivo do CEDMU, e quando isso acontece, geralmente acaba por ser concedido ao militar menção elogiosa escrita, enquanto que em outro batalhões coisas menores são contempladas com Nota meritória.

Anônimo disse...

Estou decepcionado com essa PMMG, so não fui promovido porquê precisava de 03 notas meritorias para adquirir 0,09 décimos, mas diante de tantos bons serviços mederam nada mais, nada menos do que
treze menções elogiosas que não valem nada; preferia ter recebido só três notas meritorias.
Mas os peixes recebem nota meritoria em tudo, e na maioria das vezes elogio individual. Vejam só que dão elogio individual para quem faz campanha de agasalho, mas não reconhecem os militares de trincheira, que estão na lida diária pela sobrevivência da instituição e da família.
A corregedoria da polícia pode fazer levantamento nos batalhões, são sempre os mesmos que são indicados para medalha; diplomas de operacionalidade etc, sem mover uma só pena.
Será que essa polícia vai aguentar chegar a mais um centenário com tanta sacanagem.
Libertas que será tamem!!! Não nos deixemos ser sacaneados e vamos reivindicar por honestidade e justiça no critério de promoções.

Anônimo disse...

Amigos do Universo Policial, estão de parabéns por mostrar que existe este tipo de sacanagem na Polícia Militar, e não é de hoje que não se dá valor a antiguidade na PMMG. Essa história de antiguidade é posto, está caindo por terra. Não acredito mais nesse sistema. Como vamos combater coisas erradas, se as instituições as quais mais devemos acreditar não são lá estas coisas de honestidade.
Deve-se sim fazer justiça aos mais antigos.
Ainda bem que vou ser promovido nesse quadro de acesso agorra de 2010, mas me sinto um pouco constrangido até de usar a divisa de 1º Sgt perto de um meu colega que não vai ser promovido, mas que tiro o chapéu para ele, pois o considero até melhor que mim. Se pudesse abria mão até da promoção e dava a opotunidade a ele.
Mas para se fazer a justiça dos homens, o certo mesmo é respeitar a antiguidade e todos irmos.
Com certeza, não vai haver injustiças no céu.

Anônimo disse...

Por essas e outras que a PM esta acabando, pois os mais antigos nao tem seus direitos repeitados,por isso que juntei todo o meu tempo e passei para a reserva,por ter decepções como estas, de ser furado nas promoções e ninguem tomar providencias.que o meninos que estam chegando agora tenham muita paciencia pois estam sendo tirado todas as vantagens que exitiam, cmo os qq.

Anônimo disse...

Acho que querem nos escravizarm pois sairam com uma nova resolução de quem fazer curso ter de obrigatoriamente pagar com tempo de serviço, mesmo tendo os olhos furados pelos mais modernos.
Ninguém gosta de ser sacaneado, pois bem fiquemos de braços cruzados esperando nosso tempo para sair dessa casa de sacanagens.
grato!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Caros companheiros, sou Sgt de 1995 e quando fiz o EAP o critério era apto ou inapto, e era requisito para promoção à 2º Sgt, com esta nova lei de promoção o EAP que fizemos para ser promovido a 2º Sgt acompanha o graduado na promoção de 1º Sgt e SubTen. Então porque não podemos repetir o EAP como os 3º Sgt? Isso é uma forma de tratamento deseigual....deveria ter o EAP para os 2º Sgt e somente este EAP ser avaliado.

Anônimo disse...

MORTE FICTA AOS EXCLUÍDOS

Acusado
Por não ter jogado
Condenado, sem ser processado

Morte ficta, esta foi a pena
Transitada em julgada
Executada

Profissionalmente sepultado
Sem homenagens
Esquecido e não promovido

Frustração total
Corpo sem alma
Aguardando o juízo final.

(AUTOR: Fênix)
(Este poema é um singelo registro da profunda angústia daqueles injustiçados em suas carreiras profissionais).

Anônimo disse...

Companheiros,

Um dia desses um colega, que é um grande profissional, pai de família, honesto e sujeito inteligentíssimo (mas não é puxa-saco), disse para um outro militar que "perdeu completamente a esperança na justiça de sua promoção ou recompensas como receber medalhas e outras", mas não vai deixar de trabalhar, mas pede a DEUS para que consiga reformar, e caso não consiga (por alguma percalço da vida), 'QUE MORRA EM SERVIÇO' para não deixar sua família em situação de penúria.

MEU DEUS, SERÁ QUE ESSA NÃO É A REALIDADE DE QUASE TODOS?

Anônimo disse...

Bom dia a todos!

Sou, ops, estou 3º Sgt na PMMG e fiquei com 8,42 na ficha de promoção (contando que tirei 90% no EAP)e não fui incluído no Quadro de Acesso.

Não estou nem aí (acredito que ficar praguejando vou ficar mais estressado e com os cabelos mais brancos!). Gostaría, claro, de ter sido incluído, mas... não fui. Bola pra frente porque a vida continua.

Ah, sim. Também passei no CFO e segunda-feira vou fazer o famigerado TAF. Vamos ver no que vai dar... e se não der certo também, bola pra frente do mesmo jeito.

Abraços a todos!
3º Sgt PMMG

Anônimo disse...

deveria ter mais lealdade o CEDMU,tem policiais dando o sangue vestindo a camisa e recebendo menção elogiosa,outros compre um simple MBA e recebem nota meritoria ,não da pra ficar revoltados?

Anônimo disse...

palavra de "calão",ok,meu nobre!

Anônimo disse...

por experiencia própria vejo que a "peixada" e que manda na corporação! se o militar nao for puxa-saco e x-9, só leva ferro.
a instituição nao valoriza o policial que corre atras, alias o que vale é a hipocrisia e a furação de olho.
caros amigos, eu ja decidi que vou terminar minha faculdade e sair fora da PM, porque estou perplexo com o que esta ocorrendo. tenho a pmmg na veia, mas estou desacreditado...
para os que persistirem, que Deus abençoe voces e suas familias!

gostaria que abolissem a ADM da PMMG e colocassem funcionarios civis no lugar...temos que por fogo na moita de pessoal que fica so sugando a tropa!

um abraço!

Alves disse...

Concordo plenamente com você, pois, utilizar as recompensas como critério de pontuação para promoção está sendo uma concorrência muito desleal.
Eu acompanho várias publicações em BI, de unidades distintas, e verifiquei que ações, prisões, e apreensões iguais praticadas por militares distintos dão recompensas diferentes conforme entendimento de cada Comandante ou Comissão.
Chega a ser tão discrepante que alguns são beneficiados com elogio em certa ocorrência que para outros gera apenas uma menção elogiosa escrita ou se não for apenas uma verbal.

Anônimo disse...

Meus amigos!, entendo que a solução pra tudo isso, seria a desmilitarização, pois haveria um processo de promoção diferente e justo. Pois impedimentos só seria valido, se fosse transito/julgado em última instancia.Desta feita acabaria com ; pontuações, recompensas e outros, esse negocio de prisões , apreensões, e outros, nada mais do que a propria função de policia.

Anônimo disse...

Deveria ser implantado a exemplo da Bahia, a extinção de promoções 3,2,1, permanecendo somente os titulos ex; Sd, Sgt, Ten, Cap, Maj,Coronel. Sendo adaptado as promoçoes para posto a graduação o tempo de serviço. Desta forma, acabaria, com estas discurssões ou injustiças das promoções.( Sugestões)

Anônimo disse...

Injustiçados foram os cabos, com mais de Dez anos de efetivo serviço, que passaram a ser convocados para o CEFS, apos 15 anos de cabo. Sendo que a Lei é bem clara 10 anos, ficando assim prejudicado em 05 cinco anos, estes deveria de imediato ser promovido a 2 Sgt, por questao de justiça.

Anônimo disse...

Companheiros, estou pedindo para contar tudo que tenho pois vou sair o quanto antes, pois do jeito que a coisa anda, é possivel haver peixada e furação de olho até para garantir a aposentadoria. Não aguento mais ser sacaneado. Um forte abraço, e que Deus abençõe os carajosos que ficam nessa fabrica de injustiças.

Anônimo disse...

Concordo que todos merecem promoção, mas não dá mais para desmerecer a antiguidade.
Creio que Tiradentes hoje se envergonharia da bagunça como a PMMG está. Libertas que será tamém, e todos por sí só. Que Estado é esse meu Deus do céu, que não respeita os mais antigos.
Grato!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

As promoções na PMMG sofrem interferencias da parcialidade. Dizem serem feitas em critérios objetivos, Mas na realidade não é o que se vê, Um exemplo disso,são as notas meritórias, que são concedidas subjetivamente pelo o comandante do militar.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

A ignorancia cabe mesmo em qualquer lugar, um absurdo esse comentário ultimo ai, deve ser uma pessoa invejosa e decepcionada com a vida, sem amor próprio e sem profissão, mas todos tem o direito de se expressar suas dores seja ela como for, decepção inveja e até mesmo ciumes.... Parabéns aos demais comentários, devemos sim tentar pelo menos brigar pelo reconhecimento de toda classe em se tratando de promoções pois não acho justo a forma pela qual adotaram, devem sim criarem vergonha na cara e lançar uma Lista complementar para se fazer justiça e acabar com essa vergonha que esta sendo o critério de promoções.....obrigado pela oportunidade, tenham um bom dia!!!

Anônimo disse...

Deve ser alguém doido(a) para entrar para a PM e não conseguiu ou então um mané que está no meio e só quer falar besteira para tumultuar.
Mas pelo que disse acho que é da caserna mesmo, e inrustido.
Todos têm direitos de expressar suas opiniões, mas abaixar o nivel é inaceitavel.
Sugiro ao dono do blog que apague o post desse infeliz e os outros relacionados.

Anônimo disse...

ESTE DISCURSO DE QUE VAI DE ENCONTRO A HIERARQUIA TAIS PROMOÇÕES É DEMAGOGIA,AFINAL ESTÃO FALANDO SÓ DE SARGENTOS E OFICIAIS. E QUANTO AOS SOLDADOS E CABOS ANTIGOS QUE ASSISTEM "RECRUTAS" FAZENDO PROVA PARA SARGENTO ANTES MESMO DO PROBATÓRIO ACABAR??? NÃO SERIA INJUSTO TAMBÉM? TAL PROVA (CFS) NÃO DEVERIA SER DESTINADA SOMENTE AOS POLICIAS COM MAIS DE CINCO ANOS DE POLÍCIA? ANÁLOGO AO CHO??? PORTANTO, ENQUANTO HOUVER ISTO COM CABOS E SOLDADOS ANTIGOS, ACHO QUE TAL AFIRMAÇÃO REFERENTE O MÉTODO DA CPP E CPO NA MINHA OPINIÃO É DEMAGOGIA, POIS TAL QUEBRA DE HIERARQUIA TAMBÉM OCORRE QUANDO PROMOVEMOS UM SOLDADO COM UM ANO NA FRENTE DE CABOS E SARGENTOS.

Anônimo disse...

O AUTOR DO TEXTO NÃO TEMPO NEM PRA ESCREVER DIREITO, AFFF....ENTÃO MANDA OUTRO ESCREVER...FALA, FALA, FALA E FALA E NÃO TERMINA O RACIOCÍNIO. TINHA QUE SER UM CIVIL PRA ESCREVER SOBRE A PM, UM CIVIL BEM CRÍTICO, AÍ SIM ACABARIA COM ESSA GATAGEM...

Anônimo disse...

Bravo ao autor do texto que fala sobre a promoção de soldados recem formados na frente de cabos de zilhoes de anos de experiencia a sua frente, é vergonhoso, e humilhante toda esta situação mas ao ver só acabaria com esta pouca vergonha se o sistema todo fosse reformado, digo extinção completa do militarismo e seus diversos postos de puxa sacos e x9 a promoção tem que ser pela competencia, a avaliação tem que ser objetiva e não subjetiva como no processo atual onde se o comandado for amiguinho do chefe, leva e traz quero dizer leva e leva, tenhamos mais dignidade e respeito entre nos, e por falar no tiradentes ele foi mais um sofredor nas mãos dos tiranos de sua epoca, traido não se esqueça disso por um coronel"silverio dos reis" se voce não sabia da patente do mesmo e mais lei o livro do Dr França em que ele afirma que tiradentes morreu de velhice na terra natal de seus pais portugal e em seu lugar mataram um mendigo qualquer pense nisso.

Anônimo disse...

SOU MILITAR DA ATIVA E TENHO VÁRIOS AMIGOS QUE ESTÃO NESSA SITUAÇÃO DESAGRADÁVEL. E AINDA POR CIMA, ALÉM DESSAS INJUSTIÇAS, NÃO OUVIMOS MAIS NINGUÉM FALAR ALGO POSITIVO SOBRE A PEC. E AÍ? ESTAMOS À DERIVA? A PMMG, QUE DIZEM SER TÃO RESPEITADA NO BRASIL ESTÁ ACABANDO? QUEM VIU E VIVEU 1997 SABE O ESTOU DIZENDO!!! 2011 PROMETE...FELIZ ANO NOVO E QUE DEUS NOS ABENÇOE.

Anônimo disse...

Companheiros,

O SISTEMA DE PROMOÇÃO DAS IMES É MUITO COMPLEXO E TUDO QUE É COMPLEXO, SEGUNDO UM PENSADOR AMIGO MEU, É PARA DIFICULTAR O ENTENDIMENTO E SER ACEITO SEM MUITOS QUESTIONAMENTOS.

OS TRABALHOS DAS COMISSÕES DE PROMOÇÃO É "RESERVADO". O QUE ME ESPANTA É SER CHAMADO DE PROCESSO E COMO TAL, NÃO DEVERIA SER "RESERVADO" PARA O PRINCIPAL INTERESSADO, O COGITADO À PROMOÇÃO.

ORA, SE É PROCESSO, É INQUISITORIAL, POR NÃO ADMITIR A PARTICIPAÇÃO DIRETA DO INTERESSADO (DO COGITADO) DIRETAMENTE COM A RESPECTIVA COMISSÃO DE PROMOÇÃO, DAÍ, CONCLUI-SE SE É INQUISITORIAL E DECIDE DIREITO À PROGRESSÃO NA CARREIRA (IMPLICANDO EM VANTAGENS PECUNIÁRIAS, PREVIDENCIÁRIAS E OUTRAS), É INCONSTITUCIONAL (POIS, O PROCESSO DE PROMOÇÃO NÃO ASSEGURA O EXERCÍCIO DA AMPLA DEFESA E DO CONTRADITÓRIO, NÃO POSSUI TRANSPARÊNCIA - É RESERVADO - ALÉM DE OUTROS VÍCIOS).

ACREDITO QUE O PROCESSO DE PROMOÇÃO PASSOU DA HORA DE SER REPESSANDO, SOB PENA DE SÉRIOS E IRREMEDIÁVEIS PREJUÍZOS ÀS IMES.

Anônimo disse...

parabens pela promoção, mas esse quadro de acesso é todo errado a começar la de baixo, os SGT ainda tem expectativas de subirem de posto mais rapido, ja os SD/CB tem de amargar 10 anos para ganhar uma graduação, agora pq a diferença?? uma pessoa que entra no CFO pode chegar a coronel sem nenhuma prova apenas por merecimento veja quanto posto ele ganhou, ja o que entra no CTSP sem prova ele consegue chegar ate a graduação de SGT isso é justo?? é legal pq ta previsto em lei mas nao é justo acho que deveria estabelecer 5 anos em cada graduação ou posto independente de merecimento pq todos merecem pq trabalha e cumpre com seu dever de Policial Militar, tem muitos cabos que ja completaram 10 anos na graduação e msmo assim tem que ficar esperando a boa vontade de convoca-lo para o CEFS isso é justo?? nao é e sabemos que nao.

Anônimo disse...

A minha pergunta é a seguinte?? Por quê eles exigem a foto de túnica do candidato a Oficial se a Administração Pública deve ser revestida de um dos critérios mais basilares da Administração Pública- A Impessoalidade e a Publicidade - Porquê é sigiloso (É a escolha do Papa?????). Nosso Professor Anastasia que é mestre em direito Administrativo vai gostar de saber o que está sendo feito. As pessoas não podem usar a Máquina administrativa para satisfazer seus interesses pessoais. Critério nenhum á não ser o respeito ao tempo de serviço no posto (Antiguidade) resolve o problema. AADP, EAP, Elogios, Medalhas etc. etc. etc. Tudo isto é desculpa para passar os "peixinhos na frente" e se vingar de alguém porquê não é um grande de um "puxa- saco", carregador de maleta para Coronel.

Anônimo disse...

Quando ingressei na PMMG, achava que estava no local mais íntegro, justo e dentro dos melhores conceitos de ética e moral.Passados vinte anos e após ter deixado de ser promovido sem nenhum motivo por duas vezes, perdi completamente a fé na instituição. È lamentavél, acordar todos os dias e ter que ir trabalhar numa instituição falida e totalmente corrompida por aqueles que tinham a obrigação de defendê-la, os coronéis com seus enormes EGOS e sua total falta de compromisso com conceitos básicos como justiça, verdade e respeito. È a cria matando seu criador.Duro é conviver com isso e ser só mais uma vítima e não poder fazer mais nada a não ser desabafar de forma anônima, já que não estava conseguindo dormir.

Anônimo disse...

GOSTO DO QUE FAÇO ..
SÓ ACHO UM ABSURDO TERMOS QUE FICAR SUBJUGADOS A DUAS OU TRÊS PESSOAS ,QUE RECEBEM GARGOS DE CONFIANÇA ,TEEM SALÁRIOS DIFERÊNCIADOS DOS DEMAIS ,POR ISSO NÃO FAZEM NADA PELA TROPA,PROMOÇÃO VIRA UM JOGO DE CARTAS MARCADAS ,ONDE TEMPO DE SERVIÇO É DEIXADO DE LADO ,E ENTRA OS APADRINHADOS.
É UMA VERGONHA VER ISSO ACONTECER,ESSA SITUAÇÃO PRECISA E DEVE SER MUDADA ....COM URGÊNCIA
NOSSA GLORIOSA NÃO PODE-SE SE PRESTAR A ESSE PAPEL...
MUNDANÇA JÁ ..
PRA ONTEM...

Anônimo disse...

E INCRIVIVELMENTE ABSURDO...
Um Cb que tinha pretencao de ir para a reserva como 3 Sgt, agora faz o CEFS e pode ocorrer de sair como 1 Sgt.
Um Sgt de 1993,1994 ou 1995, que contava com a promocao a 2 Ten na reserva, se nao houver mudanca na lei de promocao, pode ter a infelicidade de sair como Sub Tenente.
Este absurdo, como varios outros citados acima e gerador de uma angustia que pode levar a serios problemas de saude, familiar e outros.

Anônimo disse...

Estão premiando a 'furação" na promoção dos Sargentos;
Estão premiando a "inercia" para os Cabos com mais de 10 anos;
Acabaram com o CEFO alegando que o praça com curso superior estaria sendo beneficiando em relação ao civil. Hoje o cara só forma oficial, no mínimo, com 26 anos de idade e sendo bacharel em direito. Onde que um sd vai conseguir fazer curso de direito, com estas escalas humanamente desiguais.
Estão desmerecendo a gente, abrindo pouquissimas vagas no CHO, como foi o caso do Bombeiro(13 vagas!!!)

Anônimo disse...

As promoções na Pm somente ocorrerão de forma justa a partir do momento que tivermos mais atitude e cobrarmos do comando da PM com mais postura, para todos possam saber que os praças e oficiais vislumbram uma carreira na PM e não podemos concordar que apenas a mente de uma meia dúzia de coroneis possam traçar o distino de toda uma corporação ao sem bel prazer

Anônimo disse...

que monte de opiniões distorcidas cada um olhando para o seu umbigo.
-para os cabos antigos do CFES SÃO VERDADEIROS GUERREIROS,DEVERIAM TER SIDO PROMOVIDOS A MAIS TEMPO,CAREGARAM A GLORIOSA NOS OMBROS MUITOS ATÉ COM A PROPRIA VIDA.

-PARA OS valorosos SARGENTOS DE 93,94 E OUTROS,SÃO COM CERTEZA INJUSTIÇAS ,POIS MUITOS DEMORARAM MUITO TEMPO PARA SEREM PROMOVIDOS,DEVERIAM UNIR MAIS AOS DEMAIS COLEGAS DE FARDA ,AO INVÉS DE CRITICA-LOS,COM CERTEZA VOCÊS MERECEM ,PROMOÇAÕ E RETROATIVO POIS FICARÃO PREJUDICADOS,UNIDOS SOMOS MAIS FORTES,CADA GERAÇÃO TEM SUA HISTORIA E PRECISAMOS RESPEITÁ-LAS.

-olha no passado o militar ingressava na pm apenas com o primário completo,e muitos ás vezes não sabiam nem assinar o nome mas ajudaram a engrandecer o nome da pmmg em todo cenário brasileiro.
-e´sabido que todos nos que aqui estamos precisamos de melhorias ´(pra ontem),corrigir injustiças ,levar propostas,acompanhar ,e cobrar de nossas entidades de classe e representantes na assembléia melhoria para toda a tropa já.

-a exemplo do maranhão o comandante geral ,levou proposta para a governadora (roseane Sarney) reduzindo pela metade o tempo de promoção exemplo: o soldado que esperava 10 anos na graduação para ser promovido a cabo ,passou para (5 anos).

-quando nos isolamos (ficamos cada um a olhar para o seu umbigo ,o tempo passa e tambem as oportunidades,de cobrarmos melhorias para toda a familia policial militar....

QUE POSSAMOS SER MAIS UNIDOS ,POIS TODO REINO QUE SE DIVIDE,NÃO PROSPERA.....

Anônimo disse...

É brincadeira a PM perseguisão por todos lados a instituição esta falida moralmente as injustiças saltam aos olhos e 10 na mesma graduação e dureza mas so se vc for praça, pra falar a verdade so tenho uma coisa a dizer no que tange a promoção de praças principalmete de SD/CB é brincadeira viu pita que pariu, não tem cu que aguente, tem que morrer gente senão nada vai mudar

Anônimo disse...

para que servem os coroneis na pmmg?
-principalmente os que representam a tropa diante do governador a pmmg tem mais de 200 anos de existência bonito maravilha, e ai o que tem sido feito para corrigir injustiças,para melhoria na carreira do policial militar.
-tais como militares com mais de 10 anos na graduação sem promoção.
-não se respeita antiguidade.
-extinção do CEFO.
-SERA´`QUE ESSES REPRESENTANTES,SÃO NOMEADOS PARA MANTER ESTATUS,POIS NÃO LEVAM PROPOSTAS ,NÃO FAZEM NADA PELA TROPA ,QUANDO O FAZEM ,FAZEM POR PRESSÃO DAS ENTIDADES,OU REPRESENTANTES POLITICOS NA ASSEMBLEIA ,SÃO REPRESENTANTES DA TROPA E DEVERIAM LUTAR PARA MELHORIA EM TODOS OS ASPECTOS ........

Anônimo disse...

Associações!
Pelo amo de Deus façam alguma coisa, os Sds, Cbs, Sgts e Sub Ten merecem respeitos pois são as molas mestres da Instituição. Sr Cmt Geral é hora de acordar e nos valorizar, o senhor demonstra ser um homem integro, honesto, competente, por favor seja sensível a nossa causa. MUDANÇA JÁ NO SISTEMA DE PROMOÇÃO DA PMMG.

Anônimo disse...

Ei gente alguem viu por ai nossos representantes? tem alguem ai...............tá dificil ,ver um companheiro chegando ao ponto de abdcar de sua carreira sua vida por injustiça de um sistema de promoções perverso,não adianta investimentos em equipamentos ,viaturas ,se o principal de toda essa engrenagem ,a mola mestra (o ser humano o policial,esse não tem nenhum investimento,é deixado em ultimo plano ,ou nem é lembrado)precisamos já ,pra ontem de melhorias ,na parte da habitação (promorar falido),mundanças no sistema de promoções para toda a tropa (pra ontem) ,uma politica salarial digna.....
-A FAMILIA POLICIAL NECESSITA DE SOCORRO ...HELPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP

Anônimo disse...

O que eu acho mais absurdo na gloriosa pmmg e ver um cabo com apenas seis meses na graduação,recebendo diferença de sargento,um verdadeiro apadrinhamento,realmente o fator antiguidade na gloriosa estar acabando,os cabos mais antigos além de terei que esperar quinze anos para fazerem o curso,ainda tem que conviver com estas injustiças.tenho certeza que em todos os batalhoes da policia militar esta injustiça esta ocorrendo,por favor fazem uma pesquisa.

Anônimo disse...

Ei, e quanto a revisão das promoções ? Está tudo muito quieto, que sinistro.

Anônimo disse...

Em 09 anos um oficial passou pelos postos de Aspirante, 2º Ten, 1º Ten, e atualmente é Capitão. Enquanto um Sgt, sem nenhum impedimento, no mesmo período, apenas saiu da graduação de 3º Sgt e levará mais uns 03 anos para concorrer à próxima promoção. Essa diferença com que são tratados os praças é absurda. Fica aí a questão: por que os praças tem que ser tratados com tanta desigualdade? Houve várias mudanças nos últimos anos, muita coisa melhorou, mas não pode parar por aqui. Em contrapartida as cobranças também aumentaram, com certeza.

Anônimo disse...

Os mais modernos são promovidos na frente é por que tem um elevado QI (Quem Indica), ou seja, pelo puxa-saquismo. A babação massageia o ego dos nossos comandantes.

Anônimo disse...

Interessante só se fala de promoções prejudicadas, quando se fala de Sgt/Oficiais, e, os Cb/Sd, que é de 10 anos para de Sd para Cb E 10 anos de Cb para Sgt.Olhem por nós também.

Anônimo disse...

QUER SABER? ESSES BLA-BLA-BLA AQUI NAO NOS LEVARÁ A NADA!!!
NADA A VER!
A ÚNICA COISA QUE VAI MUDAR DE FICAREM AQUI RECLAMANDO DA VIDA, É FICAREM MAIS PROPENSOS A TEREM UM INFARTE. MAIS NADA!

Anônimo disse...

Não fique esperando promoção, faça igual a mim, junte seu tempo e saia, estou passeando, pescando, esses dias fui para represa de Três Marias, peguei uma promoção de passagem aérea e fui para o nordeste brasileiro e estou muito feliz, compartilhando a felicidade com minha família e rindo de quem trabalha, para essa sociedade que não nos dá valor. Quer ser promovido seja muxiba, se trabalhar vai acabar na justiça militar ou comum.

Anônimo disse...

ACHO, QUE ESTA TENDO A INVERSAO DE VALORES ENTRE AS POLICIAS MILITAR E CIVIL, POIS ELES CONSEGUIRAM A PROMOÇÃO DE 5 em 5 ANOS, ESSA PROMOÇÃO FOI FIRMADA EM 1999 PARA A PMMG, E ATE HOJE NAO CONHEÇO NENHUM DO CTSP/99, PROMOVIDO DE 5 em 5 ANOS. SERÁ QUE ELES COPIARAM E CONSEGUIRAM O QUE A PMMG PROMETEU E NÃO CUMPRIU. POIS EM 1999 O CTSP/99, FORAM DE mais de 18 MESES DE CURSO. QUEM FEZ ESSE CURSO SABE QUE AS PROVAS ERAM ÚNICAS NO ESTADO E A MESMA FEITA NO CFC e CFS DE 1999 e 2000. QUEM ESTIVER DENTRO DESSA POSSIBILIDADE VERIFICA BEM E AVALIE SEU DIREITO E DIVULGUE.

Anônimo disse...

- As promoções na PMMG, infelizmente, são políticas, tendenciosas e pessoais, melhorou um pouco, mas quando alguém está marcado, eles levam para o lado pessoal,isto é comum na PMMG. O ideal, como forma de justiça, valorização do profissional, as promoções deveriam ser por tempo de serviço, completou o tempo, não havendo impedimento, promovido. Este negócio de pontuação, serve apenas para que as promoções sejam manipuladas.

Anônimo disse...

Sou da turma de 1994, comando dst há 12 anos, não tenho nenhum impedimento para a promoção, e ontém ao verificar o quadro de acesso, e mais um ano que passa e não consegui ser rpromovido. E ainda , em 2012 já terei tempo sufucuente para a reserva, porém se quiser ser promovido a almejar promoção imediata, terei que trabalhar 2 anos a mais. Estou realmente muito triste, não consegui nem participar da confraternização do pessoal da minha CIA. Colegas e apenas um desabafo.

Anônimo disse...

Como pode uma coorporação de se considerar séria diante dessa aberração que o critério de promoção?Eu tenho vergonha de falar pra minha família que,quando eu estava formando no CFO, depois de quatro anos, alunos do ensino médio que nem eram candidatos ao CFO,hoje estão sendo promovidos a major na minha frente...parabéns para eles...mas duvido que sejam melhores que eu...isso acontece em todos os postos e graduações...onde está o serviço de inteligencia da PM que não assessora o Cmdo para que veja o perigo para os pilares da Instituição? Senhor Cmt Geral...um cadete tomou bomba em 91, formou-se em 92 entrou no primeiro terço e foi promovido na frente dos colegas de 91...isso é Justo?

Anônimo disse...

Eu não estou há 12 anos mesmo posto, vejo há tres anos vendo colegas que nem conheci, sendo promovidos na minha frente...mas eu ainda acredito nos nossos comandantes.

Anônimo disse...

ESTOU AQUI PARA PASSAR TAMBEM MINHA INSATISFAÇÃO QUANTO A PROMOÇÃO DE 1º SGT A SUBTENTE, SIMPLISMENTE ABSURDO. ALÉM DE ESPERAR 19 ANOS, AINDA EXISTE O INTERTICIO. COM CERTEZA NÃO É A ÚNICA GRADUAÇÃO PREJUDICADA, TEMOS TAMBÉM OFICIAIS DIGNOS QUE ESTÃO MERECENDO POR MÉRITOS, ALGO MELHOR, SÓ NÃO ENTENDO POR ISTO AINDA NÃO MUDOU. JUSTIÇA PARA OS MAIS ANTIGOS.

arlensson disse...

CAROS COLEGAS,

EM 1999 FOI REALIZADO O CTSP, CONTUDO O MESMO REGIA QUE OS SOLDADOS SERIAM PROMOVIDOS A CADA 5 ANOS ÀS GRADUAÇÕES DE 3º/2º/1º SGT ATÉ CHEGAR A SUBTEN, CONTUDO ISSO NÃO ACONTECEU, ESTOU PROCURANDO POR DOCUMENTOS E REGIAM ESSAS PROMOÇÕES CASO ALGUÉM TENHA FAVOR ENTRAR EM CONTATO COM O EMAIL ABAIXO.
DESDE JÁ AGRADEÇO.

Anônimo disse...

Marmelada
Se minha nota era 8.45 e a do meu amigo era 8.40 e ai foi para a cpp, entao saiu o resultado o meu amigo foi promovido a 2ºsgt e eu nao, na relaçao de nomes a promoçao consta o nome do meu amigo e logo em seguida os sete ultimos da lista. a cpp so serviu para para encaixar os nomes de quem eles querem, cade a transparencia so sei deste fato devido estar proximo do meu amigo e saber a nota do mesmo, sendo que se a cpp te da nota 5 e para o outro 10 vc foi la para tras devido o fato de nao ter peixada

Anônimo disse...

Concordo plenamente com as indignações! No entanto, gostaria de saber se a postagem desses comentários ficam somente para quem acessa algo voltado para esse assunto ou se é divulgado para os setores responsáveis pela promoção dos sargentos, ou seja, se for somente um desabafo de todos os injustiçados, considera=se que deveria ser postado nota em jornais renomados para que fique claro as injustiças da PMMG e falta de reconhecimento pelos profissionais que dão sua vida em prol da segurança.

Anônimo disse...

Outro fator importante é que caso fique só entre vocês militares a revolta e indignação,será improvável alguma mudança a esse respeito. Portanto, uma sugestão, é que procurem os representantes políticos que só lembram dos praças quando querem votos, e lutem por seus direitos. Vocês merecem.

Anônimo disse...

Boa Tarde Senhores, sempre tive isso em mente, a Polícia so é boa para os oficiais, cmt geral na promoçao de 2012 fez voltar o criterio de antiguidade, mas este criterio de antiguidade so beneficia os oficiais, nao existe uma quantidade de oficiais nem de praças para a promoçao por antiguidade, sendo assim o cmt geral coloca a quantidade que ele quiser de oficiais para serem promovidos por antiguidade, e os praças ele coloca o minimo possivel, de todo jeito sempre vai haver desigualdade, o cmt geral tem colocar a quantidade de militares por turma que serão promovidos por antiguidade ...

Tony disse...

Quando foi aprovada a Lei em 2004, ocasião em que o Cabo com 10 anos na graduação seria promovido a 3º Sgt, pois bem, nessa época eu já tinha em torno de 15 anos de efetivo na graduação de Cabo, contudo só fui chamado para cursar o CEFS em 2008, fiquei 04 anos esperando a amorosidade da Adm Pública, gostaria se saber se tem algum processo neste teor, onde foi pleiteado a retroatividade na promoção de 3º Sgt.

Obrigado

Tony

Tonyp2@gmail.com

Postar um comentário

Comentários - Regras e Avisos:
- Nosso blog tem o maior prazer em publicar seus comentários. Reserva-se, entretanto, no direito de rejeitar textos com linguagem ofensiva ou obscena, com palavras de baixo calão, com acusações sem provas, com preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com a legislação nacional.
- O comentário precisa ter relação com a postagem.
- Comentários anônimos ou com nomes fantasiosos poderão ser deletados.
- Os comentários são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não refletem a opinião deste blog.
- Clique aqui e saiba mais sobre a política de comentários.

 
Os pontos de vista aqui publicados são de responsabilidade dos respectivos autores, não representando versões oficiais de quaisquer instituições.
© 2007 Template feito por Templates para Você - Deformado por José Ricardo
▲ Topo